Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Europeias (14)

por Pedro Correia, em 22.05.19

3290816_aWQWl.jpeg

 

CINCO EM DEBATE

 

Anteontem à noite, a RTP voltou a fazer um debate com cabeças de lista às europeias do próximo domingo. Desta vez circunscrito aos representantes dos cinco maiores partidos parlamentares. Este debate voltou a ser (bem) conduzido por Maria Flor Pedroso.

Fica um resumo do que lá se disse, seguidos de breves anotações minhas.

 

João Ferreira (CDU)

Frases

«Há imensos aspectos positivos que decorrem destes 30 anos [de integração europeia]. É evidente que é positivo que possa existir uma liberdade de circulação de cidadãos e de possibilidades de mobilidade dos estudantes no espaço europeu, é positivo que haja maior proximidade entre Estados.»

«[Nestes 30 anos] 400 mil explorações agrícolas portuguesas fecharam portas, 700 mil hectares de superfície agrícola útil deixaram de ser cultivados. Isto teve como consequência um défice agro-alimentar que hoje andará na casa dos 3 mil milhões de euros/ano.»

«Cerca de 50% da nossa frota pesqueira foi abatida. Hoje, apesar de termos uma das maiores zonas económicas exclusivas de toda a UE, dependemos em cerca de 70% de pescado que é importado, capturado por outras frotas.»

Positivo

Foi convicente, sobretudo ao pronunciar-se sobre as questões das pescas e da agricultura. Sabe falar em nome próprio, deixando por vezes de lado o característico "nós" impessoal do PCP. Mostrou-se seguro, domina bem os temas europeus e fica bem de gravata: parece encontrado o sucessor de Jerónimo como secretário-geral do partido da foice e do martelo.

Negativo

«Nos últimos anos Portugal teve o investimento público esmagado», reclamou. Como se o PCP não tivesse aprovado sem pestanejar os últimos quatro orçamentos do Estado, que ditaram todos esses cortes.

 

Marisa Matias (BE)

Frases

«Não concordamos com o PS em questões europeias.»

«Um dos combates da nossa vida é o combate às alterações climáticas.»

«A União Europeia transformou-se numa espécie de paraíso para uma política fiscal completamente injusta, numa espécie de câmara oculta em que alguns países se permitem confiscar a base fiscal dos outros.»

Positivo

Consegue dirigir-se às pessoas em geral e não apenas aos nichos de convertidos. Fala sem chavões, com naturalidade. E mostra humildade democrática quando alude aos eleitores: «Não somos donos dos votos das pessoas.»

Negativo

Sente visível incómodo sempre que se aborda a questão do sistema monetário europeu, designadamente quando lhe recordam anteriores posições do Bloco em defesa do fim da circulação do euro em Portugal, optando por fórmulas vagas e meramente retóricas, de modo a contornar estas contradições: «Se tivermos de escolher algum dia entre a moeda e as pessoas, escolheremos as pessoas.» Devia poupar mais a voz.  

 

Nuno Melo (CDS)

Frases

«É impossível falarmos neste projecto [de integração europeia] sem falarmos na paz. A nossa geração é a primeira que foi poupada a uma guerra.»

«85% do investimento público [em Portugal] é possível apenas apenas por causa do dinheiro da UE.»

«Portugal não converge com a UE desde 2016, somos o terceiro país mais pobre da zona euro, somos o sétimo país mais pobre na UE, em 2017 fomos ultrapassados pela Estónia e pela Lituânia, em 2018 fomos ultrapassados pela Eslováquia, e as previsões da Comissão apontam que vamos ser ultrapassados pela Polónia.»

Positivo

Lembrou a colagem dos comunistas ao regime despótico de Caracas: «Nunca votei com o PCP [no Parlamento Europeu] a favor do regime ditatorial da Venezuela.» E deixou claro que se opõe a qualquer tentativa de retirada do direito de veto a Portugal na Comissão Europeia, sem confundir europeísmo com federalismo.

Negativo

Exibe por vezes um ar sarcástico que facilmente pode confundir-se com desrespeito pelos adversários. Soa a demagogia proclamar a palavra de ordem «plásticos zero» - ainda por cima num estúdio televisivo onde não faltava material plástico.

 

Pedro Marques (PS)

Frases

«O acesso à água e ao saneamento [em Portugal] são grandes adquiridos do processo de adesão europeia.»

«Nós hoje somos uma sociedade completamente diferente do ponto de vista da participação das mulheres na sociedade e no mercado de trabalho.»

«É desrespeito pelo voto dos portugueses falar em voto fútil.» (Para Paulo Rangel)

Positivo

Conseguiu passar a mensagem de que o comissário europeu Carlos Moedas, que foi secretário de Estado adjunto de Passos Coelho no Executivo PSD, fez rasgados elogios ao Governo socialista em geral e ao primeiro-ministro António Costa em particular, transformando essas declarações em trunfo eleitoral do PS.

Negativo

Ficou associado à redução de 7% dos fundos de coesão para Portugal por ter exercido essa área ministerial até há poucas semanas. Caso se confirme tal corte, isso equivale a menos 1,6 mil milhões de euros para os nossos cofres públicos. Para aproximar os países mais débeis economicamente dos países mais ricos. Enquanto vários países são beneficiados com o reforço dessas verbas: mais 5% para a Finlândia, mais 6% para Itália, mais 8% para a Bulgária e a Roménia. Pareceu pouco convincente na tentativa de rebater tais alegações.

 

Paulo Rangel (PSD)

Frases

«É benéfico [o PSD apresentar-se sozinho nas urnas, sem o CDS].»

«Há um país antes da integração europeia e um país depois da integração.»

«Pedro Marques é o recordista das manipulações. No Polígrafo já foi desmentido seis vezes.»

Positivo

Não hesitou em fazer reparos críticos à «incapacidade» das instituições de Bruxelas em  reformar a união economica e monetária - e em particular ao facto de «não termos conseguido concluir a união bancária». Acentuou que o balanço da integração é «negativo no nosso sector pesqueiro e na indústria que lhe estava associada» devido às «perdas que ainda não foram recuperadas».

Negativo

Olha quase sempre de frente para as câmaras, ignorando quem está em estúdio: isto confere-lhe uma imagem de arrogância. Apertado por Pedro Marques, viu-se forçado a pedir desculpa por ter feito alusões ao «voto fútil» noutros partidos. 


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D