Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mudança de hora.

por Luís Menezes Leitão, em 30.03.14

 

Se há algo que eu detesto é esta disparatada mudança de hora, que não tem qualquer utilidade e é altamente prejudicial à saúde das pessoas, como esta notícia demonstra. Felizes os países que não alinham neste disparate de inventar uma hora de Verão no início da Primavera para depois voltar à hora de Inverno em pleno Outono. Até quando continuaremos a insistir numa coisa tão absurda?

Autoria e outros dados (tags, etc)


15 comentários

Sem imagem de perfil

De Atacado a 30.03.2014 às 10:34

Ah, pois é, nem a crise faz tanto mal como essa coisa da mudança da hora.
Sem imagem de perfil

De Atacado a 30.03.2014 às 10:39

E a culpa é do governo.

http://en.wikipedia.org/wiki/Summer_Time_in_Europe
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 30.03.2014 às 10:43

Plenamente de acordo.
Se Portugal não quisesse eternamente ser o "bom aluno" da Europa, e em evz disso optasse por ser um país independente, manteria sempre a mesma hora, como faz o Reino Unido.
Manteria sempre a hora de verão, como a tinha no tempo da Outra Senhora. Com a vantagem de que, no inverno, essa hora estaria a coincidir com a espanhola.
Sem imagem de perfil

De tem razão... a 30.03.2014 às 14:18

In the United Kingdom local time during this period is known as British Summer Time (BST) (UTC+01:00) while local time during the rest of the year is normally referred to as Greenwich Mean Time (GMT). More generally British Summer Time is part of Western European Summer Time.

Legislation: Summer Time Act 1916; Summer Time Act 1922; Time (Ireland) Act, 1916; Summer Time Act, 1925; Emergency Powers (Defence) Act, 1939; The Summer Time Order 1964; The Summer Time Order 1967; Summer Time Act 1972; The Summer Time Order 1997; The Summer Time Order 2002.[25]

Since 1996 all clocks in the European Union, of which the UK is a member state, have changed on same dates and at the same time, 01:00 GMT.[26]
British Summer Time starts: Last Sunday in March
British Summer Time ends: Last Sunday in October
British Summer Time clocks change at 01:00 (1.00 am) Greenwich Mean Time (GMT).
Sem imagem de perfil

De Pedro Almeida a 30.03.2014 às 14:19

Oi!? O Reino Unido!? Por acaso é exactamente igual a nós, mudam a hora ao mesmo segundo que nós, quer de Verão quer de Inverno.
Sem imagem de perfil

De rmg a 30.03.2014 às 14:18


O que o estudo diz é que numa população que em 2010 era quase igual à portuguesa (9.9 milhões à altura) morreram 125 pessoas em vez das 93 da semana anterior , isto é , mais 35% e não 25% como a notícia refere .

Como licenciado em área técnica nos idos de 1970 , quando ainda as teses tinham 500 páginas e se tinha que andar de biblioteca em biblioteca , acho que seria simpático reforçar a tese com mais estudos e apresentar mesmo um mapa para o ano inteiro , pelo que depreendo que haja uns espertinhos que tenham pedido por lá uma bolsa e se preparem para um estudo profundo no Google .
Dizer que foram apresentadas comparações com o Arizona e o Havai é já em si um programa , desejoso de ír fazer uns estudos ao Havai ando eu há 50 anos !

Quanto ao comentário do Luís Lavoura pois tem a "qualidade habitual " :

https://www.gov.uk/when-do-the-clocks-change

E nem perco tempo a explicar-lhe porque é que isso de mudar a hora é importante em termos empresariais (comerciais e industriais) .
Para quem vive em gabinetes isso é tudo secundário , eu sei .


Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 31.03.2014 às 09:38

E nem perco tempo a explicar-lhe porque é que isso de mudar a hora é importante em termos empresariais (comerciais e industriais) .

Poderia de facto ter a gentileza de me explicar porque é que é importante - eu não sei.

(Pressuponho que qualquer empresa tem a liberdade de mudar o seu horário de funcionamento quando lhe apraza.)
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 31.03.2014 às 17:31

Não, caro Lavoura, não tem!!
As razões, de ordem puramente utilitária, logo despicienda, incluem uma ou outra coisita acerca poupança de energia eléctrica e máximo aproveitamento da luz natural!
Poderá o escriba estar a falar do equador!!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 31.03.2014 às 17:57

Em Portugal qualquer empresa tem, que eu saiba, liberdade de mudar de horário de funcionamento sempre que lhe apraza. Não sei se nos outros países da Europa também assim é.
Essa do máximo aproveitamento da luz natural é um disparate! Na hora de inverno, às nove horas da manhã já o sol vai muito alto, pelo que se desperdiça montes de luz natural. Se no inverno se utilizasse a hora de verão, as pessoas começariam a trabalhar (às nove horas) com o sol ainda baixinho, aproveitando pois melhor a luz dele.
(Pressuponho que a principal utilidade da luz natural seja quando se está a trabalhar, claro.)
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 01.04.2014 às 08:53

Caro Lavoura, em Portugal, que eu saiba, ainda existe o direito ao horário de trabalho, sendo que o horário de funcionamento dos estabelecimentos das empresas obedecem, evidentemente, ao horário de trabalho dos seus trabalhadores, fixado, evidentemente, de acordo com o outro horário, uma espécie de osmose jurídico económica. A lei, consta, não admite que alterações unilaterais dos períodos da jornada laboral que possam causar ilegítimo transtorno aos trabalhadores. A objectividade do horário e da hora determina uma certa congruência nos períodos de trabalho e funcionamento (horário escolar, funcionamento de serviços públicos e socias... que representam uma certa objectividade e peremptoriedade, tornam-se critério objectivo para as restantes actividades). Qualquer alteração ao horário que desobeça, ainda que temporariamente ou sazonalmente, àquele critério deve fundar-se em razões de objectivo interesse para a realização da actividade que aquela persegue e nunca em excentricidades relutantes ou renitentes!! Meu caro, utilizando a hora de verão às 9h seriam 10h!! Às 4h da tarde seriam 5h!! Como é evidente a melhor exploração do período de luz natural faz-se acompanhando o ciclo solar, atrasando a hora à medida em que os dias se tornam mais curtos e adiantando a hora à medida em que estes se tornam mais longos!! São, caro Lavoura, simplicíssimas razões de ordem prática e utilitária!!
Cumprimentos, Justiniano
Sem imagem de perfil

De rmg a 31.03.2014 às 19:36



Com muito gosto lhe respondo com outras perguntas / respostas ("à bon entendeur , salut") :

1º) Qual é para si o horário de funcionamento de uma empresa de laboração contínua , como é o caso da maior parte das grandes e médias empresas industriais de qualquer ramo que seja ?

2ª) Qual é a aceitação dos trabalhadores (e nisso têm toda a razão) a que lhes alterem horários que coincidem fortemente com as suas necessidades pessoais e hábitos do dia-a-dia (levar ou ír buscar os filhos à escola , ír com a mulher ou o marido ao supermercado , até assistir a programas que lhes agradam na TV) ?

3º) Quais são as implicações de no meio de uma avaria grave se contar com determinado apoio técnico "à distância" do fornecedor de equipamento (muitas vezes específico para aquela instalação) e se concluír que afinal ou já não estão lá ou ainda não chegaram os técnicos porque simplesmente nos baralhámos por eles terem mudado a hora e nós não ?
E assim ter-se parado por demasiado tempo um equipamento essencial , facto de que os sistemas de alerta que existem em qualquer fábrica moderna se dão logo conta , desligando em "cascata" (é o termo técnico) tudo o resto , o que é simples se fôr um transportador de tela pouco carregado mas é muito complicado de fôr um forno , que tem que baixar a temperatura de modo suave e voltá-la a subir do mesmo modo sob pena de ír para o galheiro todo o revestimento ou o próprio forno .

É que isso de dar à chave e lá vamos nós só nos carros e nem sempre !
E os carros rebocam-se para a oficina , há peça monta-se , não há vem da central "multi-marca" que existe nos arredores de Madrid e está cá no dia seguinte ou no outro a seguir .
A gente vai de autocarro , táxi , se puder aluga um carro , desenrasca-se .
Uma fábrica de laboração contínua parada uma semana é a diferença entre um mês bom e um mês catastrófico , como imagina dada a sua formação teórica .


Não se trata de uma imagem pois como chefe de serviço , director e até administrador de empresas industriais que sempre trabalhou no local , assisti a muitos casos destes durante 34 anos e a única saída era dizermos todos pelo menos 40 vezes "porra!" (a chamada consolação possível) .
Mas como passei 6 anos na sede de uma delas e mais 2 na de outra a fazer uns vagos planeamentos que suspeito ninguém lia , acabo por tratar com pouca deferência a "malta dos gabinetes" e peço-lhe desculpa se me excedi .

PS - A Europa está cheia de bons alunos , pelos vistos , pois só não aderiram a Rússia , a Bielorússia e a Islândia (que tem mais 20% de habitantes que a Região Autónoma da Madeira) .





Sem imagem de perfil

De When do the clocks change? a 30.03.2014 às 14:28

In the UK the clocks go forward 1 hour at 1am on the last Sunday in March, and back 1 hour at 2am on the last Sunday in October.

The period when the clocks are 1 hour ahead is called British Summer Time (BST). There's more daylight in the evenings and less in the mornings (sometimes called Daylight Saving Time).

When the clocks go back, the UK is on Greenwich Mean Time (GMT).
Imagem de perfil

De FNV a 31.03.2014 às 18:41

Não vale o pena insistir, o Lavoura finge que está a dar corda ao relógio.
Sem imagem de perfil

De I a 30.03.2014 às 19:45

Desde que a hora adoptada permanentemente seja a de Verão... deprimente e prejudicial é passar a ter a noite mais cedo assim que chegam os dias, já de si mais cinzentos, do Outono e do Inverno!
Sem imagem de perfil

De Pum! a 31.03.2014 às 07:11

Acontece o mesmo quando o pessoal vai fazer férias ou negócios em fusos horários diferentes, chegam lá e morrem como tordos.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D