Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O comentário da semana

por Pedro Correia, em 05.04.20

20200322_133806.jpg

 

«Ai os animais em casa: os gatos.

Foi ela quem o trouxe para casa, numa saída a dois para o campo (que tudo o indiciava) prometedora; quando ouviu, mais do que um miado, um débil gemido vindo lá de um buraco.

Um recém-nascido - vá-se lá saber porquê, abandonado pela mãe - que um monte de pulgas deixava ver de gatinho.

Cresceu e fez-se um gatarrão de oito quilos e meio. Nunca respeitou ninguém, nem a mim que tratava dele, mas respeitava a dona que nunca lhe mudou a areia. Essa sim! Para ela tudo, para mim e filhas, soberano desprezo e arranhões.

Nunca mais saiu dos pés dela quando ela se confinou ao leito, quase um ano. E quando ela saiu para não mais voltar, nunca se afastou da porta que se abrira para ela sair.

Morreu dois meses depois enrolado numa saia dela, a pesar menos de quilo e meio.

Ainda hoje, doze anos passados, rezo e choro por ambos.

Estou firmemente convencido que os animais também vão para o Céu. Porque se não, como compreender os sentimentos de amor e dedicação?»

 

Do nosso leitor O Cunhado do Acutilante. A propósito deste meu texto.


14 comentários

Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 05.04.2020 às 15:08

Um abraço ao cunhado acutilante
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.04.2020 às 17:22

Muito obrigado; Vorph.
Para si também.
Tudo de bom para si.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 05.04.2020 às 15:27

Conheço o sentimento, Cunhado. É triste e maravilhoso. Um grande beijinho.
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.04.2020 às 17:27

O que mais me doía, era ver tanta tristeza silenciosa espelhada nos olhos de um simples animalzinho.
Coisa horrível de se sentir. A minha e a dele, dor.
Um abraço e desejos de uma Páscoa muito Feliz
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.04.2020 às 16:07

Tive um colega de estudos que tinha também um gato. O Homem andava sempre com o nariz infectado.
Disse-lhe várias vezes " Luís é perigoso teres um gato em casa com um bébé pequeno.
Um dia aparece-me com o pulso direito com as garras do gato e meio choroso, disse, arranhou o meu bébé na cara e nas mãos!
Também sei casos com cães amorosos.
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.04.2020 às 18:04

Caro Anónimo.
Sem dados científicos que me sustentem, - e na grande maioria dos casos rejeito-os porque não se coadunam com o meu pensamento racional, - digo-lhe que os animais criados em casa de tenra idade, são aquilo que vêem os donos serem.
Sem gritos nem violência a rodeá-los, nenhum é feroz nem agressivo.

Imagem de perfil

De Costa a 05.04.2020 às 16:58

"Estou firmemente convencido que os animais também vão para o Céu." O que fará de si, para muita gente - quase toda, talvez, certa da sua superioridade de "pessoa humana" - um herege, um blasfemo, apenas um indefensável piegas, coisa pior (religião e razão, ou o que delas fazemos, unem-se nesta questão na imbecilidade antropocêntrica).

Fará de nós.

Costa
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.04.2020 às 18:32

Eu sei, sempre soube desde os cinco anos de idade, - embora só mais tarde o compreendesse, - o que é o mundo.
Mas nada, nunca nem ninguém abalou as minhas convicções e o que acredito esteja certo.
E não me refiro a crença religiosa sobre recompensas celestiais para os bons e castigos severos para os maus, porque o meu entendimento sobre Deus, ou o que é denominado por Deus, vai muito para lá de uma presença sentada num trono, julgador das suas criaturas premiando os bons e castigando os maus.
Mas mesmo muito para lá. É que nem ultrapassando o infinito tem comparação do que é o meu entendimento sobre Deus.
Desejo-lhe uma Feliz Páscoa e a melhor saúde.
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.04.2020 às 17:20

Obrigado, Pedro Correia.
Uma Feliz e Santa Páscoa para si e para os seus.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.04.2020 às 19:38

Igualmente, meu caro. E parabéns pelo comentário.
Perfil Facebook

De Cristina Filipe Nogueira a 05.04.2020 às 17:47

Um forte abraço.
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.04.2020 às 18:35

Muito obrigado. Igualmente para si.
Tudo de muito bom para si, e para todos a quem estime.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.04.2020 às 19:54

Acutilante - mais cego é aquele que não quer ver

Para as suas certezas sobre animais acrescento:
Tenho um familiar que na semana do Natal de 2018, teve de operar 2 pequenas crianças. Uma tinha uma orelha rasgada por um pequeno cão. O outro tinha o nariz rasgado por um pequeno cão.
Fará se fosse por esses vaidosos que têm cães perigosos.
O cirurgião teve de aturar as inconsoladas mães que gritavam " Maldito cão"
Sem imagem de perfil

De o cunhado do acutilante a 05.04.2020 às 21:50

Reitero. Os animais criados em casa são aquilo que os donos lhes ensinam, através dos seus comportamentos.
Uma mãe que gritava: maldito cão.
Quantas vezes já não lhe gritara, maldito cão.
Ora os animais muito ao contrário de nós, humanos, sentem e aprendem com muito mais facilidade.
Porque, e talvez se surpreenda, se na verdade somos mais inteligentes, eles são mais espertos.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D