Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nous sommes Fillon

por Rui Rocha, em 07.02.17

fillon.jpg

- Ouve esta, ó Mário, tu ouve-me só esta. Vou à Ana Paula Vitorino e digo: já viste aquela história do Fillon?
- Ahahahah!
- Depois vou ao marido da Ana Paula Vitorino... ai como é que se chama o gajo?
- O Eduardo Cabrita?
- Isso. O Cabrita. Vou ao Cabrita e digo: já viste aquela história do Fillon?
- Ahahahah!
- Depois vou ao Vieira da Silva e digo: já viste aquela história do Fillon?
- Ahahahah!
- Depois vou à filha do Vieira da Silva... ai como é que se chama a filha do Vieira da Silva?
- A Mariana?
- Isso. A Mariana. Vou à Mariana e digo: já viste aquela história do Fillon?
- Ahahahah! Que sacana. E depois?
- Depois fui ao Carlos César.
- Ahahahah!

 


37 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo dias a 07.02.2017 às 17:29

Caro RR, Bem apanhado o post mas é melhor parar nos "poucos" nomes, e à flor da ena, que citou...Se escavar um pocochinho mais, não será necessário trabalho de arqueologia, encontrará "família" em praticamente toda a nossa administração central. Inicie pela Assembleia, assessorias várias, cruze emprezas públicas, gabinetes ministeriais e encontrará um retrato muito cruel do que é a tugolândia. Apesar da mencionada esquerda, repúblicana e laica, neste assunto ser mais que catedrática, é tema que salpica abundantemente TODO o centrão. Escapam muito poucas figuras! E concluo com uma mágoa, mais uma... em portugal o tema do presente post não merecerá, NUNCA, honras de abertura de telejornal.Isso só em França!
abr
, paulo
Sem imagem de perfil

De Einstürzende Neubauten a 07.02.2017 às 18:47

Pior é na administração local. Diria que é umas das doenças que mais enferma o país.
Sem imagem de perfil

De V. a 08.02.2017 às 11:54

Olhe que até nem é — as dinastias centram-se mais nos presidentes mas não infestam os outros departamentos como na Admin Central. O nível de endogamia é maior e passa mais despercebido. Acabaram com a Monarquia por causa de um monarca e mais uns poucos mas com a p*ta da República temos milhares de dinastias no activo que rapam no seu conjunto muito mas muito mais, além de bloquearem a iniciativa privada no País. Fornicaram tudo. Morte à República e Morte ao Estados, seus parasitas ranhosos. São os meus votos de ano novo.
Sem imagem de perfil

De Einstürzende Neubauten a 08.02.2017 às 14:51

Ui....eles são vereadores, técnicos superiores, etc...um cancro essa joldra.

Sem imagem de perfil

De V. a 09.02.2017 às 01:35

São uns... Sei lá... uns aztecas.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D