Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

O Almirante

Pedro Correia, 20.06.23

20230615_143013[6709].jpg

Enquanto outros assuntos vão dominando a agenda noticiosa, convém espreitar a chamada imprens tablóide - a mais lida em Portugal. O Correio da Manhã tem dedicado atenção crescente, nas suas capas, a Henrique Gouveia e Melo.

Este súbito destaque, da passada quinta-feira, surgiu - por extraordinária coincidência - no dia seguinte ao do pronunciamento público da ministra da Defesa sobre a rebelião dos grumetes no navio patrulha costeiro Mondego quando recusaram zarpar do Funchal em missão que lhes havia sido ordenada.

O chefe do Estado Maior da Armada anunciara medidas disciplinares, com mão pesada. Helena Carreiras, ouvida no parlamento, mostrou-se de acordo: «As ordens não são negociáveis. Só há espaço para não obedecer a ordens ilegais. A disciplina militar é indispensável para assegurar a eficácia de missões, mesmo quando se discorda, ou em situações de elevado risco, inclusive de guerra.»

Em sintonia com o almirante.

 

Cada vez sinto menos dúvidas sobre as ambições presidenciais de Gouveia e Melo - que, sou capaz de apostar, já terá uma agência de comunicação a trabalhar para ele. É verdade que o próximo escrutínio para Belém só acontecerá em 2026, mas candeia que vai à frente alumia duas vezes, como dizia a minha avó.

Por via das dúvidas, vale a pena ir prestando atenção ao Correio da Manhã

42 comentários

Comentar post

Pág. 1/2