Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fiquei embasbacado

por jpt, em 27.01.19

7705937.png

 

Abaixo coloquei um postal meio a gozar com isto de Costa andar a fazer propaganda do programa televisivo no qual, quando só era presidente da câmara, foi avençado - isto de políticos em exercício de funções servirem de comentadores tem imenso que se lhe diga, mas enfim, acaba por ser coisa pouca no país do crédito da CGD .... 

Apareceram-me anteontem três comentários nesse postal aludindo à cor da pele do PM. Achei de imenso mau gosto, para além de virem a despropósito, e até de "má onda" para este blog - criticar alguém sim, surfar a patetice racista nunca. Por isso apaguei-os, pura e simplesmente. Só agora, já domingo, leio dos dislates do PM sobre a sua cor da pele. Não é o pior que ele já disse - nada ultrapassará o abjecto e execrável "não me faça rir" depois das dezenas de mortos nos fogos. Mas é vergonhoso.

Peço desculpa aos comentadores aos quais apaguei os tais comentários, obviamente glosavam a patetice ordinária e demagógica do PM que temos. E, se calhar, merecemos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Clara N. a 27.01.2019 às 14:29

Claro que merecemos é o que me surge no pensamento depois de ler o seu post.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.01.2019 às 17:52

Por mim, tranquilo
De qq modo, su casa, sus regras.
Sem imagem de perfil

De jo a 28.01.2019 às 10:16

Está a dizer que em certas circunstâncias comentários racistas sobre o PM são aceitáveis.
Já o PM ser suscetível a comentários, tomando-os por racistas, é completamente inaceitável.
Não estará a ser demasiado suscetível?
Imagem de perfil

De jpt a 28.01.2019 às 11:10

1. Pode dar essa sensação mas não. Pois os comentários não eram explicitamente racistas (não os recordo com detalhe) eram suavemente jocosos e apenas aludiam à cor da pele de António Costa. Fiquei surpreso, vinham a despropósito do teor do postal (pudera) e seguiram-se, num registo excêntrico ao habitual - e uma das coisas boas do poder de Costa (pelo menos há esta) é que por mais críticas que se lhe façam o argumento racial não é utilizado, pelo menos em público, o que é um barómetro do que a opinião pública considera aceitável nestas questões, mostrando alguma evolução das mentalidades.
Ou seja, eu interpretei os comentários como se fossem demonstração de racismo. Eram apenas jocosas referências às palavras de Costa
2. Costa não foi susceptível a comentários. Respondeu estuporadamente a uma questão pertinente de uma líder política num debate parlamentar. São coisas completamente diferentes. Usando a desabrida resposta para implicitar racismo alheio. Jogou a "race card", de uma forma vil (como sempre esta é jogada) e despropositada.
Sem imagem de perfil

De jo a 28.01.2019 às 11:57

Em casos em que não há uma marca muito forte, a classificação dos comentários depende sempre da interpretação que lhes damos.

Não vi os comentários em questão mas "ser levemente racista" parece ter a lógica da frase "estar ligeiramente morto".

A pergunta de Assunção Cristas é legítima, embora pateta. Perguntar a um qualquer primeiro ministro se apoia a polícia em geral, só pode ser entendido como pergunta retórica. A não ser que se esteja a referir a um caso concreto sobre o qual ainda correm inquéritos, e nesse caso é extemporânea.

Não me parece assim tão abusivo considerar que a pergunta foi feita só para incomodar, não pretendia uma resposta que se sabe ser impossível ou trivial. Assim ficar incomodado porque a resposta a uma pergunta sem sentido tem pouco sentido é estranho.
Imagem de perfil

De jpt a 28.01.2019 às 12:25

Está a fazer finca-pé comigo, e isso leva apenas à desconversa. Claro que há graus de racismo (desde o pérfido paternalismo, "coitadinho, temos que ajudar porque é pretinho", tão mais usual do que se diz, até aos linchamentos vai um abismo enorme). Insisto, os comentários não tinham nada de insultuoso a não ser referirem a cor da pele do homem (tipo "o jpt está mesmo pálido aí em Bruxelas"). Eu, desconhecendo a diatribe parlamentar do Costa, é que os julguei emanados de um preconceito racial. Eram meras "bocas" ao PM.
Cristas fez uma pergunta retórica? Capciosa? "Chateadora"? Inútil? É provável, os debates parlamentares, em particular com o governo, são muito para inglês (o telespectador) ver, vácuos - acho que já bloguei sobre isso. Mas fez essa pergunta, provavelmente desnessária ou mesmo vã. Não a fez a um homem com um determinado fenotipo. A resposta de Costa é vil, aventa (e nisso invectiva) o racismo alheio. Não querer ver isso é mesmo querer defender o PM a todo o custo. E para contrapor a isso haverá mais pacientes do que eu.
Sem imagem de perfil

De jo a 28.01.2019 às 13:10

Tudo o que diz é verdade. Não foi um momento alto da retórica parlamentar.
Continuo sem perceber é a estrema sensibilidade para com uma frase em que se levanta a hipótese de alguém ser racista, sobretudo em confronto com a habitual apatia frente a afirmações que são muitas vezes racistas.

Parece que podemos ser racistas, moderados pelo menos (seja lá isso o que for). Não podemos é em caso algum acusar alguém de ser racista, mesmo racista moderado.

Pelo menos, ainda vamos tendo a má consciência.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.01.2019 às 19:20

O Costa deve sofrer muito com racismo, deve.
Mais discriminado é um caucasiano da couva da moura, que um negro da Lapa.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D