Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leituras

por Pedro Correia, em 25.06.16

livro-duelo-sol[1].jpg

 

«A América havia sido construída por gente irrequieta, apaixonada por horizontes. Alguns tinham morrido nessa caminhada, a sua carne fora pasto dos coiotes e os seus ossos tinham ficado na grama ou nas correntes geladas; outros tinham continuado. Às vezes paravam porque certo lugar lhes parecia bom, ou porque algum vizinho se tinha estabelecido ali, ou porque houvesse uma nascente de água, ou madeira, às vezes porque o horizonte lhes acenava pela última vez. Se o vento gelado ou um rio havia sido transposto, ou se um dos bois caísse, tossindo umas duas vezes e morrendo, não tinha importância que o colono tivesse ambição ou não: um homem inteligente não valia mais, então, do que um imbecil. Os olhos ansiosos endureciam e a ambição de um, como a falta de iniciativa do outro, produziam o mesmo resultado, isto é, a sobrevivência. Aquela gente remexia na terra para viver - e quando recordava o que tinha feito resultava quase sempre no nascimento de um novo estado.»

Niven Busch, Duelo ao Sol (1944), pp. 237/238

Ed. Publicações Europa-América, 1979. Tradução de HSN. Colecção Livros de Bolso Europa-América, n.º 91


2 comentários

Imagem de perfil

De Corvo a 25.06.2016 às 16:53

Não li mas vi o filme.
Ler li os milhares das colecções Bisonte, Búfalo, Califórnia, Arizona, Puma etc. etc. ... com que a APR regalava a minha infância.
As meninas liam as colecções Pimpinela, Rosa, Orquídea , Coral e por aí adiante, e a malta, eu, quando elas se descuidavam também os ia ler.
Tudo muito bonito.
Claro que o P Correia não faz ideia do que isso fosse.
Lamento muito por si.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 25.06.2016 às 18:18

Não faço mesmo ideia, meu caro.
Mas vi o filme, aliás mais de uma vez, e é um dos meus 'westerns' favoritos. O facto de ter a Jennifer Jones como actriz principal contribuiu para esta minha opinião.
O livro, que só agora li, é um dos melhores do género. Um género só para meninos, claro. As meninas passam ao lado.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D