Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leituras

por Pedro Correia, em 24.10.15

submi[1].jpg

 

«A beleza do Universo é notável. E o seu gigantismo, sobretudo, é assombroso. Centenas de biliões de galáxias, cada uma das quais formada por biliões de estrelas, algumas delas situadas a biliões de anos-luz - centenas de biliões de biliões de quilómetros. E à escala de um bilião de anos-luz começa a constituir-se uma ordem: os aglomerados de galáxias separam-se para formar um grafo labiríntico. Faça uma exposição destes factos científicos a cem pessoas encontradas ao acaso na rua: quantas terão o arrojo de dizer que tudo isso foi criado por acaso? Tanto mais que o Universo é relativamente jovem - quinze biliões de anos, no máximo. É o célebre argumento do macaco dactilógrafo: de quanto tempo precisaria um chimpanzé, a bater ao acaso no teclado de uma máquina de escrever, para reescrever a obra de Shakespeare? De quanto tempo precisaria um cego acaso para reconstruir o Universo? Certamente muito mais do que quinze biliões de anos

Michel HouellebecqSubmissão (2015), p. 222

Ed. Alfaguara, Lisboa, 2015. Tradução de Carlos Vieira da Silva


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.10.2015 às 21:33

Do ponto de vista probabilístico discordo em absoluto. O que tem probabilidade muito pequena ou até zero, pode acontecer.
Um exemplo simples. Suponhamos que há biliões de acontecimentos possíveis todos com igual probabilidade, portanto cada um com probabilidade baixíssima. Sai um. O que saiu tinha probabilidade baixíssima mas aconteceu.
Depois do Big Bang o que quer que acontecesse teria de ter probabilidade baixíssima. Mas aconteceu.
Sem imagem de perfil

De Carlos Faria a 25.10.2015 às 11:12

Um livro que já pensei ler e embora num cenário distinto, Portugal também não está livre de se ver com uma situação política extrema.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.11.2015 às 14:52

Gostei muito. É um dos melhores livros de antecipação política que tenho lido.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2015 às 16:48

"Faça uma exposição destes factos científicos a cem pessoas encontradas ao acaso na rua: quantas terão o arrojo de dizer que tudo isso foi criado por acaso? " Se antes de Galileu se perguntasse, não a cem mas a mil, pessoas escolhidas ao acaso quantas teriam o arrojo de dizer que o Sol não andava à roda da Terra?

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D