Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Manifestação do 1º de Maio

por jpt, em 18.04.20

leitor_5e060c9768df1_Jeronimo_de_sousa.jpg

É uma questão de racionalidade, só. Manifestações do 1º de Maio são desrespeito por quem está confinado. É também uma indução para que todos saiamos de casa o mais depressa que nos apetecer (já hoje de manhã). E acima de tudo, "caramba", é um perigo. É um perigo naquele dia - por mais que invoquem as loas das "regras de segurança".. E é um perigo porque dá sinal para nos juntemos em massa a partir daí. Os tipos do regime perderam a cabeça - e não percebo como não encontro gente da dita "esquerda" a dizer esta coisa simples: não é o momento para manifestações. Nem sanitário, nem político. Esta ligeireza, esta cabotagem, é demencial. Vivemos a maior crise da nossa vida e esta gente dá esta pontapé no próprio regime? Urge reencontrar algum tino:

Marcelo não o tem, ocupado no "gozo fininho" de flanar, na patética homoerotização do poder. A Costa terá acontecido algo, exaustão talvez, para se meter nisto (e aquela ministra Vieira da Silva, dizendo que a proibição de presença nos funerais é "por acontecimentos que aconteceram no mundo" e que é diferente de permitir manifestações porque foi uma decisão anterior, ultrapassa tudo o que se tenha visto em governos). Rio é o que é, em volta de si mesmo - o que poderia ser bom, caso fosse pintor ou músico, mas o homem é político. A IL é muito pequena e o CDS, enfim, é uma memória, e agora uma irrelevância júnior e inculta. E o BE é óbvio que adere a um COVID Parade, para celebrar a vitória sobre o vírus com as gentes festivas.

Resta o PCP. Goste-se ou não sempre teve uma racionalidade. Dizem-no monolítico e repetitivo muito porque tem a sua racionalidade e as suas razões. E o 1º de Maio é palco da CGTP. Quer o quê, fazer uma "jornada de luta" na exacta conclusão do confinamento, a este afirmar/celebrar como feito "dos trabalhadores"? Ok (de facto até concordo com essa versão). Mas faça-o de outra forma. É o PCP que deveria ser o primeiro a dizer "não é o momento". A data é importante? Os símbolos são importantes? Sim. Mas são-no pelo que significam, não como bonecos do menino jesus ou santinhos de loiça. Proponham a troca de data. E mostrem a "nave de loucos" em que estes tipos se tornaram. Ou então vão, também, na onda. Troquem uma manifestação por esta "parade". Sejam como os outros, descabidos e irrelevantes.


68 comentários

Sem imagem de perfil

De O Primo Basílio a 18.04.2020 às 08:56

Acidentalmente, ou não... e a mim parece-me que não... o autor esqueceu-se de um partido. Mas como já nos habituamos a estes esquecimentos, que atravessam a nossa comunicação de uma ponta à outra, uns por extremismo ideológico, outros para confortarem a maioria politicamente correta, não vamos levar a mal.
Mas no fundo concordo com o texto. É de facto de uma irresponsabilidade tremenda marcar celebrações nesta altura, tanto o 1 de maio, como o 25 de abril. Mas se estivermos atentos, tudo isto segue a linha desta espécie de democracia esquerdopata que temos neste país. Onde aquilo que dizem é lei universal, aquilo que os outros dizem é pura estupidez, fascismo, racismo ou qualquer outro adjetivo, quanto mais nojento melhor. E o pior é que têm toda a legitimidade de injuriar e diminuir as correntes opostas, porque a sua sabedoria e elevação moral é superior. Esta coisa de saber ouvir o contraditório não é para eles. Mas o mais grave é termos os partidos que deveriam ter uma consciência mais equilibrada e menos doentia, a tentar compensar estas mentalidades enlouquecidas pelas suas próprias ideologias. Mas não temos... temos um PS que parece o pai permissivo de uma criança mimada, cujo exemplo podemos ver na verdadeira vergonha do presidente da AR, ao imiscuir-se no discurso do deputado do CDS, como se o homem não tivesse liberdade para expor a sua opinião. Depois temos um PSD que parece ter tirado uma licença sabática, algo incompreensível, pois não é a cessar a oposição e o escrutínio ao governo que está a prestar um grande serviço ao país. No fim, os únicos com bom senso e juízo na cabeça, pasme-se, são os monstros da rotulada extrema direita, o CHEGA, o CDS, a IL. Em suma, a piada no meio de tudo isto, é que o autor concorda com os monstros dos fascistas, mas como não fica bem dize-lo tão frontalmente, escreve um texto omitindo-os. Mas ok, mais uma vez, já estamos habituados a comunicadores que em vez de serem fiéis às suas idéias, mesmo quando estas seguem as linhas destes monstros, preferem esconde-las, ou neste caso, mais disfarçadamente, nem falam deles, não vá o leitor achar que também é um fascista comedor de criancinhas.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 12:58

1. Dito Basílio, presumo que nesse plural você esteja a falar em nome da galeria de personagens.
2. Salcede, diante dessa sua jactância sobre o que eu escondo ou não do que penso - assinando eu com o meu nome e não com a cobardia que a si o caracteriza - entenda bem que lhe, no jargão adequado, "desnaça".
Sem imagem de perfil

De O Primo Basílio a 18.04.2020 às 18:15

Obviamente que não esperava outra resposta sua, que não contivesse uma injúria. Não fosse o meu caro avesso ao contraditório. Mas também nada me espanta que no final acabasse por não responder com substância à minha intervenção. Manda um ou outro jargão e está resolvido. Mas ao menos é fiel a si próprio, já é positivo.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 18:45

Salcede, essa moda do "contraditório" vale o que vale, mas adianto-lhe que nada me afasta da contradição. Como aliás poderá comprovar, se o conseguir, nesta caixa de comentários onde outro comentador anónimo colocou, de maneira diferente, e de forma mais curta, a contraposição que você aqui deixou e à qual eu respondi. Ou seja, não é o contraditório que me chateia, é mesmo a arrogância de um tipo qualquer que aqui chega anónimo a proclamar que eu escondo qualquer coisa, quando eu estou aqui numa conversa simples, de nome afixado e de cara destapada. E sem agenda. Coisas que muito têm sido insistidas nestas caixas de comentários. Não é o contraditório que me irrita é a jactânca alheia. O atrevimento, melhor dizendo. Até, como também já referi em comentários até algo recente, porque apesar dos meus vetustos 50 e já quase muito anos não encontro ninguém que face a face me fale com essa arrogância. Discordantes muitos. Mas com esse atrevimento desrespeitador não. E não transporto catana na mão ou colt à cintura. Ou seja, não tenho que aturar anonimozitos cagões na internet que mansos seriam diante de mim. Como tal, Salcede, e para terminarmos este interlúdio, repito-me: desnasça.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2020 às 20:34

Assim se vê, a força de jpt.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.04.2020 às 07:36

Comentários que não são publicados, censura no delito? Afinal o delito é português... e o jpt também.
Imagem de perfil

De jpt a 19.04.2020 às 16:49

Pobre anónimo já expliquei, e repeti, com detalhe para burros perceberem, que num blog não há censura, é coisa que não se lhe aplica. Pronto, agora acaba, vá lá à sua vida.
Imagem de perfil

De jpt a 19.04.2020 às 16:47

Dessa gosto ...
Sem imagem de perfil

De sampy a 18.04.2020 às 09:23

Deixem a malta manifestar-se.
Deixem a selecção natural funcionar.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 12:59

também é verdade, comemore-se a vitória na Taça Covid-19, com festa na Alameda patrocinada pela Sagres e recepção em Belém com Marcelo saracoteando
Sem imagem de perfil

De V. a 18.04.2020 às 09:33

Lamentável. Estragaram tudo. É o costume.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 12:59

Isso mesmo, estragaram tudo
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 12:59

Estragaram?!!
Mas quando é que aquilo esteve em condições de ser usado, sem electro-choques?
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 13:02

OK, já percebi

O "estragaram tudo" foi uma frase muito ouvida no pós PREC. . Bem tirada
Sem imagem de perfil

De V. a 18.04.2020 às 20:13

Não sabia dessa. Mas serve!
Perfil Facebook

De Ricardo Abreu a 18.04.2020 às 10:20

Talvez hoje compreenda melhor o post anterior da Maria Dulce Fernandes
https://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/d-n-r-11487187

"Quantas vezes fanatismo e imbecilidade não andam de mãos dadas..."

Penso que eu não esteja a extrapolar de forma abusiva, a única ressalva é que ainda não aconteceu, desta vez não é só "velhinhos".... ainda podem emendar a mão.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 13:02

bem lembrado
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 11:29

Desrespeito igual serão também os discursos panfletários, as exigências alucinantes de gente demencial :

Aumentos salariais para a Função Pública. (com os impostos colectados sobre uma maioria falida)

Acusações contra o "Grande Capital", contra os "Capitães da Indústria", vulgo, sócios gerentes, empresários em nome individual, donos de Micro, Pequenas e Médias Empresas, que tolhidos pela falência pandémica, serão apontados como trastes de gente que, usarão, vejam bem!!! , a falência dos seus negócios para despedir o Trabalhador!! E depois o punho cerrado, a bandeira agitada, a goela arranhada, o álcool destilado, a bifana mal passada, num suor de quem sabe e saberá sempre muito mal.

E será por causa disto que se arrebanharão.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 13:05

Eu não discuto essas perspectivas. São visões e reclamações legítimas, concorde ou não V. com elas. O que eu digo é que as poderiam fazer em contenção no dia 1 de Maio, num cenário frugal, discursivo. E poderiam fazer isso no dia 31 de Maio, domingo, por exemplo. Ou exigir o feriado extraordinário de 1 de Junho, por exemplo, para o efeito. Ou mais tarde, consoante a avaliação das condições sanitárias - e toda a direita protestaria etc e tal. É a única coisa que é discutível aqui, a pertinência sanitária e política disto.
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 13:10

Para mim, perante a miséria "global , são reclamações de visões moralmente ilegítimas.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 14:08

Não sei bem a que "miséria global" se refere. Aqui neste remediado país apenas posso dizer que moralmente ilegítimo é ter socratistas no poder e dias loureiros no conselho de Estado
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 14:18

Refiro - me à destruição, outra, de milhares de empregos no sector privado.

Quanto a Sócrates e Dias Loureiro compreendo mas não o entendo neste postal
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 17:48

eu não acho que interpretações divergentes sejam, por si só, moralmente ineptas.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 17:48

e acho que os dias loureiros e os socrates têm muito a ver com este posta, que se debruça sobre a relação de confiança entre a população e o regime político
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 18:11

Quanto durou a confiança entre o eleitorado e o REGIME? Todos sabiam, e ninguém ligava , porque de 90 a 2000 chegava "tudo para todos".

Ainda me lembro da reforma agrária dos idos 90, com os fundos da PAC.
Imagem de perfil

De jpt a 19.04.2020 às 16:50

a confiança no regime veio até hoje.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2020 às 15:42

Já cá faltava o ataque aos funcionários publico! Os médicos, enfermeiros,pessoal auxiliar,cozinheiros, porteiros,bombeiros ,forças de segurança etc,são todos funcionários públicos! Fora outros que estão noutros lugares!
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 16:10

Todos?!! Não falava desses. Falava naqueles que pululam nas autarquias, institutos públicos, com funções sobrepostas a outros organismos públicos, no Poder Central e Local, nos professores com progressões automáticas dependentes, aquelas, de avaliações feitas por compadrio e amiguismo , enfim, refiro a termiteira de parasitas que não fazem nenhum, não deixam fazer, mas querem o deles e o dos outros. Falo daqueles que abrem a goela apenas para enfardar ou mandar uns vitupérios jocosos por não saberem o que é o desemprego. Falo dessa joldra que representa 14%da população activa e come os nossos impostos
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2020 às 23:17

Credo! Tanto azedume! Todos os países têm funcionários públicos. Alguém tem que fazer esse trabalho. E não sei se sabe mas os fp também pagam impostos.
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 11:32

Nota :

A CGTP, nestes tempos, controla o PCP. A fotografia deveria ser a da camarada Camarinha e não a de Jerónimo. O poder político do PCP é-lhe dado pelo poder Sindical.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 13:05

Não sei, não conheço a vida do PCP
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 13:08

O PCP entrou em coma 91. Daí em diante tem sido ventilado pela CGTP.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 14:08

Essa não está mal metida
Sem imagem de perfil

De Alex.soares a 18.04.2020 às 14:44

Nem da cgtp, nem de n...
Sem imagem de perfil

De Vento a 18.04.2020 às 11:33

Acho muito bem. O PCP tem algo a dizer à população, mesmo que esta fique à janela também cantando Grândola Vila Morena.

http://www.cgtp.pt/cgtp-in/areas-de-accao/trabalho/politica-reivindicativa/13947-vamos-dar-expressao-a-indignacao-protesto-e-reivindicacoes-dos-trabalhadores

http://www.cgtp.pt/informacao/comunicacao-sindical/13888-grandes-empresas-estao-a-absorver-ajudas-que-deveriam-ser-canalizadas-para-outras-de-menor-dimensão

No dia Mundial da Saúde, escreveram:
http://www.cgtp.pt/cgtp-in/areas-de-accao/politicas-sociais/saude/13911-dia-mundial-da-saude-reforcar-o-servico-nacional-de-saude-vencer-a-pandemia
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 13:06

Obrigado pelas ligações
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2020 às 12:18

O fundo dos cérebros estava adormecido.

Foram apenas espevitados, pelo "frisson" da prox do 25A e 1 Maio. São idosos como eu, mas andaram no PREC que tanto mal fez ao País.

O 25 Nov que aconteceu, conseguiu a democracia, no entanto arrastou consigo algumas múmias paralíticas mentais, bem como os filhos e respectivos netos !

Assim vivemos neste caldo venezuelano que pode vir a descambar em mais uma "ditadura fofinha" de esquerda como a que se ensaia em Espanha.

A.Vieira
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 12:56

A. Vieira, Respeitando - o, essa coisa do PREC também já fica mal. Uma coisa sem Consequências que durou 1 ano??!!

O pessoal do PREC conseguiu o quê? De que maneira o PREC se reflecte hoje no país? O Estado do País sempre foi o seu estado normal.

Não raramente quem se indigna com o PREC fá-lo com o pretexto de acertar no 25/4.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 13:08

É um problema das nossas gerações, a demência senil (um nome horrível). Quero crer que os progressos da medicina muito aliviarão esse drama nas futuras gerações.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 18.04.2020 às 18:25

Desculpe JPT, mas até parece que está a pensar na sua pessoa.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 18:33

Tiro ao Alvo sim, estou. Adianto que perspectivo que qualquer cancro (já presente em surdina ou planeando o seu ataque) ou um problema cardíaco me leve a curto ou médio prazo (ou este maldito covid), antes da degenerescência mental - ainda que a minha memória não esteja em bom estado julgo que ainda não estou a deslizar para a patologia. Mas é um horizonte que me aflige, num sincero antes a morte que tal sorte.

Mas recordo que o meu comentário a que V. se refere é uma resposta ao comentário de A. Vieira que refere esses tristes estados.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 18.04.2020 às 14:13

Se a elite pode comemorar o 25A, o povo deve poder comemorar o 1ºM. Poder à maioria.
Entretanto algo que não é notícia; numa altura de preocupação acerca da liquidez das famílias, eis que ao fim de 15 dias o Governo não iniciou os reembolsos do IRS. Não são créditos, não são benesses, é devolver o que nos pertence. Se calhar ajudava a passar estas perdas de rendimento.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2020 às 15:55

Tenho o IRS automático o ano passado recebi a 12/04,este ano temos o Mundo de pernas para o ar,repartições fechadas,estão lá, mas menos,há funcionários com filhos com menos de 12 anos,logo em casa,e acha que é igual? E se esteve atento o Secretário de Estado disse que este ano ia demorar um pouco mais.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 18.04.2020 às 16:42

O processamento do IRS automático é isso mesmo, automático. Já está aprovado, basta dar ordem de liquidação.

Eu sei o que o Séc de Estado disse. Mas estando o Mundo de pernas para o ar e tudo teso (já experimentaram pedir uma moratória? A tal panaceia), podiam fazer uma forcita extra

Ass: alguém que está em casa, em teletrabalho, com um filho com menos de 12 anos.

Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 17:51

tem razão anónimo com u.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.04.2020 às 13:55

" O IRS automático consiste no preenchimento automático da sua declaração de IRS,só tem que confirmar os dados,validar a declaração e enviar ao fisco" Não diz que o pagamento é automático. Ass:alguém que trabalha na A.T.
Imagem de perfil

De jpt a 19.04.2020 às 16:45

Obrigado pelo esclarecimento
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 18.04.2020 às 14:15

Os proprietários do AL estão desesperados.
Não conseguir sacar 1500€ por um T1 faz isso a uma pessoa.
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 15:32

E...??
Sabes quanto pediram ao Banco, para recuperarem prédios urbanos em ruínas?
Já pediste um empréstimo ao banco para criar uma empresa e teres noites não dormidas porque o mês não correu como o esperado e tens de pagar empréstimos, prestações e ordenados?

Deves ser FP

Sem imagem de perfil

De Anonimus a 18.04.2020 às 16:23

Vorp, o cientista.
Não sabe os factos, mas tira conclusões.
Deves ser auditor público.

Já, já passei noites sem dormir porque não conseguia pagar salários, seg social e impostos. E não era por falta de trabalho ou facturação.

Aos do AL, deixem o mercado trabalhar. Não há procura, a mão invisível faz o ajustamento.
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 17:25

Meu caro, diz-me o nome da tua empresa que, eu ponho, aqui, o nome da minha (não dá para enganar, até tenho fotografias num jornal). Quero ver essa tua pujança
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 17:53

Atenção, muito louvo o espírito empresarial e desejo sucessos ao empresariado nacional e, em particular, aos leitores deste blog (e dos outros blogs onde vou botando). Mas se querem fazer publicidade nos meus postais então exigirei uma remuneração, adequada às vossas disponibilidades, decerto que maceradas pelas condições actuais. Contacto por mensagem privada, sff.
Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 18:11

O pagamento pode ser feito através de vinho fino?
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 18:35

Lamento mas não, transferência bancária. Como adiantei alhures não só a electricidade é caríssima como a comida também o é (as pessoas, em particular os que louvam o status quo, perceberão que até o pão e a cerveja, já para não falar em legumes, frutas e até algumas carnes, e ainda a gasolina, para além das multas, são mais baratas na bélgica, onde se ganha 2,5 ou 3 vezes mais do que cá?). Como tal, transferência bancária, repito-o.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 18.04.2020 às 22:16

Mas tenho lá de pôr nomes de empresas?
Deveis pensar que venho para aqui aldrabar porque sim. A isso chama-se projecção.
(era complicado ir ao racius)

Não há pujança nem cagança, o Vorp é que veio cagar sentenças no meu comentário, o mesmo Vorp que diz para o largarem da mão quando não lhe interessa a conversa.

Imagem de perfil

De Vorph "Girevoy" Valknut a 18.04.2020 às 18:13

Não acredito na mão invisível, mas sou descrente da mão amiga do Estado.
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 18:36

Pois mas a mão amiga do Estado existe. E funciona. Tem é aquele tique de lavar a outra e depois lavarem a cara. Coisas do Covid, julgo
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2020 às 18:39

Sempre a mesma hipocrisia. Quando confrontados por factos que levariam a um autêntico bailado argumentário da sua parte escolhem a superioridade moral "eu não sou anónimo", ergo "não cobarde".

Tanto o Vorph como o JPT, como quem quer que seja, são-me tão anónimos como eu para eles. Não me interessa quem são, não me interessa o que fazem, nem me interessa os seus perfis. Interessa o discurso e a dialética que existe na ausência explícita da identidade de cada um, nos disparates que espirram para a blogo.

Cada qual um ditador do seu pequeno burgo. Nem que seja um blog. E ainda têm a audácia de criticar os nossos miseráveis políticos.

José de Bêtum
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 18:50

Ó Bêtum enquanto Bêtum eu não lhe falei em anonimato, o que vem aqui botar é descabido. Ó Bêtum enquanto Salcede, para esse peditório já dei muitas vezes, agora é a crise do Covid, vá desnascer para outro lado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2020 às 18:58

Caro sr, não escrevi com a designação "anónimo", supra.
Limito-me a constar que não apreciou a minha observação sobre a sua omissão daquele grupelho radical ou sobre a madraça que é o PCP.

José de Bêtum
Imagem de perfil

De jpt a 18.04.2020 às 19:08

Caro Bêtum onde encontra escrito ou implícito que não apreciei os seus comentários? Respondi-lhe ao seu primeiro comentário e até o usei como exemplo de correcção dialogante num mais crispado debate nesta mesma caixa de comentários. Quanto à madraça apenas referi que é injusto considerá-las todas escolas de terroristas, é um tipo de brincadeira que não fica bem, e nem foi a si que fiz o remoque mas sim ao comentador Vorph. E sobre o anonimato, que o levou a tanto resmungar, também não foi a si que me referi. Sobre esse assunto já escrevi demasiado e vezes demasiadas não me repetirei mais uma. Mas, de facto, não ao anónimo Bêtum que me referi acima, respondendo a outro comentário.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D