Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Leituras

Pedro Correia, 18.06.21

Robert%20Musil,%20O%20Jovem%20Törless[1].jpg

 

«Os pensamentos são uma coisa estranha. Muitas vezes não passam de acasos que desaparecem sem deixar rastos; os pensamentos têm épocas de viver e épocas de morrer. Pode-se ter uma ideia genial e ainda assim, como uma flor, ela murchará lentamente entre as nossas mãos.»

Robert Musil, O Jovem Törless (1906), p. 153

Ed. Público, 2004. Tradução de João Filipe Ferreira. Colecção Mil Folhas, n.º 89

1 comentário

Comentar post