Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Hoje especialistas, ontem "especialistas"

por João André, em 17.03.20

Com a pandemia a todo o gás e as pessoas enfiadas (fechadas) em casa, começam a surgir por todo o lado as manifestações de agrado, os elogios, os aplausos a profissionais de saúde que tratam de quem está doente, vão para a frente da batalha (na actual analogia bélica), aconselham a população, investigam o problema e procuram soluções.

São os especialistas, aqueles que há anos e anos, décadas e décadas, avisam que esta situação aconteceria. Que avisam, mesmo enquanto o fogo alastra, que outros fogos virão e algum será com toda a probabilidade pior. São aqueles que disseram mutio antes de uma TED Talk de Bill Gates que as novas epidemias surgiriam, que não estávamos preparados e que muita gente morreria. Até avisaram, numa pele em que não se sentiam bem por não serem especialistas nessa área, que teriam consequências económicas.

Na altura eram alarmistas. Eram os "especialistas" com o termo a ser pronunciado com desprezo. Eram aqueles que exageravam durante a pandemia do H1N1 ou a epidemia de SARS. Eram os "especialistas". Hoje são os salvadores. Especialistas.


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Bea a 17.03.2020 às 14:32

Mudam-se os tempos...e mesmo que atrasados, ainda chegaram a ser especialistas. Sem o pejorativo. Resta saber, mas acabaremos por, se nós, os comuns que não opinam e seguem prescrições e conselhos, nos chegaremos a safar.
A ver vamos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.03.2020 às 14:41

Há sempre gente a alardear o fim do mundo. É só escolher:
Alterações climáticas
Extinções em massa
Guerra total
Guerra nuclear
Ascensão do nazismo
Ascensão do comunismo
Epidemias de vírus.
Choque com asteroides
Mais algumas tão exotéricas que nem nos lembramos delas

E sempre gente pronta a dizer "eu não dizia!" quando acontece uma desgraça. Como se isso ajudasse alguma coisa.
Imagem de perfil

De João André a 17.03.2020 às 16:29

Você escreve "especialistas, não é verdade?
Sem imagem de perfil

De Vento a 17.03.2020 às 16:19

Meu caro João, não é necessário ser-se "especialista" e ser-se especialista para saber que um dia aconteceria isto e outras mais acontecerão no futuro. O bicho que não tem capacidade de mutação per si em termos físicos é o homem. A nossa mutação é mais ao nível psicológica, não deixando, por isto, de ser grave.
O covid-19 oferece-me mais uma oportunidade de verificar os comportamentos; e concluir o quão estúpidos somos a julgar que sabemos.
Imagem de perfil

De João André a 17.03.2020 às 16:33

Obviamente que não. Eu não sou um especialista e compreendia isso. Mas apenas e só porque prestei atenção aos que são de facto especialistas e não desprezei os avisos como vindo de profetas da desgraça. Um pouco de pensamento crítico é sempre necessário, obviamente, mas aí reencaminho para o meu pensamento da outra semana sobre a falta de educação científica.

Abraço e mantenha-se saudável.
Imagem de perfil

De CAL a 17.03.2020 às 17:26

O que a experiência levada a cabo em Veneto, permitiu conhecer


Luca Zaia, president of the Veneto region, who initiated the Vo’ project, told reporters on Tuesday that he was pleased the WHO agreed testing was crucial. “An asymptomatic carrier can infect 10 people,” he told reporters. “Swabs can save lives.”

https://www.ft.com/content/0dba7ea8-6713-11ea-800d-da70cff6e4d3
Sem imagem de perfil

De R. Santos a 17.03.2020 às 19:42

"e que muita gente morreria." Muita gente?? Não, todos .... com ou sem epidemia.
Ele há sempre aquela pandemia que dá pelo nome de "necrologia". Afecta todos.
Sem imagem de perfil

De ShakaZoulou a 17.03.2020 às 21:59

Qual é explicação que estes pseudoespecialistas dão para as epidemias da gripe espanhola, da colera, da febre amarela,do tifo, da peste negra. Num mundo de hoje, mais interconectado que no passado temos epidemias de matam algumas partes por milhão da população em contraste com esses episódios epidérmicos de passado cuja contabilidade é calculada em percentagem.
Assim é fácil ser especialista eu também prevejo que em algum momento do futuro serão perdidas milhares de vidas humanas devido à erupção de um dos supervulcōes e também um grande terramoto e tsunami deitará muitas vidas
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 18.03.2020 às 18:06

Bem lembrada esta Ted Talk, João André. Bill Gates não é nenhum mago, limitou-se a explicar, de forma muito clara, porque era previsível que isto acontecesse. E é claro, ninguém fez nada. Investir na prevenção deste género de ameaças, não dá retorno. Exige visão, espírito cívico, coragem política e generosidade.
Em relação ao ambiente estamos a fazer o mesmo. As medidas que se estão a adoptar não chegam, mas ninguém quer saber, até ao dia - que há-de chegar - em que talvez seja tarde demais.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D