Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ilegais

por Rui Rocha, em 11.10.15

ilegais.png

Ontem fomos confrontados, mais uma vez, com as imagens de homens, mulheres e crianças transportados em condições insuportáveis. Desta vez foram 39. Não há meio de comunicação que não se lhes refira como "ilegais". Por seu lado, o ser desumano que os transportava é referido como "condutor". É muito curioso. A violação de regras de circulação entre territórios leva de forma automática à utilização de uma semântica de condenação. Em contrapartida, aqueles que violam regras básicas de respeito por seres humanos são apenas suspeitos da prática de crimes.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De lucklucky a 11.10.2015 às 17:39

"A violação de regras de circulação entre territórios leva de forma automática à utilização de uma semântica de condenação."

Precisamente é assim que deve ser. São ilegais.

"aqueles que violam regras básicas de respeito por seres humanos são apenas suspeitos da prática de crimes."

São os próprios ilegais que as violam. Diga ao ilgeal para o fazer sem violar o próprio respeito e ele manda-o aquela parte.
Sem imagem de perfil

De Carlos Azevedo a 12.10.2015 às 00:11

Nem mais. E, paralelamente, creio que se perdeu completamente a noção do que é essencial. Ainda há não muito tempo, o governo britânico manifestou-se solidário com os ingleses que sofriam atrasos na sua viagem ao continente por causa da situação em Calais. E assim os imigrantes foram reduzidos a um mero incómodo aos ingleses que queriam ir passar férias ao continente.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D