Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O apagão da SIC

por Pedro Correia, em 12.06.19

Com toda a franqueza: considerei chocante a censura dos serviços noticiosos da SIC, no 10 de Junho, ao discurso do presidente das comemorações do Dia de Portugal, o portalegrense João Miguel Tavares, proferido precisamente na cidade em que nasceu.

Ainda mais chocante por ter sido um discurso assumidamente polémico, que acendeu ânimos, polarizou opiniões e foi muito partilhado nas redes sociais. Só para a SIC parece não ter existido. Nem um vislumbre desta alocução no Primeiro Jornal de segunda-feira, transmitido pouco depois da conclusão das cerimónias, num bloco de cinco minutos que incluiu um directo de Portalegre. Nem um som no Jornal da Noite do mesmo dia, que dedicou sete minutos ao tema.

Dizem-me que este inaceitável apagão se deve ao facto de João Miguel Tavares ser comentador num canal concorrente da SIC. Nem quero acreditar.

Autoria e outros dados (tags, etc)


74 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 12.06.2019 às 08:09

SICK!!!

Só eu sei porque não ligo à tv.

Em contrapartida têm estes e outros:

Francisco Martins tem 37 anos e procura um amor «para a vida toda». «Gosto do campo, sinto-me bem no campo. Namoro mesmo não tenho, por opção própria, há não sei quantos anos. «Uma mulher que me conquistar o coração sai-lhe o Euromilhões. Eu hei-de fazer tudo para que ela se sinta bem», diz o concorrente.

Miguel Pereira tem 26 anos e descreve-se como uma pessoa simples. «Nasci nos Estados Unidos, estive lá quase a minha vida toda». O jovem deixou a cidade de Orlando para vir para Portugal «plantar castanheiros». O agricultor diz que é tão romântico que chega a ser motivo de troça.  

António Hipólito tem 32 anos e inscreveu-se no programa para «procurar uma mulher que saiba amar e que seja carinhosa e atenciosa». Descreve-se como trabalhador e honesto mas também tímido. O seu maior sonho é ser pai.


Miguel Carvalho tem 55 anos. «Nunca tive amores profundos mas gostava de me apaixonar». A idade não o impede de se querer apaixonar e, por isso, está no programa à procura de um verdadeiro amor. Quer uma mulher com quem possa partilhar o ar puro e saudável do campo.


Emanuel Costa é de Nelas e é um homem marcado pelo passado e pela morte do pai. O jovem de 31 anos dedica-se à produção de leite de ovelha. «Uma mulher pode esperar de mim um homem como há poucos», diz o agricultor.





Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 13:45

Isso é o quê?
Aposta no sector privado?
E do Lavoura? Ninguém se lembra?
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 12.06.2019 às 08:16

Confesso que vejo muito pouca televisão ( prefiro escolher no youtube os conteúdos que quero ver), mas penso que, pelo menos, na rtp também poucas referências houve ao discurso.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 13:47

Fazia-lhe bem ver CMTV.
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 12.06.2019 às 15:42

Faz-me melhor o Naked Atraction da SIC….(estou no gozo, que isto agora de dar a cara ainda me vai provocar uma valente dor de cabeça )

https://www.youtube.com/watch?v=5jvAOvwvuQ8

Aviso já que não sei se passa na Bélgica
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 19:36

A RTP transmitiu o discurso todo, em directo!
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 12.06.2019 às 22:18

Falo nas análises discursivas pós-jogo. Do pouco que ouvi JMT foi posto no banco. Mas posso estar enganado.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 12.06.2019 às 09:22

este inaceitável apagão se deve ao facto de João Miguel Tavares ser comentador num canal concorrente da SIC. Nem quero acreditar.

Pois eu, pelo contrário, acho verosímil.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 13:48

Acha verosímil o apagão porquê? Falta de patrocínio da EDP?
Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 12.06.2019 às 09:49

A SIC é a grande defensora do regime.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2019 às 13:35

E o JMT também. Até o filhos ficaram com o costa. Enfim falou das ditas elites, quando ele próprio (JMT) faz parte do burgo... discurso "a roçar o fascismo subliminar" vindo de um pseudo-provinciano...
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 12.06.2019 às 10:03

Mais do memo, portanto. Procedimento jornalístico muito em voga, que consiste não em divulgar os factos com objectividade, mas em filtrá-los segundo as conveniências.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 13:16

Critério jornalístico nenhum.
Depois queixem-se que os telespectadores "emigram" para as redes em busca de informação.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 16:26

O que aconteceu foi apenas critério jornalístico, eles são livres de selecionar o que querem mostrar.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 16:37

Foi tudo menos critério jornalístico.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 16:56

Porque razão diz isso?

E eles são livres ou não de mostrarem o que entenderem?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 18:10

Se há coisa para que não tenho pachorra é para responder a perguntas de gente que não mostra a cara.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 19:09

Deixe-me adivinhar, você tem cara de leão!

E a resposta é: não sabe!
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 12.06.2019 às 18:44

Claro que são.
Se houver um incêndio e morrerem 50 pessoas a RTP é livre de mostrar apenas o Costa a plantar o 1º pinheirinho do reflorestamento e ignorar o que se passou anteriormente.
Critérios.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 10:36

O irmãozinho do primeiro ministro a trabalhar para o sistema.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 10:37

O JMT "sabe" que foi o Sócrates que influenciou o Balsemão ....
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 13:49

O Sócrates tinha a soldo a Cama Corporativa.
Imagem de perfil

De contrário a 12.06.2019 às 12:09

A ser verdade, a SIC terá tido a mesma postura que teve em anos anteriores. Outros órgãos de comunicação social é que, incompreensivelmente, optaram por dar demasiado destaque à pessoa e ao discurso do Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal de 2019, algo que não fizeram em anos anteriores. Isso é que é estranho. A SIC foi apenas coerente.

Incoerentes foram os outros. E também o Delito de Opinião que, por exemplo, pelo 10 de Junho do ano passado não fez uma única referência ao discurso de Onésimo Teotónio Almeida.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 13:15

Pensamento profundo.
Quase ao nível daquela frase «é sempre melhor vencer do que perder», que li há dias no seu blogue.
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 12.06.2019 às 14:09

"Outros órgãos de comunicação social é que, incompreensivelmente, optaram por dar demasiado destaque à pessoa e ao discurso do Presidente da Comissão Organizadora das Comemorações do Dia de Portugal de 2019"

Nunca houve alguém, como JMT (critico acérrimo do gamanço sistémico socialista) a organizar o 10 de Junho. Poucos são os discursos rasgados como o deste ano, sobretudo após os ininterrumpos casos de corrupção, dentro do partido do governo, que se tornou uma agência de emprego e uma agremiação de trafulhas, com o silêncio cúmplice dos partidos da Esquerda "verdadeira" - até Ana Gomes se incomoda:

https://www.google.com/amp/s/observador.pt/2018/11/30/desvio-de-fundos-no-ps-ana-gomes-confirma-que-a-sua-assinatura-foi-falsificada/amp/

https://www.google.com/amp/s/observador.pt/2018/04/21/caso-pinho-ana-gomes-diz-que-ps-se-tornou-instrumento-de-corruptos-e-criminosos-e-quer-discutir-assunto-no-congresso/amp/

Vejamos:

O roubo

Os portugueses têm todo o direito de esperar os seus governantes onde quer que estes vão e gritar-lhes aos ouvidos “deixem de nos roubar”.
29 de Março, 2012

https://www.esquerda.net/opiniao/o-roubo/22515

O mesmo Bloco de Esquerda que apoia, presentemente, orçamentos de um Governo que tem batido todos os recordes na carga fiscal.

https://www.google.com/amp/s/observador.pt/2019/06/08/maioria-dos-presidentes-de-camara-constituidos-arguidos-nos-ultimos-dois-anos-e-do-ps/amp/

Em Espanha, nas reuniões do Eixo Atlântico , os alcaides espanhóis já brincam com a situação. Quando um Presidente falta, perguntam:" não veio porque está doente, ou porque foi preso?"

Pulhas...como detesto estes f******, que usando o nome, Socialista, se comportam como morgados do País.
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 12.06.2019 às 14:59

Mas desde quando o DO é um órgão de comunicação social, devendo obediência a critérios editoriais?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 21:52

Há quem se permita botar sentença sem descortinar a elementar diferença entre uma coisa e outra.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2019 às 13:04

mostra a cara palerma
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 12:27

Foi só pena não se ter referido a estes: "PJ faz buscas em 18 câmaras do Norte e Centro". Se há corrupção e muita é nas autarquias. Se há queixas a fazer sobre a interioridade, queixem-se aos seus autarcas. Haja paciência!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 13:45

"PJ faz buscas em 18 câmaras do Norte e Centro" De que partidos são essas Câmaras?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 14:05

Nove do PSD, sete do PS, uma do CDS, uma independente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2019 às 23:56

ana homes nem sequer dum desconfiou, ou loures e moita ficavam mais perto?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 13:52

Um dos autarcas que serão constituídos arguidos acaba de ser eleito eurodeputado do PSD.
Caso para dizer que Rio não acerta uma.
https://observador.pt/2019/06/12/pj-faz-buscas-a-18-camaras-municipais-no-norte-e-centro-do-pais/
Imagem de perfil

De Pedro Vorph a 12.06.2019 às 14:39

Tenho de dar-lhe razão. Não votei PSD, nas europeias(votei Morais), por muito que gostasse de uma limpeza no PSD. Mas Rio tem sido um desastre em casos
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.06.2019 às 16:40

Imparáveis, uns atrás dos outros.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 12.06.2019 às 13:27

Se calhar não admira assim tanto. A SIC mantém uma política editorial arrumadinha mas predominantemente colada à maioria que governa no momento e à manutenção de um certo status quo. João Miguel Tavares é um comentador desalinhado e conotado com a direita e a direita está proscrita no país. Além do mais, a direita sempre foi pior para o negócio.

Comentar post


Pág. 1/3



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D