Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nova Grécia

por Rui Rocha, em 20.07.15

gravatinhas.png

A propósito do comentário do Leonel Moura que o Pedro acaba de recordar aqui mais abaixo, vale a pena atentar na imagem da recente tomada de posse dos novos ministros gregos. Vale mais do que mil palavras. O juramento perante a Igreja Ortodoxa, as gravatinhas... Como dizia o outro, largos dias têm seis meses.


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Lost in Space a 20.07.2015 às 18:54

Não me admira que, qualquer dia, até haja mulheres no governo. A Grécia está perdida.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 20.07.2015 às 18:59

Sim, um destes dias ainda os apanhamos a aumentar a idade das reformas.
Sem imagem de perfil

De 100 anos a 20.07.2015 às 19:35

A caminho da reforma aos 100 anos... e o Bismark só tinha posto aos 65. Isto há mais de 100 anos.
É porque vivemos mais 20 anos, dizem espertos. Mas não dizem que a capacidade produtiva aumentou 100 vezes no último século.

Face a riqueza produzida, o que assalariados recebem hoje está abaixo de tempos medievais, assim como duques e condes da finança detêem muito mais que a nobreza antiga o tinha.

Tem graça ver escravos com as costas folgadas gozarem com os que recebem chicotadas por desobedecer ao capataz.
Brave new world.
Sem imagem de perfil

De Nuno a 20.07.2015 às 21:20

Nos tempos medievais quando o clima corria mal morria-se de fome. Agora ficamos incomodados quando esgotam as nossas bolachas favoritas no supermercado.

É quando um grego deixa de poder comprar apps para o iPhone porque lhe rejeitam o cartão de crédito, que todos percebemos como o progresso nunca chegou às pessoas.
Sem imagem de perfil

De Appsh a 20.07.2015 às 21:39

Então a crise humanitária de que falava o Schulz, era afinal de Apps?
Farta vilanagem a enganar o pagode.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 20.07.2015 às 21:41

"Face a riqueza produzida, o que assalariados recebem hoje está abaixo de tempos medievais, assim como duques e condes da finança detêem muito mais que a nobreza antiga o tinha."


Ai ai... Um "assalariado" hoje consegue ter coisas que há 20 anos o maior bilionário não conseguia.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 20.07.2015 às 19:22

O Tsipras vai ser adoptado pelos Partidos da Direita e receberá o apoio dos restantes que constituem o chamado "Arco do poder".
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.07.2015 às 21:06

Não tarda muito haveremos de ver Tsipras de gravata, Rui. O passo seguinte será vê-lo a comer caviar, o que lhe valerá novos aplausos de uma certa esquerda. A esquerda alfacinha, do eixo Chiado-Príncipe Real, que come caviar ao mata-bicho.
Sem imagem de perfil

De Nuno a 20.07.2015 às 21:13

A igualdade de género do governo sem gravata...
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 21.07.2015 às 09:37

Os novos ministros são, segundo julgo saber, predominantemente do partido nacionalista de direita Anel. É normal que eles tenham gostos diferentes dos dos membros do Syriza.
De resto, gravata usa quem quer. Uns ministros usam, outros não. O facto de Tsipras não usar não implica que nenhum ministro use.
Sem imagem de perfil

De Sempre para rir... a 22.07.2015 às 09:10

Argumentos do Lavoura são sempre isto...

Como no Syriza ninguém se entende, os novos ministros são de extrema-direita e por isso é natural que no governo dos radicais de esquerda haja gravatas.
Sem imagem de perfil

De isa a 21.07.2015 às 10:11

Mesmo assim... ainda faltam 3 gravatinhas ;)
O que me salta à vista, na fotografia, é a vela que está mais próxima, toda torta... até parece que vela e chama querem sair dali para fora ;)
Quanto à realidade nua e crua, é tudo muito simples, nos tempos que correm, o dinheiro compra Tudo e Todos, a única diferença está no preço e, muitos, até se vendem baratinho ;)
Tendo como premissa esta realidade, isto de confiar ou não confiar em políticos nem sequer é relevante, pois a única coisa que os cidadãos deveriam exigir: Saber para onde vai o Nosso dinheiro até ao último cêntimo e, isso, apenas seria possível, num sistema transparente com contas transparentes porque, nem que seja virtualmente com zeros e uns, o dinheiro deixa rasto. Com a tecnologia seria bem fácil, quem recebeu e para quê, no entanto, andam todos distraídos com assuntos menores. Se, qualquer empresa tem de mostrar as contas, o cidadão comum, pagador de impostos não tem o mesmo direito? Saber exatamente Quem ou que Empresa o recebeu? Suponho que a grande maioria dos portugueses nem sequer sabe que também paga para projetos europeus como o CERN ou outros que nem sequer imaginamos. Com a entrada na UE, mais difícil será conseguir essa transparência nas contas... um verdadeiro paraíso... para os que querem comprar e os que se querem vender ;)
Claro que uns dirão que tudo pode ser pago com futuros cargos ou benesses, mas isso já estaria acautelado e travado com a transparência das contas, ninguém paga o que não lhe foi dado ou vendido. No entanto, esta oportunidade já passou, agora... até já há quem pense que, meia dúzia de países, possa controlar as contas todas ;) A única coisa que podemos ter a certeza absoluta é Quem as vai pagar.

Eu vivo descansada porque ninguém me quer comprar e, mesmo que quisesse, o meu preço estaria... muito inflacionado LOL
Sem imagem de perfil

De isa a 21.07.2015 às 10:17

...só para acrescentar que, mesmo que digam ser impossível controlar as contas, com a tecnologia, até se sabe o que se não publicou ou se deitou fora, nada desaparece da net... (esta só o Rui vai entender)
....
Há 9 horas
Pois coisa boa não terá feito o tal... para precisar de tantas... ;)

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D