Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nove anos depois: vir para ficar

por Pedro Correia, em 05.01.18

c880a1f9fca5baad234912b70a9a4e17[1].jpg

 

Nascemos sob o signo do Capricórnio, como ficou sublinhado no momento inicial. Um signo do elemento Terra, com densidade e peso, apreciador da substância e da solidez.

Características que de algum modo conformaram este blogue desde o nascimento. Um blogue que veio para ficar e pegou de imediato: ainda a nossa primeira semana de vida não chegara ao fim e já tínhamos ultrapassado o milhar de leitores. Consulto as mais recentes estatísticas: nos quatro primeiros dias de 2018 superámos as 17 mil visualizações.

 

O que logo muitos prediziam naqueles dias pioneiros de Janeiro de 2009 estava certo: este não era um blogue como então havia tantos outros, de existência efémera e rasto irrelevante. Nem um blogue monolítico, com todos a remar para o mesmo lado.

Este pluralismo está aliás inscrito no nosso estatuto editorial: o DELITO DE OPINIÃO "acredita na diversidade de ideias, sem contemporizar com extremismos de qualquer espécie, e congrega autores oriundos de diferentes formações académicas, múltiplas áreas profissionais e várias zonas do País".

 

Sem delitos de opinião, portanto, este é um blogue onde mais de meia centena de autores já escreveram com regularidade. Um blogue onde quase três centenas de internautas de outros paradeiros vieram escrever, como convidados especiais. Hoje mesmo, com todo o gosto, recebemos mais uma convidada. Que, sendo de fora, não deixa de ser cá de casa.

Porque este foi um blogue que nunca receou a concorrência. Fizemos sempre questão de citar os outros: não passou um só dia sem mencionarmos alguém alheio a nós. Por isso mantemos com orgulho uma profusa lista de endereços de blogues na nossa aba lateral. Por isso criámos desde o início a rubrica Blogue da Semana. Por isso já estabelecemos aqui quase mil ligações directas, recomendando outras leituras, bem diversas da nossa. Por isso nunca perdemos a noção de que o País está muito longe de se circunscrever aos circuitos da capital: cá temos a rubrica De Portugal Inteiro para nos lembrar isso.

Convictos da nossa argumentação mas sabendo escutar os outros. Com ideias fortes mas sem espírito de trincheira. Assumindo opiniões com nome e rosto. Não pedimos licença para pensar como pensamos - e cada um pensa por si - mas mostrando abertura para acolher argumentos alheios. Daí outra rubrica permanente deste blogue: o Comentário da Semana, escolhido à vez por cada autor. Conscientes como estamos de que um projecto como este não faz sentido sem dar voz a quem nos lê.

 

"Primeira escolha da semana em 2009, um blogue novo, um sinal de renovação, ainda que os nomes envolvidos sejam quase todos eles de bloggers bem activos." Palavras do saudoso Pedro Rolo Duarte aos microfones da sua Janela Indiscreta. Foi um dos primeiros a saudar-nos com palavras de boas-vindas, abrindo o caminho a muitos outros. Palavras que nunca esqueceremos. E que nos deram ainda maior incentivo a prosseguir. Sem nunca mutilarmos consoantes: aqui escreve-se sem "acordo ortográfico".

Alguns pioneiros deste clã delituoso ficaram pelo caminho. O João Carvalho e o Joaquim Coutinho Ribeiro, companheiros da primeira hora, já cá não estão: serão sempre lembrados com saudade.

Felizmente outros foram chegando. Esta é hoje, como no primeiro dia, uma tribo irreverente e ruidosa, que nunca se toma demasiado a sério nem perde o sentido de humor. As caixas de comentários do DELITO, sempre muito frequentadas, são igualmente prova disso.

 

1507200652_9szAFaVeSNvwtbPn4Zc[1].jpg

 

Temos um novo desafio pela frente, prestes a concretizar-se: a edição de uma antologia de textos deste blogue. É outra iniciativa só tornada possível pela grande adesão dos nossos leitores. Vocês, que estão desse lado, e que no fundo são como nós: emocionam-se e reflectem, umas vezes alegram-se e outras zangam-se, sabem apreciar tanto um livro como uma bebida ou uma paisagem.

Aqui continuaremos a encontrar-nos - hora a hora, dia a dia, mês a mês. Neste blogue, que é nosso mas também é vosso. No livro, a curto prazo. E na vida, que nunca deve confundir-se com realidades virtuais.

Emitindo opiniões sem delito.

Agora como no primeiro dia, faz hoje nove anos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


42 comentários

Perfil Facebook

De Rão Arques a 05.01.2018 às 11:59

Honra ao "Delito de Opinião", que navegando contra a maré, carateriza e identifica sofismas, pantominas e promiscuidades instalada em múltiplos patamares da esfera do poder e da sociedade.
Uma democracia que em incontáveis latitudes funciona na base no expediente, do golpe e da fraude pode ser muita coisa, mas antes de mais é, e cheira, a nauseabundo chiqueiro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 22:03

Cá continuaremos a navegar contra unanimidades e unicidades. Não fazem o nosso género.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 05.01.2018 às 12:17

À nossa. E à falta de champagne, faço tchim com uma bejeca :)
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 05.01.2018 às 16:47

Tome cuidado com as bejecas. Além de dilatarem o estômago, são muito piores para o fígado do que o vinho. (E as mulheres têm um fígado menos forte do que os homens.) A cerveja contem sempre quantidades, ainda que ínfimas, de metanol, que é altamente tóxico para o fígado; o vinho não.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 05.01.2018 às 23:14

Obgada, Lavoura, pela advertência, mas bejecas estão longe de ser a minha bebida de eleição :)
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 05.01.2018 às 12:43

Parabéns ao "Delito de Opinião". O melhor blogue nacional. Leitura diária.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 21:51

Obrigado, José Manuel. Você é um dos nossos leitores de primeira hora. Não esqueço isso.
Imagem de perfil

De José da Xã a 05.01.2018 às 12:44

Em primeiro lugar os meus sinceros parabéns por esta realidade.

O Delito de Opinião tem sido um oásis neste país feito de muita gente incapaz de ver além do seu umbigo.
Fui um dos convidados especiais e tive também direito a uma ligação directa ao meus espaço.
Por tudo isto e muuuuuuuuuuito mais, considero o Delito o mais esclarecido e melhor blogue Português.
Finalmente desejo a todos os autores o melhor que a vida ousar oferecer. E nunca esmoreçam na pena e no verbo.
Felicidades.
A gente lê-se por aí!.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 22:04

Nunca esmorecemos "na pena e no verbo". Como bem dizes, meu amigo.
Forte abraço, agradecido.
Imagem de perfil

De David Marinho a 05.01.2018 às 12:51

Foi um prazer ter escrito aqui. Muitos parabéns e que venha o livro, que cá estarei para o receber.

Obrigado por tudo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 21:59

Duplo agradecimento, David. Pelo seu texto que publicámos e pelo apoio que já deu à nossa colectânea.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.01.2018 às 13:16

Não é fácil manter um blogue anos seguidos e ainda com interesse de continuar a ter um elevado número de visitantes. Vi o delito nascer pois já era Blogger e acompanhava a blogosfera atentamente e desde então sou um assíduo leitor do muito que por cá se escreve e onde me orgulho de já ter sido convidado a escrever duas vezes. Parabéns a todos os que mantém este blogue vivo e pujante.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 22:01

Muito obrigado pelas suas palavras. Não é fácil, de facto, manter um blogue com estas características. A prova está à vista: são poucos os que aguentaram a pedalada. Há nove anos havia muitos, hoje restam poucos com uma temática plural idêntica ao nosso.
Mas quem corre por gosto não cansa, sempre ouvi dizer.
Imagem de perfil

De Beia Folques a 05.01.2018 às 13:18

Parabéns.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 14:56

Obrigado, Beia. Continue a aparecer por cá.
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 05.01.2018 às 13:26

O Delito está de parabéns, assim como os seus fundadores e autores.
Nove anos com as estatísticas da qualidade e regularidade de leitores e comentadores sempre em alta, é obra.
Também é obra a antologia, publicação sobre nove anos de excelência ao serviço da democracia , do pluralismo e da diversidade.
Que contem muitos mais.
Obrigada por lerem o que comentamos, por publicarem sempre e por não nos deixarem sem resposta.
Bem hajam
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 21:58

Muito grato fico, uma vez mais, pelas suas palavras amigas, cara Maria Dulce. Espero continuar a vê-la sempre por cá.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 05.01.2018 às 13:31

O Delito "vende" mais que o famigerado Confiança no Mundo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 21:57

Só nos falta um Santos Silva.
Imagem de perfil

De Maribel Maia a 05.01.2018 às 13:54

Muitos Parabéns pelo trabalho desenvolvido e que venham muitos mais anos de Opinião...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.01.2018 às 21:57

Vamos continuar, Maribel. Com o vosso incentivo. Que nunca nos faltou.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D