Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Maldita cocaína

por Cristina Torrão, em 27.06.19

Entretanto, o Brasil ficou mais seguro. A droga passou a ser transportada na comitiva presidencial.


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Miguel a 27.06.2019 às 16:24

Faz parte daquilo que o Buñuel (e o Carrière) apelaram o 'charme discret de la bourgeoisie'.


https://vimeo.com/62877837

(ver cena que começa aos 9:45)
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 27.06.2019 às 16:57

Parece que o ministro justiceiro, Sérgio Moro já decidiu que o sargento, aviado com 40kg de coca, agiu sozinho. É um despacho, esse pistoleiro de toga.

Um posto que é um albergue de maus costumes, racista como poucos, sobretudo com os portugueses (basta ler a quantidade de comentários de brasileiros contra Portugal e os portugueses), tendo, essa gente de vera cruz, a distinta lata de responsabilizarem os "tugas" pela podridão de costumes, ao mesmo tempo de rasgarem largos elogios à herança alemã, ou holandesa, ou o diabo a quatro, pelas glória e ordem brasileiras. Um fartote.
Imagem de perfil

De Corvo a 27.06.2019 às 17:40

Ora aí está a verdade do mundo.
Somos sempre fraudes até termos uma boa ideia.
Aí passamos a génios!
Sem imagem de perfil

De Brasileiro a 27.06.2019 às 17:59

Bobagem. Pessoas ruins há em qualquer local: certamente esse militar já estava nesse posto desde muito antes do atual governo.

E o Brasil está mais seguro sim, felizmente. Só na minha cidade,houve uma redução de quase 50% no número de homicídios nos últimos 12 meses. E de forma acelerada desde janeiro.

Obrigado, presidente Bolsonaro!
Sem imagem de perfil

De António a 27.06.2019 às 21:28

Não houve uma marosca dessas com o nosso Presidente Sampaio?
Imagem de perfil

De Cristina Torrão a 28.06.2019 às 10:33

Não sei. Conte-me lá!
Sem imagem de perfil

De António a 28.06.2019 às 11:08

“O subchefe da PSP Luís Rodrigues, ex-segurança do Presidente da República, Jorge Sampaio, foi hoje condenado a nove anos de prisão pelo crime de tráfico de droga agravado.”
Público, 19 de outubro de 2001.
Imagem de perfil

De Cristina Torrão a 28.06.2019 às 11:20

Não sabia.
Mas ele também foi apanhado a traficar em viagens presidenciais?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.06.2019 às 13:33

Cara Cristina, creio que sim. Sampaio foi presidente de 1996 a 2006. Eu tenho uma ideia de ouvir noticiários a mencionar o facto, e do homem se aproveitar da imunidade diplomática para o tráfico. Malas diplomáticas, acho.
A questão é: acontece!
Sem imagem de perfil

De José Junqueira a 28.06.2019 às 00:20

Quer dizer que os casos de 1999 não contam? Ou é pura má fé sua?
Imagem de perfil

De Cristina Torrão a 28.06.2019 às 10:31

Não estou a par, embora, ao ler sobre este, me tenha apercebido de já ter havido casos parecidos.

Enfim, parece que nada ainda mudou...

Sinceramente: uma mala de mão pesar 38 quilos? Das duas, uma: ou o homem é parvo, ou sentia-se tão protegido, que nunca pensou que o incomodassem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.06.2019 às 00:58

Levar malas com papel é mais chique !

WW
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 28.06.2019 às 12:49

Muito bom!
Imagem de perfil

De Cristina Torrão a 28.06.2019 às 19:41

Obrigada, Teresa.
Sem imagem de perfil

De Andre Miguel a 28.06.2019 às 19:38

O militar em causa não fazia parte da comitiva presidencial, mas sim da equipa da FAB que fazia a avaliação da rota ANTES da viagem da comitiva do Presidente.
Diz que é um caso de fake news...

https://aosfatos.org/noticias/militar-preso-por-transportar-cocaina-em-aviao-da-fab-nao-e-filiado-ao-pt/
Imagem de perfil

De Cristina Torrão a 28.06.2019 às 19:46

Eu não falei em filiação em qualquer partido, nem tinha ouvido falar disso. Não é isso que está em causa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.06.2019 às 00:21

Então o que está em causa ?
Qual o propósito de alardear um crime e colá-lo ao novo presidente do Brasil ?
Como é que você ignora que já aconteceu em Portugal ?
De certeza não entendeu a minha alusão ao papel, talvez seja melhor pesquisar que chega lá !
Peço desculpa pelo, mas qualquer dia chega a vez do Boris porque alegadamente andou a partir pratos lá em casa e é um mimado.
A memória não pode ser curta nem as verdades enaltecidas só quando nos dão jeito.

WW

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D