Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lá no bairro

por Rui Rocha, em 28.11.17

Isto é uma merda. A Mariana Mortágua esfrega o chão, faz o comer, trata dos filhos, passa a roupa do Costa a ferro, dobra-lhe as camisolas interiores, arruma-lhe os peúgos brancos na gaveta de baixo da mesa de cabeceira. E depois, o gajo anda na rambóia com a EDP. A Mortágua esbraceja, grita, ameaça, diz que faz e acontece. Mas no dia seguinte lá está outra vez com a esfregona na mão ou a coser-lhe as trusses enquanto o fulano vai ter com a outra. Na rua, a Mortágua anda com a cabeça muito direita, caminha muito digna. Mas todo o bairro vê o que se passa. O bardina sabe que é bonito e aproveita-se da fraqueza dela.

Autoria e outros dados (tags, etc)


33 comentários

Sem imagem de perfil

De João Silva a 28.11.2017 às 12:58

Não percebo se o que diz é a sério ou se é só para falar mal ao nível a que já habituou os seus leitores. Pode esclarecer? Eu acho que o Blogue (que era dos interessantes>) se tem vindo a degradar. Mas posso estar enganado.
Sem imagem de perfil

De Costa a 28.11.2017 às 13:54

Uma maçada. Uma maçada, enfim, quando não se lê aquilo de que se gosta, ou alguém ousa a blasfémia de tocar na sacrossanta superioridade moral da esquerda. Todo este tempo depois, o famoso "respeitinho" afinal até é muito devido.

Agora a outros. É a única diferença.

Costa
Sem imagem de perfil

De Desconhecido Alfacinha a 28.11.2017 às 17:08

Ah, sim: o RAP que o diga...
Sem imagem de perfil

De am a 28.11.2017 às 15:04

. (O Delito) " ... Que tem vindo a degradar. Mas posso estar enganado"

Afinal em que ficamos, Sr Azeredo Lopes?
Sem imagem de perfil

De João Silva a 28.11.2017 às 17:43

Ficamos em que posso estar enganado. Porque eu não gosto de argumentos como "Isto é uma merda" mas há quem goste e quem se excite só com o cheiro.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 28.11.2017 às 15:38

Eu acho que o Blogue (que era dos interessantes>) se tem vindo a degradar.

Pois tem. Mas não é o único. Em geral, todos os blogues se têm vindo a degradar.
Sem imagem de perfil

De V. a 28.11.2017 às 18:31

A tendência geral das repúblicas, em especial das que estão em rumo para o socialismo, é a degradação. Começa nas bandeiras feias, passa para a ortografia e acaba no pensamento.
Perfil Facebook

De Oscar Maximo a 28.11.2017 às 18:13

É realmente feio meter a colher num casal, político ou não. Até porque neste caso sabemos que ele, o casal, vai acabar por se entender.
Sem imagem de perfil

De V. a 28.11.2017 às 18:16

É a sério.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 28.11.2017 às 14:57

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 28.11.2017 às 15:42

A forma de oposição recorrente da direita, nesta legislatura, tem sido tentar meter cunhas que aumentem a fissura entre os partidos da Geringonça. Este post é apenas mais um exemplo dessa estratégia da direita.
Em Portugal os partidos da oposição nunca conseguem ganhar, esperam sempre que os partidos do governo percam. Nestas condições, a maior esperança de a direita chegar ao poder é conseguir fender a Geringonça. É o que estão há dois anos a tentar. E continuam.
Sem imagem de perfil

De João Silva a 28.11.2017 às 16:25

Eu também acho que pelos métodos utilizados por alguns bloguistas (e outros) demorará muito até vermos a direita no poder. Mas é esta a direita que existe.
Perfil Facebook

De Oscar Maximo a 28.11.2017 às 18:20

Mas esta fissura resultou de alguma cunha da direita ? Gostava de conhecer os outros exemplos da direita. Até porque se queixavam que ela estava morta, e mesmo assim, o PS parece não poder governar sem ter a direita na boca. Viu-se no ridículo da atribuição de responsabilidades de um jantar.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2017 às 16:14


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.11.2017 às 16:32

A s esgançiadas ( eufemismo de Arroja para uns coiros histéricos que exercem no alterne a S.Bento ) e respectivos caudatários, idiotas úteis "for all seasons"...
"Post" certeiro...e mordaz.
Sem imagem de perfil

De João Silva a 28.11.2017 às 19:14

Aqui está (refiro-me ao senhor anónimo das esgasniçadas) uma bela companhia, em termos de argumentação, para Rui Rocha. Com isto quando é que o PSD chegará ao poder?
Sem imagem de perfil

De sampy a 28.11.2017 às 20:46

No dia a seguir a acabar-se o dinheiro para avenças de focus groups e painéis em Aveiro.
Sem imagem de perfil

De João Silva a 28.11.2017 às 21:57

Está convencido que acaba? E isso basta? O PSD não tem que ter ideias, basta esperar? Parece-me uma triste oposição. Depois aguentar-se-á sem ideias? E depois à esquerda bastará também esperar?
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 29.11.2017 às 02:37

As ideias da esquerda estão todas nos jornais que é quem governa pois são os jornalistas quem podem estimulam a organização da violência. Bastou cortar alguns salários de privilegiados e começámos a ouvir "avisos" que tornavam a violência justificada. Morreram mais de 100 pessoas e nem um "aviso" .
As ideias da direita não existem por isso é que o PSD e CDS não Passam - pun intended - de gestores do socialismo.
Sem imagem de perfil

De João Matos a 28.11.2017 às 17:41


O Sr. Rui Rocha resume o seu comentário na primeira frase.
Mariana Mortágua não “ anda com a cabeça muito direita, caminha muito digna” para agradar á rua.
Provavelmente fá-lo por motivos de constituição física e carácter.
Quanto á ramboiada do Costa será mais confirmação que surpresa!
Gosto muito dos “ peúgas brancos na gaveta de baixo da mesa de cabeceira”. Não sabia que as peúgas brancos se guardavam na gaveta de baixo da mesa de cabeceira. Se calhar é para quem, para além de usar meias brancas, tem filhos, camisolas interiores dobradas, é bonito e se aproveita da fraqueza “dela”.
É quase um fado.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 28.11.2017 às 17:50

É claro que estes problemas entre a Mortágua e o Costa são coisa meiga quando comparados com o irrevogável divórcio entre Paulo Portas e o seu namorado Pedro Coelho. O Paulo saiu de casa batendo a porta com estrondo quando descobriu o Pedro metido na cama com o Vítor Gaspar. E disse que era irrevogável, que nunca mais entrava naquela casa. Mas disso já ninguém se lembra.
Sem imagem de perfil

De V. a 28.11.2017 às 19:26

O que já ninguém se lembra é o motivo por que o Estado foi à falência. E que continua na mesma ou pior.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.11.2017 às 18:17

Realmente.Expor assim o machismo político.O sogro devia impor-se.
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 28.11.2017 às 20:10

eu cá não sabia era que este blogue é de direita. ora viste?...
Sem imagem de perfil

De am a 28.11.2017 às 20:10

Não sabia que (....) era fufa!
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 28.11.2017 às 22:38

você é desagradávelzinho.
Sem imagem de perfil

De am a 29.11.2017 às 11:28

Não diga isso...

Podia apontar-lhe 27 razões contrárias...
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 29.11.2017 às 21:55

parece-me pouco.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.12.2017 às 12:24

É um imbecil é o que ele é, Cristina.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D