Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Futebol e Fátima

por Rui Rocha, em 12.07.16

Li por aí que o Professor Marcelo, o mais alto beato da Nação, rezou muitos terços para que a selecção nacional tivesse um bom resultado e que admite ir a Fátima. Ora, há coisas que não percebo. Quer dizer, se eu fosse crente, era capaz de rezar pela saúde e pela felicidade da minha mulher, dos meus filhos ou da humanidade em geral. Pela nossa saúde ou por uma felicidade nossa que não prejudicasse a dos outros. Mas neste caso, rezar pelo sucesso da selecção de Portugal é pedir o insucesso da selecção de França. E parece-me que isto não é assunto em que se deva meter Nossa Senhora de Fátima. Como é que Nossa Senhora de Fátima fica? Qual é o critério de decisão? Favorece os que pedem mais, os que fazem mais barulho? Beneficia os que se portam melhor? Mas como? O Bruno Alves é melhor do que o Payet? Há coisas que pessoas bem formadas não pedem. Muito menos a Nossa Senhora de Fátima. Na verdade, o que Marcelo e os outros como ele querem é tráfico de influências. Que Nossa Senhora mexa uns cordelinhos, que interceda aqui e ali, para beneficiar uns e prejudicar outros. Aliás, se eu fosse Nossa Senhora de Fátima e me aparecesse o Marcelo ou outros como ele com um tercinho na mão e conversa do tipo "ah e tal podias dar aqui um jeito" mandava-os logo foder.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 12.07.2016 às 10:31

O Rui não entende os mistérios da fá católica.
Marcelo pediu a Nossa Senhora de Fátima (NSF). François Hollande pediu a Nossa Senhora de Lourdes (NSL). As duas Nossas Senhoras (que são distintas e, no entanto, uma e a mesma pessoa - um dos mistérios do catolicismo - é como a Santíssima Trindade) intercederam junto de Deus. Fizeram lóbi. Verifica-se que NSF venceu por 1-0, no prolongamento. NSL chorou.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 12.07.2016 às 13:32

Pois deve ser isso.
Sem imagem de perfil

De Fernando Torres a 12.07.2016 às 10:32

Porque não um pouco da nossa história, a propósito desta vitória no europeu de futebol?
Ainda não vi recordar as três invasoes francesas, entre 1807 e 1810 e as consequências das mesmas no nosso Portugal.
Junot, Soult e Massena: esta vitória é a nossa vingança por tantos danos que nos causaram.
Viva Portugal!
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 12.07.2016 às 13:33

Eu acho que, para além da vitória, devíamo reabrir o processo das invasões para reavaliarmos danos e pedir indemnizações.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.07.2016 às 10:35

E o Camané, jurou compor e cantar um Fado
Fica completa a trilogia!
FFF

-----

Será que irão todos parar ao panteão?
Sem imagem de perfil

De BELIAL a 12.07.2016 às 10:53

Já escrevi sobre isto.

Tanta BEATOlice.

Mais parece bruxaria branca de católico analfaPARVO.
Ao nível da grei mais ignara. Que claro, gosta de rezas propiciatórias...
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 12.07.2016 às 13:35

Só nos falta o boneco de vudu do Payet.
Sem imagem de perfil

De da Maia a 12.07.2016 às 11:39

Tráfico de influências...
Há uns anos fui ao Oriente e perguntei sobre a dimensão dos pagodes.
Ou seja, como inculto, pensei que o maior pagode fosse para o deus mais importante.
- Nada disso!
Explicaram-me que era muito mais pragmático.
Um falecido deixava dinheiro para construir um templo, depois era uma questão de sucesso das preces.
A pessoa investia num templo para favorecer uma causa. Se, do outro lado, o morto conseguisse favorecer essa causa, pois então continuava o investimento, e o pagode atingia grandes proporções.
Caso contrário, ninguém cuidava de investir num pagode que nada fazia em prole das preces ali pedidas.
Accountability... no mundo dos mortos!
Portanto, acho que aqui não foi uma questão de Lourdes versus Fátima... mas foi boa ideia colocar a foto do Eusébio no autocarro e no avião.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 12.07.2016 às 13:36

É um pagode.
Sem imagem de perfil

De xico a 12.07.2016 às 12:07

Eu sou católico e acho que tem toda a razão. Por coisas mais importantes não tive coragem de pedir a Nª Srª pelo que jamais pediria para ganhar um jogo. Como católico entendo que Marcelo, católico que é, cometeu blasfémia! Acho que se eu fosse a Nª Srª seguiria o seu conselho, Rui Rocha.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 12.07.2016 às 13:36

Acho que é o mínimo.
Sem imagem de perfil

De JAB a 13.07.2016 às 12:19

Plenamente de acordo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.07.2016 às 13:10

São os mistérios da Fé.
Fé, por definição, não é racional.
Se o fosse, não seria fé e passaria a ser um argumento, um raciocínio ou uma outra coisa do género.
Eu, um agnóstico convicto, subscrevo totalmente o post.
Não no que se refere a Fernando Santos, que fica muito mais forte com a sua crença, mas no que aos políticos diz respeito, que, no essencial, o que pretendem é que Deus e os Santos tomem o seu "partido".
Só não acho que Nossa Senhora mandasse f. alguém, mesmo que fosse um político.
Portanto, o que deveria escrever, não era "se eu fosse Nossa Senhora", mas "se Nossa Senhora fosse eu".
Amen!
João de Brito
Sem imagem de perfil

De Jorge a 12.07.2016 às 15:40

Este palhaço-mor é do mais cretino e pimba que já se viu.Pobre País.
Temos o que merecemos.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 13.07.2016 às 23:38

Não sei se merecemos tanto!
Sem imagem de perfil

De Jorge a 13.07.2016 às 23:55

Concordo consigo.
Talvez não, mas entre os que nem votaram,como eu,aos que o achavam uma sumidade,todos temos as nossas culpas.
O pai deve rebolar na cova.
O outro é monhé, não engana ninguém, para além de um completo alarve asqueroso.
No meu humilde entendimento, este fará muito mais estragos ao descredibilizar e tornar numa risota internacional o mais alto cargo da nação.
Sem imagem de perfil

De amendes a 12.07.2016 às 17:11

E o nosso PR distraído:

-- Esqueceu-se de condecorar a Mamona e companheiros ( atletismo)

Porca de vida...

Nem à Sé jurou ir por eles!

Imagem de perfil

De Rui Rocha a 13.07.2016 às 23:39

Pelo visto, o caso já está resolvido. Agora, este desgraçado é que continua à espera:
http://www.jn.pt/local/noticias/viseu/armamar/interior/portugues-bate-recorde-a-cabecear-bola-de-tenis-5232117.html
Sem imagem de perfil

De BELIAL, simples & ingénuo.. a 12.07.2016 às 18:49

Não condecoraram a mamona?

A Mamona?
Parece impossível!!!
Eram logo duas meldalhonas nas mamo...ai, cala-te boca de trapos.

A moça é apetitosa, parece meiguinha - porreira(ça), pá!
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 13.07.2016 às 23:40

Parece sim senhor.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D