Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Delito de Opinião

Hoje é dia de

Maria Dulce Fernandes, 01.06.22

22304851_rozFQ.jpeg

No dia 1 de Junho celebra-se O Dia Mundial da Criança"

O Dia Mundial da Criança foi estabelecido oficialmente em 1950 na sequência do congresso da Federação Democrática Internacional das Mulheres, realizado em 1949, em Paris. Portugal também adoptou esta data para celebrar o Dia da Criança com o objectivo de sensibilizar todos para os direitos das crianças e para a necessidade de promover a melhoria das condições de vida, tendo em vista o seu pleno desenvolvimento.

Por vezes é difícil distinguir este dia, 1 de Junho, do 20 de Novembro, considerado pela ONU como Dia Universal da Criança, em que se celebram dois marcos importantes:

Não existe uniformização de data para a celebração dos direitos das crianças, contudo, o seu objectivo será sempre o mais nobre: promover os direitos e o bem-estar de todas as crianças, onde quer que estejam."

O melhor do mundo são as crianças. É de partir o coração ler todos os dias notícias sobre crianças abusadas, molestadas, violadas, espancadas e até mortas por adultos, principalmente adultos que lhes são próximos, muitas vezes um pai ou uma mãe. Não há pena de prisão suficiente para expiar a maldade com que se desflorou, rasgou e destroçou a inocência. O Dia das Crianças devia ser recordado aos pais todos os dias, 365 por ano. A protecção e o amor necessários à formação do porvir, da continuidade da nossa identidade como povo e gente de bem, está nas suas mãos. Está nas nossas mãos dar-lhes um porto seguro todos os dias das suas vidas.

 

concept-happy-parents-day-international-260nw-1964

No dia 1 de Junho celebra-se O Dia Mundial dos Pais

"Este Dia afirma-se como uma oportunidade de reconhecimento dos pais, seja em que parte do mundo for, na protecção, educação e desenvolvimento dos filhos.

Os pais têm um papel fundamental na formação da personalidade da criança. Como âncoras da família e base das nossas comunidades e sociedades, têm o dever de proteger as suas famílias de perigos, de cuidar das crianças fora da escola e, ao mesmo tempo, continuar com as suas responsabilidades de trabalho.

Foi proclamado o Dia Mundial dos Pais através da Resolução 66/292 adoptada na Assembleia Geral da ONU de 17 de Setembro de 2012."

Esta foi e continua a ser a função mais difícil da nossa vida, minha e do meu marido. Ser pai ou mãe não é um trabalho de oito horas diárias onde entramos, marcamos o ponto e saímos. É um trabalho a tempo inteiro, todos os dias durante 24 horas. É um compromisso para a vida, o qual não podemos descurar um dia que seja. Não é fácil conciliar empregos com entradas e saídas de colégios. É uma vida inteira de desencontros e atropelos para conseguirmos levar a cabo com um nível de sucesso aceitável aquilo a que nos propusemos: criar as filhas, dar-lhes bases e valores, dar-lhes estudos e estabilidade, estímulos e motivação para enfrentarem as dificuldades e terem uma vida boa.

 

13310553_1047432402007747_4364686418123032760_n.pn

Hoje celebra-se O Dia Mundial do Leite

"Considerado o mais nobre dos alimentos, o leite tem grande importância na alimentação humana e talvez por isso seja um dos poucos que figuram no calendário de datas comemorativas. Rico em proteínas, carboidratos, gorduras, sais minerais e vitaminas, o leite ocupa lugar de destaque quando o assunto é a nutrição do homem. Principalmente devido à presença do cálcio, mineral responsável pela formação dos ossos.
Além de dar energia e conter gordura pouco saturada, o leite é um dos alimentos de origem animal com menos colesterol, reunindo vitaminas A, B1 e B12 e sais minerais essenciais como o fósforo, que ajuda na formação dos ossos, e o manganês, que auxilia no funcionamento do cérebro.
Este alimento que está presente em diferentes fases da vida é complexo e apresenta um balanço nutricional único. O seu teor de água é de aproximadamente 90%, e a diluição desses nutrientes no meio líquido faz com que o conjunto nutricional do leite seja melhor do que as propriedades de cada nutriente, se consideradas separadamente."
 
Diz-se agora que a lactose é um veneno, que o leite não materno não devia constar na alimentação dos bebés.  Apenas derivados de soja, amêndoas e outras bebidas não lácteas.
Malgrado o exagero, tendo a acreditar que sim. O leite que se vende é lavado, desnatado, pasteurizado, cheio de antibióticos e leva choques térmicos para evitar contaminações. Depois é embalado num pacote e pode durar até três meses.
Antigamente tínhamos umas leiteirinhas de alumínio com tampa onde o leiteiro, o Sr. Carlos (que todos os dias fazia a ronda e a distribuição do leite), despejava a medida necessário para o pequeno-almoço e antes de deitar. Depois veio o tempo das garrafas de vidro com tampa cravada de alumínio fino, que abriamos empurrando-a com força para dentro com o polegar. O Sr. Carlos deixava as garrafas à porta e dava dois toques de campaínha. Mais tarde chegaram as garrafas de plástico, os pacotes de plástico, os pacotes triangulares em papel e eis-nos no reino do tetra pak.
Uma coisa eu sei: nos tempos da leiteirinha de alumínio, retiravam-se dois ou três dedos da gordura do leite antes de o ferver, gordura essa que se batia com umas pedrinhas de sal até fazer a melhor manteiga do mundo! Quem sabe agora seria também considerada um veneno.

 

slide_1.jpg

No dia 1 de Junho celebra-se O Dia Nacional do Sobreiro e da Cortiça

"O Dia Nacional do Sobreiro e da Cortiça surge no calendário português para assinalar o interesse de uma espécie com grande simbolismo histórico e elevado valor ambiental, social e económico. Passaram dez anos desde que foi considerado um símbolo da nossa paisagem agroflorestal, mas o sobreiro (Quercus suber L.) é, desde há muitos séculos, uma espécie emblemática e não apenas no nosso território. Para assinalar o seu valor, Portugal assinala nesta data o Dia Nacional do Sobreiro e da Cortiça.

Valorizado desde a Antiguidade pelas qualidades da sua casca, o sobreiro tem descritas as qualidades e usos da cortiça desde há milhares de anos. Vários estudiosos identificam vestígios da sua utilização desde a China ao Egipto, inicialmente como vedante de recipientes, isolante para habitações e bóia flutuante para a pesca. O filósofo grego Teofrasto já descrevia nos seus textos de botânica, há cerca de 2200 anos, como o Quercus suber se distinguia de outras espécies: “o descortiçamento circular acarreta a morte de qualquer árvore (…). Mas o sobreiro constitui uma excepção. Porque este ganha mais vigor se se lhe tira a cortiça exterior…”

Esta longa utilização valeu-lhe, desde cedo, o estatuto de espécie protegida. Com cerca de 100 mil toneladas anuais de cortiça, Portugal é o maior produtor do mundo deste material de origem vegetal, representando metade da produção global (100 mil toneladas anuais, 49,6%)"

Termos neste pequeno rectângulo algo que é valioso e até raro numa determinada proporção,  é de valor. 

"A cortiça é a casca do sobreiro - Quercus Suber L. - o que significa que é um tecido vegetal 100% natural. As células da cortiça, agrupadas numa estrutura alveolar caraterística em tudo idêntica a uma colmeia, estão preenchidas com uma mistura de gases muito semelhante ao ar, sendo as suas paredes maioritariamente revestidas por suberina (uma espécie de cera natural) e lenhina (uma macrocélula tridimensional de resistência a ataques microbiológicos). Polissacáridos, ceroides e taninos, embora com menos expressão, são outros compostos que encontramos no sistema celular da cortiça."

A NASA, a ESA e a  Space X, por exemplo, utilizam cortiça portuguesa como material de isolamento aeroespacial desde a missão Apollo XI.

A minha mãe tinha um tarro para manter a comida quente durante horas. Depois a tradição perde para a tecnologia e creio que o sabor da comida também.

 

(Todas as imagens do Google)

28 comentários

Comentar post