Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Frases de 2018 (37)

por Pedro Correia, em 06.10.18

«As feministas não têm de deixar de ser femininas.»

Maria Rueff, em entrevista ao Observador 


18 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.10.2018 às 19:07

As feministas são o que bem lhes apetecer. É nisso que o feminismo consiste. É claro que este é um raciocínio demasiado complicado de acompanhar por parte de muitos misóginos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.10.2018 às 19:28

Enquanto não saíres do armário ninguém te leva a sério.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.10.2018 às 19:58

Não surpreende absolutamente ninguém que o Pedro Correia seja homofóbico. A si é que duvido que o levem a sério.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.10.2018 às 20:00

Sais do armário quando recuperares o nome, filho de um calhau incógnito.
Sem imagem de perfil

De Rui Henrique Levira a 06.10.2018 às 22:56

Em termos de munição de caça grossa ele há gostos para tudo: .300 Winchester; 7.65 mm; .338 Lapua Magnum; 357 SIG... e um sem fim de opções.
Quando abre a caça ao herético dissidente do rebanho do politicamente correcto, as opções, em termos de munição, são de uma pobreza confrangedora: os carregadores vão cheios de "misógino", "homófobo", "transfóbico".
Felizmente, ainda cá não chegámos à eficácia cinegética já atingida em outras latitudes: com um tirinho apenas acaba-se com a vida, a carreira e a família dos novos deicidas que fazem pipi fora do penico do politicamente correcto. Valha-nos, até ver, isso.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 09.10.2018 às 14:45

"As feministas são o que bem lhes apetecer. É nisso que o feminismo consiste. É claro que este é um raciocínio demasiado complicado de acompanhar por parte de muitos misóginos."

É mais Marxistas que misóginos , são as próprios auto intituladas Feministas que têm uma opinião restritiva de como deve ser a "classe social" Feminista.

Veja-se a opinião das ditas sobre Camille Paglia por exemplo...

Ou como o New York Times nos veio dizer que as mulheres brancas são traidoras de classe: https://www.spiked-online.com/2018/10/08/hating-white-women/
Sem imagem de perfil

De Pedro a 06.10.2018 às 19:18

O que é ser-se mulher? O papel atribuído /seguido pelas mulheres é resultado de uma cultura de predomínio masculino (pois é do homem o Poder ) ou de características naturais intrínsecas à mulher? A neurociência inclina-se para a segunda hipótese. A sociologia para a primeira. E resultante do embate a neurociência é vista como reacionária
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 06.10.2018 às 21:51

É absolutamente verdade, Pedro.
O bom senso e o bom gosto têm sido constante tema de polémica ao longo da história da humanidade. E se os homens e as mulheres ganharam o direito de pensar em liberdade, que não adulterem nem corrompam essa mesma liberdade em nome de um qualquer fundamentalismo. A liberdade dá direitos mas acarreta deveres e o principal é o de analisar FACTOS em sã consciência.
Imagem de perfil

De Sarin a 07.10.2018 às 02:29

Tal como os feministas não têm de deixar de ser masculinos, independentemente de orientações sexuais ou de opções de sexualidade.

Porque ser feminista é não "ter que" absolutamente nada relacionado com o género, apenas com o indivíduo que se exige paritariamente de pleno direito.
Sem imagem de perfil

De Afonso Coelho a 07.10.2018 às 10:33

"Porque ser feminista é não "ter que" absolutamente nada relacionado com o género, apenas com o indivíduo que se exige paritariamente de pleno direito."
Quero ser feminista mas não consigo devido a não perceber a definição.
Imagem de perfil

De Sarin a 07.10.2018 às 12:31

Pode começar por pedir explicação em vez de assumir um tom condescendente - que, na verdade, diz mais da sua incapacidade que da minha.
Sem imagem de perfil

De E. Monteiro a 07.10.2018 às 15:30

Deixem-me ser provocatório, retoricamente.

Eu gosto é de feministas apostadas em queimar livros e que pretendem impedir que os rapazes (vd. dicionário etimológico) joguem futebol durante os recreios nas escolas, preferindo antes a prática do ballet, por ser mais inclusivo.

É mesmo aqui ao lado, para lá de Vilar Formoso, havendo que procurar, que o link ficou perdido nas entranhas de computador defunto.
Sem imagem de perfil

De Rui Henrique Levira a 07.10.2018 às 18:43

Dê-me licença, por favor, de juntar o meu grão de areia provocativo ao seu comentário: entre as graves acusações feitas ao "violador em série" Kavanaugh constava o extraordinário crime de gostar "demasiadamente" de cerveja...
Este Mundo será perfeito quando a rapaziada - muito inclusivamente, claro está - vestir invariavelmente de cor-de-rosa, deixar-se de futeboladas, nem pensar (Abrenúncio!!!) em saídas de caça ou de pesca e beber exclusivamente chá de camomila enquanto discute o último penteado da Madona.
Imagem de perfil

De Sarin a 07.10.2018 às 19:20

A primeira vez que vi Cristiano Ronaldo jogar, exclamei "o puto dança com a bola!"
Durante muito tempo chamei-lhe "O Bailarino" - e ainda acredito que poderia ter sido Nureyev e Barishnikov num só corpo de CR. Quis a sorte que, na altura, nos recreios só se jogasse futebol...


Nos muitos anos em que pratiquei, apenas tive um colega bailarino - que no primeiro ano desistiu por pressão dos pares, i.e, dos putos de 8 anos.

Não é preciso proibir o futebol nem obrigar ao bailado. Basta que às artes e aos desportos não os determinem por género.

Quanto à queima de livros, só confirma que essas senhoras confundiram o Feminismo com algum extremismo no caminho.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 08.10.2018 às 09:30

O que é "ser feminina"?
A mim parece-me que uma mulher é sempre feminina, por definição. É do sexo feminino, acabou-se. E para o comprovar basta olhar-lhe para os órgãos sexuais. Se tem órgãos sexuais femininos, então é feminina. Quer seja feminista quer não seja.
Imagem de perfil

De Sarin a 08.10.2018 às 17:18

Não, não basta. Primeiro tem de pedir licença.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 09.10.2018 às 21:42

Ah falta a aprovação do Politburo da Classe Social Feminina, ou será a autoridade religiosa da Irmandade Feminina?

Já sabia, veja-se o rastejar da autora do Monólogos da Vagina:
https://www.theguardian.com/world/2015/jan/16/vagina-monologues-eve-ensler-rejects-mount-holyoke-college-claims-reductionist-exclusive
Imagem de perfil

De Sarin a 09.10.2018 às 22:32

Rastejar? Nunca a ouvi definir mulher como indivíduo com vagina - vi-a defender o direito de cada mulher ter, usar ou falar da sua vagina sem medos e sem pressões. Ouço-a dizer tal há anos, voltei a ler-lho agora.


Ambos sabemos que o luck tem uma peculiar forma de interpretar as coisas, mas antes de entrar na explicação da estratégia marxista que pretende destruir a matriz da nossa ocidental sociedade e de como estes movimentos lgbcdefghijklmnopqrst fazem parte de tal estratégia, peço-lhe encarecidamente que releia (leia?) o artigo que facultou.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D