Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Frases de 2019 (16)

por Pedro Correia, em 04.06.19

«Portugal não pode dizer que é um país civilizado enquanto tiver touradas.»

André Silva, porta-voz do PAN, em entrevista ao jornal Sol (1 de Junho)


48 comentários

Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 04.06.2019 às 21:12

Há muito que não lia tantas PANlermices de tantos PANlermas.
A maior de todas as do Corvo (ou Corno, tal a raiva que tem às touradas).
Se não sabem minimamente o que é a tourada, remetam-se a sua insignificância de frustados e ignorantes.
Imagem de perfil

De Corvo a 04.06.2019 às 23:50

Não sabem minimamente o que é uma tourada, mas sabe o senhor, António Maria Lamas.
A mesma elite de sabedoria que insulta a memória querida de uma senhora que não tem nada ver com isso.
Mas é de homem, tourada é valentia e quem disser o contrário é corno.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.06.2019 às 22:56

Poucas vezes vi touradas, não sou especial adepto . Realço, no entanto, as pegas de caras : o touro, animal nobre como chamam e um grupo, uma equipa , amigos certos das horas incertas. Cá para nos que ninguém nos ouve, gaita é preciso coragem, levar com 500 kilos em cima é obra. E são artistas, não se atiram para o chão como o João Félix.
Boas pegas e sem cornadas! Olé!
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 04.06.2019 às 23:02

Sou pelo touro.
Tal como quero que o SLB perca.
Tenho algo contra participantes que partem com vantagens injustas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.06.2019 às 01:45

Não sei que diga. Nunca gostei de tourada, mas gosto menos do falso manso André, que anda fazer faenas até conseguir espetar as bandarilhas da moda, para ser levado em braços por tontos tão incivis como ele e a outra, a da cultura.

Apesar de tudo, antes a velha, injusta e feia tourada, que há-de acabar por anacrónica e não por decreto dos ditadores das causas passíveis de likes.

Isabel
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.06.2019 às 14:10

"Nunca gostei de tourada," Eu também não. Mas entre touro e homem sou pelo homem. Contra a corrente: hoje para alguns (minoritários que devem ser combatidos antes que se tornem maioritários) o Homem fica abaixo dos animal.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.06.2019 às 17:29

Concordo. E até quem gosta muito de bichos, e os bem tratou, fica com a sensação do mundo virado de pernas para o ar, tal a inversão de valores.

Sabe, às vezes, ponho-me a pensar e temo pelo futuro. Dá ideia que as coisas que mais likes renderam no espaço virtual (não o reduzo às redes sociais), foram os gatos, a maquilhagem, os chefs e o gourmet.Temo que a causa mais vigorosa e ruidosa dos próximos anos seja a luta pelo IVA de 6% para o batom, o rimmel e as unhas de gel, ou para o goji, a batata doce e as nozes (mas estas, só se forem consumidas em doses de quatro ou cinco metades, bem calibradas, e nunca às refeições, que é proteína a mais). Afinal, temos que ter a nossa auto-estima em cima Espero não estar a dar ideias.

Enquanto isso, os Sudões estremecem, homens morrem e muitos mais morrerão. É, assim, a vida, como sempre foi, mas nós daqui estamos muito mais saudáveis, bonitos a amigos dos gatinhos. Até ao dia...

Isabel
Imagem de perfil

De Corvo a 05.06.2019 às 18:08

Anónimo.
Quando coloca a questão que o homem está acima do animal, tem alguma razão porque é uma lei da natureza. Servimo-nos dos animais para quase tudo na nossa alimentação e no passado para nossa locomoção e trabalho.
Portanto sim, o homem está acima do animal. Não deve morrer no lugar do animal, assim como o piloto do avião não deve morrer por o pilotar, o pescador não deve morrer por ir ao mar, o senhor, eu ou qualquer outro não deve morrer por utilizar as estradas, o bombeiro não deve morrer por combater o fogo, tudo porque exercem um labor em prol da sociedade e até, da humanidade. São riscos inerentes a todos aqueles que de uma maneira ou de outra fazem avançar o mundo.
Mas qual o interesse para a humanidade quando alguém salta para dentro de uma arena deliberadamente no único propósito de torturar um animal, que no fundo apenas queria ser deixado em paz?
Um animal que sofre e não compreende por que está ali.
Porque no fundo não foi o touro que lhe entrou pela casa adentro e foi o toureiro quem o foi provocar.
Ora no touro, como em todos os animais, aliás, prevalece o instinto de sobrevivência. Assim, se uma cornada estripar aquele que o martiriza, se morrer ou ficar estropiado, só teve o que mereceu.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.06.2019 às 10:22

"que partem com vantagens injustas." Bem, o touro tem dois cornos, ora se o da pega também for corno não sei onde está a vantagem injusta.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.06.2019 às 23:35

Portugal nem civismo tem, quanto mais civilização...E nem vale a pena fantasiar, porque nunca terá nem uma coisa nem outra.
O problema não tem a ver apenas com as touradas que só servem para demonstrar que neste país só há gente estúpida, porca, cobarde e vigarista. Que gosta de armar em forte com os fracos (e mesmo assim tem que se juntar em grupo, como os forcados, não vá o Diabo tecê-las...) mas que mete o rabinho entre as pernas com os fortes (que nem precisam de ser tão fortes assim e nem precisam de ser muitos pois apenas um já chega e sobeja para dar conta de vocês).
Triste se não fosse anedótico.
Sem imagem de perfil

De Josefa a 06.06.2019 às 15:52

"neste país só há gente estúpida, porca, cobarde e vigarista." Retire a palavra só. Que você se inclua no rol não estará mal, mas por favor deixe-me a mim de fora.
E não se esqueça de que por cá ainda não apareceu o nazismo. Se em Portugal não há civismo nem civilização, que dizer de outros nomeadamente da Alemanha??
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.06.2019 às 00:41

Lamento o desgosto que lhe vou dar, mas não me posso incluir nesse tal rol de que fala porque tenho a sorte de viver num país europeu civilizado (mordam-se de inveja!).
De vez em quando gosto de visitar sites e blogs portugueses para ver se as coisas evoluíram, mas a única conclusão a que chego é que devo dar graças por não ter de viver nesse país.
“E não se esqueça de que por cá ainda não apareceu o nazismo.”. Tem a certeza? Então e aquelas coisas a que vocês chamam pomposamente “a longa noite fascista de 48 anos” e “o campo de concentração do Tarrafal”? Pode argumentar que nada tiveram a ver com o nazismo, mas para o resto do mundo passa a imagem de que até nisso se revelaram pobrezinhos, cobardes e incompetentes.
Não admira que, depois, tenham que descarregar num qualquer ser indefeso, para se sentirem um pouco menos inferiores.

Comentar post


Pág. 2/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D