Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Grécia antiga (29)

por Pedro Correia, em 22.06.15

«Podem-se acusar os homens do Syriza de vedetismo, deslumbramento pelo poder, protagonismo excessivo, mas nunca de falta de coragem, de falta de competência, de incoerência.»

António Correia de Campos, no Público (16 de Fevereiro de 2015)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.06.2015 às 20:33

Se há coisa que eles não têm é vedetismo, deslumbramento pelo poder e protagonismo excessivo. Em contrapartida lutam e tudo fazem para livrar o seu povo do martírio de que têm sido vítimas e mais fariam se a eles se aliassem Portugal e Espanha que tudo fizeram para a ajuda ao massacre.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.06.2015 às 21:32

Só na semana passada voaram quatro mil milhões de euros que estavam depositados nos bancos gregos: a fuga de capitais soma já quase 30 mil milhões de euros em seis meses. O sistema financeiro grego está uma vez mais sob respiração assistida, forçando a nova intervenção de emergência do BCE.
É comovente acreditarmos em mitos. Mas não deixam de ser mitos por maior que seja a nossa crença.
Sem imagem de perfil

De Vento a 22.06.2015 às 22:32

Se apoquente não, Pedro. O BCE tem lá muito dinheiro e já se encarregou de repor tudo isso.

Que os rapazes são corajosos lá isso são. Mas tão importante quanto a coragem é o facto de serem inteligentes. Coisa que vai faltando cá pelo burgo.
Continua-se em Portugal a manter o mesmíssimo discurso do miseravelzito trabalhador e humildezinho que pretende sempre comer as migalhas pelas quais não lutou. Veja aqui:
http://visao.sapo.pt/cimeira-iberica-passos-espera-solucao-que-funcione-para-a-grecia-e-toda-a-zona-euro=f823450

Não sei que dirão seus seguidores. Naturalmente que os gregos estão a ceder em toda a linha e rebéubéubéu pardais ao ninho.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D