Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Frases de 2019 (13)

por Pedro Correia, em 07.05.19

«Se o Dr. Sá Carneiro não tivesse feito um partido, eu se calhar tinha ido para o PS.»

Rui Rio, presidente do PSD, no jantar do 45.º aniversário do partido


56 comentários

Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 10:26

Também Sá Carneiro, caso Mário Soares não tivesse sido o lider do PS, nos idos 70, e fosse de Lisboa, teria sido, quase de certeza, Secretário Geral do PS:


"Mário Soares, que lhe fechou o acesso à Internacional Socialista (onde, recorde-se, Sá Carneiro procurou insistentemente inscrever o PSD). Restou-lhe por isso a inscrição na Internacional rival da direita: o PPE."

https://www.google.com/amp/s/www.publico.pt/2018/01/14/politica/opiniao/o-horizonte-perdido-do-psd-1799261/amp
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 13:10

Moral da história: não há diferença entre PS e PSD. Tanto faz.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 13:24

É um bocado verdade, em termos ideológicos. O que distingue um de outro são sobretudo as pessoas. Mas julgo que, devido aos laços históricos com a Maçonaria, o PS tem um lado sumamente escondido e sujo.
Imagem de perfil

De João Pedro Pimenta a 07.05.2019 às 18:54

Mas olhe que é mesmo, Vorph. Muita gente aderiu a um ou outro partido por causa das pessoas que já lá se encontravam (e a Maçonaria ajudou muito a isso).
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 19:11

Eu sei João....os italianos tiveram a Máfia. Nós a Maçonaria. Basta ver a história da República Portuguesa.
Sem imagem de perfil

De V. a 08.05.2019 às 00:54

A maior diferença é que o lado provinciano do PSD tomou conta do partido durante anos os sabichões mais refinados da antiga Beira Alta andaram a afundar aquilo — o que explica a eterna soberba do PS e a arrogância de todas as esquerdas (a igualdade como se sabe é só para os que já são iguais) e o próprio auto-embezerramento que faz os tipos do PSD meterem sempre os pés pelas mãos nas alturas-chave.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 07.05.2019 às 16:33

Alberto João Jardim concordaria consigo. Ele considera(va) o PSD como um partido social-democrata.
José Sócrates também concordaria. Ele esteve no PSD antes de se passar para o PS.
Sem imagem de perfil

De V. a 08.05.2019 às 00:46

E eu também concordo com ele: há um lado sumamente escondido e sujo no PS.
Sem imagem de perfil

De Bea a 07.05.2019 às 11:11

ele e mais gente. Onde é que se encaixavam os psdês, não direi todos mas muitos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 13:21

Eu sei onde encaixaria o doutor Rio: na próxima lista autárquica em Viana do Castelo. Pelo PSD ou pelo PS, vai dar no mesmo.
Imagem de perfil

De Cecília a 07.05.2019 às 11:35

Se o Dr. Sá Carneiro não tivesse morrido, ele se calhar tinha ido para o PS
Imagem de perfil

De Cecília a 07.05.2019 às 13:38

o que eu quis dizer é que o PSD morreu quando Sá Carneiro morreu.
não existe social democracia no PSD. por isso o Rui Rio e muitos outros passeiam por lá.


por motivos pessoais não tenho tempo algum para ir / ver cinema. com muita pena minha mas as filhas valem o sacrifício cultural. sei que era muito comentada (achincalhada) a relação dos dois - aliás, tudo o que não interessa é comentado até ao desgaste neste país -. Agradeço à Snu a Editora D. Quixote. E é pena não termos mais pessoas como Sá Carneiro ou Natália Correia.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 16:39

Já não existe social-democracia no PSD. Nem em lado algum.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 07.05.2019 às 16:55

Vão sobrando uns restos no BE, na France Insoumise, no Die Linke, no Syriza, no Podemos, .... os seus programas eleitorais são todos essencialmente à direita dos programas do SPD, PSF, PS dos anos 70. Foi cá uma guinada à direita!...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 17:08

O último partido socialista europeu que podia intitular-se social-democrata era o francês, hoje ligado à máquina, em estado comatoso. Ao renegarem o marxismo - matriz da social-democracia clássica - os sociais-democratas descafeinaram-se, ficando a meio da ponte, nem cá nem lá. Vários, como Blair ou Schroeder, saltaram para a outra margem, abraçando sem peias o liberalismo. Não por acaso, Macron foi ministro da Economia na presidência Hollande.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 18:20

Meu caro, deixemos os nomes, dos partidos, de fora:

1)Estado Social - Pensões, Reformas,Subsidios de Desemprego, de Doença...
3)Sistema Nacional de Saúde tendencialmente gratuito e Universal.
4)Escola Pública tendencialmente gratuita.
5) Lei Laboral que proteja Direitos elementares do trabalhador
6) Impostos sobre o Rendimento Progressivos
7)Aumento dos impostos sobre as mais valias derivadas de Produtos Financeiros ( ex: Acções), ou sobre qualquer Património mobiliário não derivado do Trabalho - ex: Rendas - com a consequente diminuição dos Impostos sobre o Rendimento/ Trabalho.


Enquanto houver Partidos e Eleitores que pensem como eu a Social Democracia estará vivinha da silva....
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 18:24

Mas só a social-democracia assegura isso?
Está muito enganado.
A menos que Bismarck - o fundador do que hoje chamamos "Estado Social" - tivesse sido social-democrata.
E os democratas-cristão do pós-guerra em Itália e na Alemanha talvez, no fundo, fossem sociais-democratas também.
Nesse caso quem está enganado sou eu.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 18:49

8)Diminuição da Carga Fiscal para as Empresas Tecnológicas/ Alto Valor Acrescentado Nacionais/ Internacionais - ex: Farmacêuticas, Biotecnológicas... (impostos zero)
9)Combate à Precariedade Laboral.
10) Acabar com as Regalias Fiscais das Fundações comprovadamente sem interesse social/ cientifico.
11) Acabar com Vistos Gold e fomentar no Plano Internacional a proibição dos Paraísos Fiscais, com o argumento do Combate ao Terrorismo e outras Actividades ilicitas.
12) Plafonamento de salários e pensões Máximas ( Salários acima de 1 milhão de euros anuais deveriam ser permitidos apenas, nas Empresas, pelo aumento da redistribuição de uma % x dos dividendos/lucros pelos trabalhadores, ou em investimento na própria empresa)......


Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 19:10

O que é isso? A lista dos deveres? Um caderno de encargos? Uma lista de compras? O guião do próximo programa do Ricardo Araújo Pereira?
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 19:55

Está bem esgalhado, ou não? Ao Pedro já sei o lugar que lhe atribuíria. Fácil. Agora ao jpt ainda ando às voltas.... Quero ter decididamente o nosso Homem connosco, mas sem lhe causar grandes preocupações, por causa da vesícula. Ainda pensei nas Relações Externas, mas eramos capazes de ficar sem relações e só com Ralações....e a tropa é fraca, Pedro.
.......
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2019 às 19:19

"Sistema Nacional de Saúde tendencialmente gratuito e Universal." Sistema ou Serviço? Se for Sistema (com as conotações que por cá tem) não joga muito bem com o tendencialmente gratuito.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 22:08

Sistema, ou Serviço, desde que o pobretanas, do je, não morra por falta de status...que isto dos Seguros é uma grande fraude...chega aos 60 anos e paga 100€, ou mais por mês, com plafond incluído….os Seguros são bons para os saudáveis….é como as PPPs...o risco fica sempre de fora, no Estado.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 18:22

O Liberalismo não é um Sistema de Pensamento Económico. É muito mais....sou Social Democrata e Liberal
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 18:26

O liberalismo, como bem diz, é muito mais do que pensamento económico. Quando se reduz à economia, é neoliberalismo.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 19:08

Não. Por acaso não concordo. O Neoliberalismo é um tipo de Anarquismo Económico/Capitalista (Mises, Hayek), onde não existem Principios senão um tipo de libertanismo delirante. O Liberalismo obedece a Principios emanantes da própria Democracia. O Liberalismo não é anti-Estado Nação, o Neoliberalismo é-o ( Hayek nunca esqueceu que foi o Estado, Austriaco, que o obrigou a ir para a Guerra...)

O Problema do Neoliberalismo é que substitui a "tirania" do Estado, pela da "Corporação". O final lógico do Neoliberalismo é a criação de conglomerados corporativos ( muitas marcas na mão de poucas empresas/grupos) e o estrangulamento da virtude canónica capitalista - a livre concorrência. A sociedade acabada do neoliberalismo é uma de trabalhadores e não de proprietários. O Neoliberalismo é assim um Socialismo de Mercado

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2019 às 20:24

O liberalismo económico no passado recente poderia sim ser considerado de socialismo de mercado no entanto já passámos essa fase há muito tempo, desde 2007/2008 chama-se neo-comunismo.
O Pedro Correia tem um escrito da rúbrica "penso-rápido" onde sintetiza claramente o que ele e muitos outros que estão no "comando desta UE" pensa da social-democracia, aliás só facto de numa resposta acima tentar colar o marxismo há social democracia mostra bem o estado de confusão / desespero em que os neoliberais (neo-comunistas) estão.


WW

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 23:46

Eu estou "no comando desta UE"? Uau, WW, grande novidade me conta.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.05.2019 às 01:09

Não está mas aposto que gostava de estar...

WW
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 12:24

"Se todos temos de estar agradecidos a Sá Carneiro, eu tenho de estar duplamente agradecido, porque se o Dr. Sá Carneiro não tivesse feito um partido, eu se calhar tinha ido para o PS e vejam lá o que me tinha acontecido. Fez um partido e livrou-me de semelhante coisa", concluiu.

Pedro, as coisas transcritas e não ouvidas podem perder algum do seu sentido estilistico, como por exemplo a ironia.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 13:23

Ironia e Rio não combinam. As coisas são o que são.
Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 07.05.2019 às 13:17

Mas se calhar, se o Dr Sá Carneiro estivesse vivo, o RR já edtava no PS
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 13:22

Haja esperança. Um dia chegará lá.
Sem imagem de perfil

De Antonio a 07.05.2019 às 13:51

Descontextualizar e truncar a frase para lhe dar outro significado, é feio! O Dr. RRio provoca mesmo muita urticária na capital do império! Porque será? Três ministros em três telejornais, à sexta, o PM à 2a em entrevista tipo Daniel Oliveira, e em modo “o que dizem os seus olhos”, diz bem de como anda o jornalismo neste país. E a preocupação dos jornalismo é continuar a desvirtuar o que é dito? Volta Sócrates, estás perdoado!
Antonio Tomé
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 16:38

Rio deve provocar muita urticária, sim. Mas no próprio PSD, onde não faltará quem abra a boca de espanto por ter um "líder" que admite que poderia ter sido militante do PS.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2019 às 17:04

Caro Pedro Correia,
O PSD até já teve lideres que passaram, um pelo MRPP e outro pelo PCP. Descubra quais...
Rui Rio foi sempre do PSD!!!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 23:49

Sá Carneiro e Balsemão passaram pela Ala Liberal pré-25 de Abril.
Emídio Guerreiro passou pela Luar pré-25 de Abril.
Barroso passou pelo MRPP.
Passos Coelho passou pela JCP.

Um partido arco-íris.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2019 às 20:10

É o "jornalismo" de hoje e de sempre o problema é que agora têm concorrência e não gostam, tanto não gostam que se esforçam ainda mais para baixar o "nível".

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 23:54

Rui Rio gosta de liderar um partido de vocação nacional, como o PSD, a partir do eixo regional Porto-Viana. E de lá quase não sai.
Ainda não percebeu que para se impor ao País tem de atravessar o Douro.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2019 às 15:52

O Pedro Correia sempre com o teclado pronto para sacar do contexto as declarações de Rui Rio e de quem o apoia.
É pena que os milhões de anónimos que irão votar no PSD nas legislativas não caibam neste blog.
Os xuxas estão apavorados porque irão ter mais uma derrota e provavelmente terão de fazer um mortal á rectaguarda e aliar-se novamente á esquerda "revolucionária" e levar Portugal a uma nova bancarrota atendendo á crise económica que se avizinha.

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 16:37

Rio é, sem dúvida, um bom candidato. À Câmara Municipal de Viana do Castelo.
Contará com o meu apoio.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.05.2019 às 17:51

Seria melhor para a Câmara Municipal de Viseu mas Portugal tem prioridade e os jardins são efémeros...porque não existe quem trate deles, já nem adianta falar do resto, quem tem visitado e quem cá vive sabe do que falo.

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 23:50

Viseu está bem entregue, com António Almeida Henriques.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.05.2019 às 01:03

Pois , pois a maçonaria sabe que sim...

WW
Imagem de perfil

De João Pedro Pimenta a 07.05.2019 às 18:58

É daquelas coisas que fazem sentido (em 1974, houve quem aderisse a um ou outro partido por causa de quem estava já lá; alguns nomes são surpreendentes), e que se podem contar em off no fim de um jantar, a recordar velhos tempos políticos, mas que ditas em voz alta podem ser fatais.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 19:16

João o único Partido ideologicamente coerente nos pós 25 de Abril foi o CDS. O resto, uma parte importante, andava com o socialismo na boca por conveniência ( ainda gostava de saber quantos comunistas foram informadores da PIDE...aquela pressa em queimar os registos....)
Imagem de perfil

De João Pedro Pimenta a 08.05.2019 às 17:36

Da Pide não sei, mas da Legião...
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 08.05.2019 às 22:05

O meu avó era militar Legionário
Imagem de perfil

De Corvo a 07.05.2019 às 19:56

Depois deste debate, se bem compreendi cinge-se a isto.
A verdadeira ideologia resume-se de que lado está o tacho mais vantajoso.

Dos vossos altos castelos e torreões
inexpugnáveis fossos e paredões
Imploramos nós, míseros, ó nobres barões
por vossos dejectos, nossas precisões.

Em todo o caso, nada que uma missa de jeito e futebol a preceito não compense.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 07.05.2019 às 22:05

Quando escreve tamanha prosa poética, imagino-o de olhos quietos, rimando, ao lume de um cachimbo...e o Douro lá ao fundo….
Imagem de perfil

De Corvo a 08.05.2019 às 01:46

Completamente desfasado da realidade.
Numa correria entre a cozinha e cá a fazer uma tarte de maçã e limão para uma encantadora Princesa de quinze anos, que no delicioso jeitinho feminino de mandar sem pedir, se lembrou:
- Ai vú. A tua tarte de maçã do Domingo estava uma delícia.
- Está bem, amorzinho: esta ainda vai estar melhor.
Eu sou lá homem de cachimbo.
Imagem de perfil

De Vorph "ги́ря" Valknut a 08.05.2019 às 10:32

Falava num cachimbo sem realmente falar num cachimbo, ao estilo Magritte. O Corvo, uma reencarnação de Gandalf, o Branco. O Cachimbo, alegórico a uma Sabedoria hermética.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 07.05.2019 às 23:44

Depois da experiência autocrática da mãozinha fechada, a proposta do PPD/PSD do Dr. Sá Carneiro era fantástica e irrecusável do ponto de vista da democracia e dos ideais de Abril. Mas atenção que me refiro não aos ideais de 24 ou 26, mas aqueles que moveram a revolução de 25 e nos deram a liberdade.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.05.2019 às 23:51

Antes os dedos abertos do que a mão fechada. Ou que o braço estendido.
O gesto que Churchill imortalizou.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D