Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O comentário da semana

por Pedro Correia, em 19.05.18

«Será o futebol uma religião, um culto em que os adeptos, os crentes, os que seguem a intolerante e inabalável palavra do senhor são extremistas ao ponto de praticar actos vis de autêntico terrorismo do mais poltrão, que é aquele que se faz pela calada, sem dar a cara?
Estando a lei contra a violência no desporto arrecadada no pó dos dias, reacções de comentadores políticos e discursos de políticos pouco correctos e inflamatórios, principalmente dada a proveniência, não vão ajudar em nada o esclarecimento das coisas e mais uma vez a culpa, por mais que se pense conhecê-la em verde, vai acabar nas costumeiras águas de bacalhau, enquanto que futebol e política, que deveriam estar como água para chocolate, andam juntos a chafurdar numa lama que já fede há muito tempo.»

 

Da nossa leitora Maria Dulce Fernandes. A propósito deste meu texto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Sem imagem de perfil

De António a 19.05.2018 às 19:09

Eu diria que não se trata de recuperar leis contra a violência no desporto. Violência é violência e creio haver leis que tratam do tema. Se não são aplicadas pergunte-se porquê.
Já fui sócio dum clube e há muitos anos que deixei de ser, e depois deixei mesmo de me interessar por futebol, tal a porcaria - as notícias sobre futebol são quase sempre sobre violência - adeptos partiram, adeptos destruíram, adeptos mataram - mas são adeptos de quê?
E porque razão os grandes clubes, que se armam em grandes empresas, atraem para as direccões gente que está sempre a braços com a lei? Ainda me falta ver um clube ser gerido por um gestor - já agora um honesto, se é que isso existe.
Sem imagem de perfil

De Isabel a 19.05.2018 às 20:36

No que diz respeito ao futebol só sei que, por causa dele, não tenho noticias do país há que tempos. Vou à 5 ( entenda-se canal 5 ) está futebol, passo para a 6 e está futebol, corro a 7 e a 8, encontro a mesma coisa. Muitas vezes até as mesmissimas imagens. Isto por volta das 21h. Volto a tentar uma hora depois, duas horas depois e a cena repete-se. Vejo os títulos de um ou dois jornais na internet e fico a pensar no que diria oposição no tempo de Salazar se uma situação destas acontecesse. E depois lembro-me de que, afinal, esses que tanto criticavam os 3f’s ( lembram-se, futebol, fado e Fátima? ) são os mesmos que fazem o hoje o governo. E que estão caladinhos.
Dizem que A diferença é que agora há liberdade expressão. E eu pergunto: para quê?
Imagem de perfil

De Sarin a 19.05.2018 às 23:15

Para Isabel poder estar aqui a reclamar, por exemplo.

E para, outro exemplo!, o Governo não interferir com a Comunicação Social...
Assim de repente, parece que se está a insurgir contra o Governo por não mandar nos canais privados de televisão, será?!

Mudando de assunto.

Experimentou o 1? Ou o 2? Ou o 7? - que no TDT são RTP, Canal 2 e RTP Memória? O Governo não manda neles mas disponibiliza orçamento, e acredite que não têm muita bola. Nem audiências... seria um bom exercício perceber a relação.
Sem imagem de perfil

De Isabel a 20.05.2018 às 00:27

Talvez eu não me tenha explicado bem e também não leu bem o que eu escrevi pois nem viu que eu referi que passei sempre pela 7. E é óbvio que tentei a 1 e a 2, e neste último caso as informações estavam no fim ou passava um filme/série(?)mas não se tratando de canais ditos de informação seria incoerente referi-los.
Já várias vezes Portugal foi notícia na imprensa internacional pelo número de programas, jornais e horas de antena que dedica ao futebol. E se no regime anterior facto semelhante era entendido como sendo mais um “ópio” do povo para este não se ocupar de política, que dizer agora?
Quanto à importância que têm os desabafos por estas bandas nas posições político/governativas dos líderes dos partidos e dos governos que são os únicos que decidem o que nos acontece, eu lembro a velha sabedoria popular: “os cães ladram e a caravana passa” ( algo parecido com isto ).
Finalmente, se acha que uma democracia mesmo que partidocratica funciona bem quando durante uma semana só há na área da informação notícias e debates sobre futebol, felicito-o pois está feliz com o que tem. Por mim também não estou infeliz porque adquiri com o meu esforço o privilégio de entender várias línguas estrangeiras e, em consequência, ter fácil acesso a informações de diversas origens e tendências.
E como tudo está bem quando acaba bem: estamos ambos satisfeitos.
Imagem de perfil

De Sarin a 20.05.2018 às 01:01

Ainda bem que aprendeu a entender línguas estrangeiras, mas talvez deva tentar entender o que escrevi em língua autóctone.

Respondi à sua pergunta "para quê?" sobre a liberdade de expressão, não manifestei sequer discordância ou contentamento com fosse o que fosse. Muito menos manifestei "achar" qualquer coisa sobre sistemas governativos. As assumpções nestas matérias assemelham-se muito às reacções das tribos futebolísticas em pleno estádio, veja bem como as coisas são...


Finalmente, e contradizendo a sua célere defesa sobre eu não ter visto que escreveu "e passei pela 7", lamento informar que no TDT não há canais de informação que não o RTP3, o qual funciona no canal 6 (o 5 é a ARTV). 5 é a SIC Notícias em qualquer alinhamento, Nos, Vodafone ou Meo - e a RTP Memória é agora o canal 17 em quase todos ou todos.
Ter-lhe-ia ficado o discurso mais dialogante se tivesse assumido que nem tinha passado nesses canais, mas era mais importante presumir ser Isabel pessoa atormentada pela "Panem et circensis" e eu uma feliz alma alimentada a futebóis. A sua presunção é como o seu entendimento de liberdade de expressão: para quê?
Deixe, era retórica.
Sem imagem de perfil

De Isabel a 20.05.2018 às 18:12

Registo que, de facto, falamos línguas diferentes. Desejo-lhe um bom resto de domingo.
Imagem de perfil

De Sarin a 20.05.2018 às 21:09

Foi essa outra das vantagens da liberdade de expressão: podermos falar na língua que entendermos. Lamento que a não entenda. A ela, à Liberdade.

Votos de uma boa noite e um bom começo de semana.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.05.2018 às 02:30

Como eu a entendo !
A quem interessa este constante branquear de situações, de informação relevante que é posta para debaixo do tapete á custa do SCP.
Mesmo não se passando nada de " relevante " no futebol é contar as horas semanais que lhe são dedicadas em todos os canais generalistas ou do cabo nacionais...
E o que mais se lamenta é que no fim desta novela haverá decerto outra que irá durar mais de um mês com o Mundial que se avizinha.
Eu gosto de futebol, sou adepto do FCP, vibro com as vitórias, "choro" com as derrotas mas há muito tempo, mesmo muito que penso que isto ( a cobertura das noticias do Futebol ) chegou a um ponto de insanidade tal que só revela em mais um ângulo a disfuncionalidade da actual sociedade.

P.S. - Ainda estou para aguardar que algum jornalista investigue o BESA e para onde desapareceram os seus fundos : Alvaro Sobrinho, José Maria Ricciardi, Poiares Maduro, Miguel Relvas.... e por aí fora

WW

Sem imagem de perfil

De Isabel a 20.05.2018 às 18:09

E eu ainda estou a aguardar um debate sobre os sistemas eleitorais na Europa e a sua importância na organização e funcionamento da democracia. Li o primeiro livro sobre este assunto há mais de 30 anos e, frequentemente, ele é debatido noutros países. Cá é tema proibido. Importante é o que não se conta.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.05.2018 às 20:16

O Edgar Pera fez um belo documentário sobre isso

https://www.youtube.com/watch?v=A4g9cIieSbk

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D