Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O comentário da semana

por Pedro Correia, em 16.03.14

 

«Todos guardamos recordações da nossa adolescência. Eu nunca mais esqueço o dia em que ouvi o Satisfation pela primeira vez.
Na cidade de província onde vivo, uns parentes do meu Pai tinham uma loja de electrodomésticos que dispunha de um canto onde se vendiam discos, aquilo a que nesses tempos se chamava uma discoteca. Havia um balcão com cinco ou seis postos, que tinham uma espécie de bananas que se encostavam aos ouvidos para os clientes ouvirem os discos da sua preferência. É verdade, nesse tempo experimentava-se a mercadoria antes de a comprar.
Escusado será dizer que eu e outros companheiros passávamos lá as tardes, sempre à espera das últimas novidades; um dos primos era comissário de voo na TAP, e trazia de Londres, Paris e Nova York discos que só muitos meses depois apareciam no mercado nacional.
Numa dessas tardes, ainda não tínhamos chegado à porta, já se ouvia um som mágico, que nunca antes tínhamos ouvido: os primeiros acordes do Satisfation, que a censura não deixava passar nas rádios.
Já conhecia os Rolling Stones, que eram na época o contraponto dos Beatles: estes, quatro rapazes bonitinhos muito bem vestidos todos de igual e muito bem penteados, e os outros, cinco rapazes vestidos e penteados cada um à sua maneira de onde sobressaiam dois com umas caras um bocado esquisitas; Mick Jagger e Charlie Watts!
E depois a música era outra coisa: muito R&B e muito R'n'Roll.
Não quero fazer aqui a comparação dos Beatles com os Rolling Stones, hão-de sempre, cada um deles, ter os seus fãs incondicionais, mas para mim Jagger &Cª são únicos, embora haja quem diga que os Rolling Stones se esgotaram em "Exile On Main Street". Eu acho que não, embora reconheça que os primeiros dez anos foram os melhores.
De qualquer modo ver um grupo com uma média de idades próxima dos setenta anos fazer Rock'N'Roll como eles ainda o fazem é obra. O regresso de Mick Taylor é muito bem vindo e só peca por tardio, ele é muito melhor que o Ron Wood.


Nota: Na segunda metade dos anos sessenta, no antigo e de boa memória FM do Rádio Clube Português, passava entre as sete e as nove da tarde um programa de música anglo-saxónica que muitos da minha geração classificam como o melhor programa da rádio portuguesa de todos os tempos: "Em Órbita". Por razões que ainda hoje não compreendo, os autores acharam por bem banir, é o termo, os Rolling Stones do programa; no melhor pano cai a nódoa, como prova, 45 anos depois, o concerto de Macau.»

 

Do nosso leitor Alexandre Carvalho da Silveira. A propósito deste texto do Sérgio de Almeida Correia.


2 comentários

Imagem de perfil

De Bic Laranja a 18.03.2014 às 19:24

Satisfation?
Nunca ouvi.
Imagem de perfil

De Bic Laranja a 18.03.2014 às 19:25

De ser da censura.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D