Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nunca me tinha acontecido. É meio-dia e meia, como de costume ando na rua em manhã de domingo, e preparo-me para rumar a casa quando só então me lembro que estamos em dia eleitoral. Isto diz muito sobre a falta de motivação para participar nesta consulta destinada a escolher os nossos próximos 21 representantes no Parlamento Europeu.

Lá me encaminho para o bairro de São Miguel, um dos mais acolhedores de Lisboa, que visito sempre com gosto em dias de chamada às urnas, temperado por uma saudável dose de inveja: bem gostaria de viver aqui.

Na escola básica, secção n.º 3, exerço o direito de voto. Tudo quase vazio, em ambiente de modorra dominical: ninguém diria que hoje é jornada de mobilização cívica. Encontro duas ou três pessoas conhecidas, muito menos do que é costume: fala-se da conquista da Taça pelo Sporting, dos petiscos que apetece ir provando, do calor que já aperta.

Exerci um direito, cumprindo um dever: revejo-me nesta dicotomia e sinto-me incapaz de justificar o discurso pró-abstenção que por aí campeia. Como se fosse indiferente à cidadania sermos ou não representados por dirigentes que resultam do sufrágio universal.

Neste dia, pensemos nas regiões do planeta povoadas por centenas de milhões de pessoas a quem é negado o direito ao voto. Pensemos nas ditaduras que ainda dominam vastas extensões do mundo. Em países como China, Síria, Irão, Bielorrússia, Guiné Equatorial, Coreia do Norte, Azerbaijão, República "democrática" do Congo, Arábia Saudita, Vietname, Argélia, Cuba ou Usbequistão.

É quanto basta, creio eu, para nos motivar a exercer o voto. Seja qual for a nossa escolha.


36 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.05.2019 às 15:18

Está encontrada a razão do voto. Vou já a correr votar....
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.05.2019 às 15:20

Começa por ir a correr à procura do teu nome. Talvez descubras como te chamas.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 26.05.2019 às 15:30

Excelente, Pedro!

Acabei de comer um bacalhau cozido e não tarda vou votar. Enviarei uma fotografia do boletim ao jpt, como prova de que não votei BE...embora também não consiga votar PSD...o jpt já me convenceu a não votar Marisa Matias...irei votar em Paulo Morais.

Tudo de bom
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.05.2019 às 21:15

Irrepreensível comportamento cívico. Muito bem.
(Só não voto no bacalhau cozido.)
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 26.05.2019 às 23:15

E no Paulo Morais, presumo. Foram decepcionantes os resultados de alguns partidos - ex: I.L, Nós, Livre...gente capaz, independentemente de se estar ou não de acordo
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 00:49

Os eleitores portugueses sentem fobia pelos pequenos partidos. São extremamente conservadores e tribalistas no momento do voto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.05.2019 às 01:04

Tem toda a razão Pedro, o PAN é extremamente (c)onservador e (t)ribalista.

WW
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 27.05.2019 às 08:56

O PAN, embora necessário, é globalmente constituido por gente frustrada, que procura nos animais, o que só se encontra nas pessoas (Amor). Há um certo misantropismo/lunaticismo num eleitor tipo deste partido, como também há uma certa limitação intelectual -tirando o seitan, tofu, cães/gatos e energia verde, não fazem a mais pálida ideia sobre A Politica e o Mundo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 10:40

O PAN é, até mais ver, mero sucedâneo de Marinho e Pinto.
Com uma diferença: em 2014 o MPT, que então funcionou como barriga de aluguer de Marinho, obteve 7,14%, correspondentes a 234 mil votos. Agora os animalistas conseguiram 5,1%, com 168 mil votos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.05.2019 às 19:03

Não me diga que ainda credita que o voto vale alguma coisa!

Portanto você fica contente por escolher quem vai tomar decisões por si sem o consultar para nada e poderá fazer tudo contra a sua vontade.

Há várias coisas erradas e mesmo graves que deviam mudar, e para isso o voto não vale nada.

Acordem que andam iludidos e temos um atraso civilizacional grave.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.05.2019 às 21:17

Quem permite que outros tomem decisões por si é você. E todos os que, podendo, não se deslocaram às assembleias de voto.
Raio de opção essa, a de ficar em casa. Ou a chinelar num centro comercial.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.05.2019 às 19:23

Que medo têm os fieis da religião política se as pessoas forem felizes sem política...


Lugares vagos na assembleia para abstenção, votos brancos e nulos.
Assim fica logo explicito quantos precisam de política e do enorme poder com que os fieis da religião se arrogam.

Lembrar que as maiores mortandades do séc.XX foram causadas por pessoas que acreditavam piamente na política como explicação para o mundo.


lucklucky

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 10:44

Os que renegam a democracia merecem viver em ditadura.
Parece ser o seu caso.
Sem imagem de perfil

De jo a 26.05.2019 às 20:09

É pena que na União Europeia só votemos na parte folclórica, o PE.

Os órgãos que verdadeiramente mandam como a Comissão, o BCE, o Eurogrupo, têm as chefias cozinhadas em conferencias de líderes e não respondem perante os órgãos eleitos.
Um pouco como se cá o primeiro ministro e o presidente fossem escolhidos pelas direções partidárias e o Banco de Portugal não tivesse de responder perante ninguém eleito mas fosse ele quem determinava o que se gastava nos OE.

Uma democracia coxa. Claro que é melhor que nenhuma, mas não deixa de ser hipócrita.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 26.05.2019 às 20:34

Jo, vote-se em Partidos fora do "sistema"
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.05.2019 às 21:23

Você anda muito desactualizado.
Hoje votámos para o Parlamento Europeu, que elege (por maioria absoluta) o presidente da Comissão Europeia). Além deste, também todos os comissários europeus e o chamado "Alto Representante da UE para os Negócios Estrangeiros" necessitam do voto maioritário do hemiciclo em Estrasburgo.
Alguns candidatos a cargos de comissários já foram forçados a desistir dos cargos, confrontados com avaliações negativas.

Se nada disto lhe serve, indique-me onde há melhor.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 00:49

Você, o Jô, bem entendido.
Sem imagem de perfil

De Bea a 26.05.2019 às 20:57

Ainda há pouco, por palavras menos sábias, apresentei os mesmos motivos. Nada justifica a abstenção.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 00:51

Infelizmente, Bea, mais de dois terços dos nossos compatriotas "votaram" na abstenção. Muitos deles devem bater várias vezes no peito a reclamar "mais direitos" e "mais cidadania".
Dizem uma coisa, praticam outra.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.05.2019 às 21:25

Com 70% de abstençāo, o infinito tempo de antena dedicado às eleições é mais um rombo que o regime inflige nos orçamentos das televisões.
Mais uma vez, a RTP2 é muito mais honesta e transmite futsal...
De facto, se a gente não vota, muito menos quer este triste espetáculo televisivo.
Com 70% de abstenção, isto a que fraudulentamente chamam democracia não passa de uma fraude. Confunde -se até com uma qualquer ditadura, uma vez que o povo não a quer exercer e, por isso, lhe é imposta.
Com 70% de abstenção, qualquer regime decente e com o mínimo de respeito pelo povo pararia para pensar.
Em vez disso, querem uma aposta em como nada vai mudar?!
Tal qual como se houvesse 70% de votação!...
Querem melhor prova de prepotência?
João de Brito
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.05.2019 às 21:35

Você hoje deve estar eufórico. O seu "partido" venceu.
O "partido" dos que não votam.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.05.2019 às 23:36

Sim.
Tenho cerca de 5 ou 6 milhões de razões para estar eufórico.
Estamos no bom caminho.
João de Brito
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 00:51

No dia em que houver novamente uma ditadura em Portugal ficará mais eufórico ainda. Sem eleição alguma, a não ser para o seu condomínio.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 26.05.2019 às 23:17

João, para si tanto faz. Democracia ou Ditadura. O voto é cena que não lhe assiste.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 00:52

O nosso amigo João aprecia regimes musculados. Detesta coisas frouxas como a democracia.
Sem imagem de perfil

De António a 26.05.2019 às 22:13

Daqui a pouco vai começar a dança do costume. Todos vão clamar vitória. Com abstenção nestes valores não há vitória. Mas os partidos vão continuar a negar o óbvio, e o óbvio vai-se repetir até haver uma implosão. Por enquanto lá vão elegendo os seus, e tanto faz que seja por um milhão de votos ou por mil - mas há algo profundamente errado.
Por mim, muita gente que conheço e não teve tempo, a um domingo, de perder um quarto de hora, está tramada comigo. Estou farto do desporto nacional que é não mexer uma palha e passar cinco anos a queixar-se de que isto assim não pode ser. Cada vez que começar a lamúria vão ouvir das boas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 00:52

Faz muito bem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.05.2019 às 00:23

Um pensamento igual ao que diz que o contrário de estar vivo é estar morto.
Uma derrota em toda a linha para os "liberais democratas", seja pelos resultados com ou sem abstenção.
Insistir nas políticas que nos trouxeram a este ponto, só pode redundar em maior desastre mas talvez seja esse o objectivo ...

WW

P.S. - O Pedro Correia lembra aquelas pessoas que se dão por satisfeitas por terem UM pão por dia e temerem perdê-lo lembrando-nos quem não tem nenhum, em vez de pensar em ter DOIS ou mais, que é o tipico raciocinio de quem não pretende evoluir, se assim pensassem, os nossos antepassados teriam ficado nas cavernas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 00:55

Você adora ver filmes ao contrário.
O seu idolatrado Rui Rio acaba de sofrer uma derrota em toda a linha. Mais de 11 pontos atrás do PS. O pior resultado de sempre na história do PSD.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.05.2019 às 01:09

O Pedro Correia terá de fazer um post á parte sobre isso, decerto não tardará.
Tal como os xuxas, o que conta para a vitória é aliança dos derrotados face ao vencedor.

WW

P.S. - Não tenho idolatria por ninguém, só sei para onde não vou...
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 27.05.2019 às 09:02

Pedro, pior foi o Aliança, que em certo sentido representa(va) um tubo de ensaio para a ala mais "direitista/passista" do PSD.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2019 às 10:36

O PSD obteve o pior resultado de sempre.
A Aliança, pelo contrário, obteve o melhor resultado de sempre.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.05.2019 às 13:52

Um partido unipessoal que provavelmente não passa de Outubro, partindo do princípio que lá chega.

WW

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D