Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Leitura recomendada

por Pedro Correia, em 30.03.17

Michael Heseltine, ex-vice-primeiro-ministro britânico, em entrevista ao El Mundo: «O Brexit é o maior erro histórico desde a II Guerra Mundial.»

Tags:


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 30.03.2017 às 12:15

Os britânicos nem sabem em que alhada é que se meteram.
Os estúpidos não querem estrangeiros no país deles, sem perceberem que o país deles não funciona sem os estrangeiros. E têm a ilusão de que vão poder comerciar com todos os países do mundo, menos com aqueles que têm mesmo ao pé da sua ilha.
Parvos!!!
Sem imagem de perfil

De Einstürzende Neubauten a 30.03.2017 às 16:53

Luís, consulte os anais da história diplomática inglesa. Sempre estiveram do lado ganhador.
Sem imagem de perfil

De isa a 30.03.2017 às 13:12

Mas o que se pode esperar de um ex-vice-primeiro-ministro britânico?

Naturalmente, vão fazer a vida negra aos ingleses porque, quem tem triliões não está habituado a ouvir não, aliás, eles ainda não saíram e, pela vontade do mordomo "esquentador", deveriam repetir os Referendos até terem o resultado desejado (para eles) e, isto dito à descarada para quem quisesse ouvir, talvez palavras saídas depois de um almoço bem regado porque, aquilo é gente que deve precisar de beber para esquecer os problemas de consciência e quem andam, realmente, a servir. A Merkel tem fotos e mais fotos agarrada à caneca de cerveja que, ingenuamente, alguns dizem ser para promoção da cerveja alemã e, como ela leva a sério a publicidade, até põe a condizer um certo ar sonolento, sem esquecer as bochechinhas rosadinhas

E quem não sabe de que "esquentador" estou a falar, neste dia, além do tinto deve ter misturado algum vinho de sobremesa e não conseguiu guardar segredo do próximo susto que vão pregar, a muitos, quando lhes for conveniente

https://www.youtube.com/watch?v=x9pby3pyxuE
"Leaders of other Planets are worried" - Confused EU President talks about Extraterrestrials

É como vos disse uma vez, cá ou lá, isto é um autêntico:
https://www.youtube.com/watch?v=5RF-AFJ5VFs
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2017 às 17:35

Tenho acompanhado o Brexit como acompanho tudo o que considero interessante.
Por tudo o que li, vi e ouvi, concluo que as consequências, a prazo, são perfeitamente imprevisíveis.
Espantam-me, por isso, as certezas que muitos debitam, quer num sentido quer noutro.
João de Brito
Sem imagem de perfil

De pvnam a 31.03.2017 às 01:04

Demografia e Separatismo-50-50
.
.
Está tudo certo, sejam 'globalization-lovers', UE-lovers e afins, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros, e vice-versa; todavia, JÁ CHEGA! Leia-se, JÁ É ALTURA DO NAZISMO MADE-IN-PORTUGAL TER VERGONHA!
Para os nazis portugueses, como a sobrevivência de Identidades Autóctones prejudica os interesses económicos:
- no passado foi usada a teoria duma espécie de 'nova brasilidade' para negar o Direito à Sobrevivência de autóctones da América do Sul;
- no presente está a ser usada a teoria duma espécie de 'nova portugalidade' para negar o Direito à Sobrevivência de autóctones europeus.
[nota: nazi não é ser alto e louro, blá, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros]
.
OBS: Existem nazis alemães que não têm emenda: não passam sem andar por aí a negar o Direito à Sobrevivência de outros!
No passado os nazis hitlerianos argumentaram que para garantir mil anos de paz era necessário negar o Direito à Sobrevivência de outros.
No presente os nazis alemães andam por aí a proclamar que defender a existência de outros... deve ser considerado um crime de ódio; isto é, o estatuto dos «donos disto tudo» - os salvadores da demografia - não pode ser posto em causa.
[as reacções ao discurso de Donald Trump vieram realçar algo que já se sabia: o pessoal com uma elevada taxa de natalidade é altamente amigo... desde que... não seja posta em causa a sua condição de «DONOS DISTO TUDO»]
.
.
NOTA: em vez de andar a chatear SEPARATISTAS-50-50 o bandalho europeu deve é ir fazer périplos... tal como o primeiro ministro de Portugal, António Costa, faz.
---» Como uma sociedade sustentável é uma coisa muito trabalhosa, o bandalho europeu prefere fazer périplos apelando à naturalização de jovens oriundos de povos com uma boa 'produção' demográfica.
Obs: o bandalho europeu é fácil de identificar -» como a sociedade nativa não é sustentável (média de 2.1 filhos por mulher), ao mesmo tempo que critica a repressão dos Direitos das mulheres, em simultâneo, para cúmulo, o bandalho europeu bajula a 'boa produção' demográfica daqueles que tratam as mulheres como úteros ambulantes - ex: islâmicos.
.
.
.
.
Anexo:
Há que mobilizar aqueles nativos que se interessam pela sobrevivência da sua Identidade para o Separatismo-50-50.
Leia-se:
- Todos Diferentes, Todos Iguais... ou seja, todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta.
[nota: Inclusive as de rendimento demográfico mais baixo... Inclusive as economicamente menos rentáveis...]
Dito de outra maneira: os 'globalization-lovers', UE-lovers e afins, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
Explicando melhor:
- Democracia sim; todavia, a minoria de autóctones que se interessa pela sobrevivência da sua Identidade... tem de dizer NÃO ao nazismo-democrático, leia-se: é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
---» ver blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
Nota: é necessário um activismo global!!!
-» Imagine-se manifestações (pró-Direito à Sobrevivência) na Europa, na América do Norte (Índios nativos), na América do Sul (Índios da Amazónia), na Ásia (Tibetanos), na Austrália (Aborígenes), ETC... manifestações essas envolvendo, lado a lado, participantes dos diversos continentes do planeta... tais manifestações teriam um impacto global muito forte.


Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D