Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estátuas dos nossos reis (67)

por Pedro Correia, em 01.11.18

Dinis odivelas.jpg

image;s=1280x1024;q=80[1].jpg

 

 

D. Dinis (1279-1325)

 

Autor: Luís LaRoche

Ano da inauguração: 2009

Localização: Odivelas, Praça 25 de Abril

Autoria e outros dados (tags, etc)


17 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.11.2018 às 16:32

Agrada-me esta ideia de Dom Dinis, sentado a ler um livro.
O facto de Luís LaRoche ser um pintor e escultor de mobilidade reduzida torna ainda mais meritório o seu trabalho.
Maria
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.11.2018 às 20:00

Meritório, sem dúvida.
Imagem de perfil

De Sarin a 01.11.2018 às 23:46

Desconheço o autor, logo desconheço a obra e as condicionantes na sua criação - embora conhecer estas apenas me sirva para contextualizar o esforço e o mérito do artista, não o mérito da obra. Mantenho a opinião que expressei abaixo, mas vejo o esforço da criação de outra maneira. :)


Maria, sabe se é em pedra ou em bronze? Parece-me pedra polida, mas não consigo perceber.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.11.2018 às 09:21

Eu sei muito pouco, e só descobri que ele estava a ler um livro (penso eu) quando vi uma foto de perfil da escultura.
Pesquisei e encontrei coisas muito antigas de 2007 e 2008, parece que nessa altura ele estava muito doente...
Eu não tenho computador e não é fácil fazer pesquisa num smart, é tudo muito pequenino.
Ele pintava e fazia esculturas - vi uma "mulher árvore" que me pareceu interessante. As esculturas parecem-me pequenas, mas a desta rotunda tem de ser grande. Gostava de saber mais, talvez alguém nos possa esclarecer...
Mas, repito, gostei do conceito do nosso Dinis, sentadinho, a ler um livro.
🍁
Maria
Imagem de perfil

De Sarin a 02.11.2018 às 10:34

Não a apreciei na fotografia de grande plano, a cabeça de El-Rei e a quadratura dos ombros não me agradam... mas na foto panorâmica acho o resultado muito bom, e classifico-a, à estátua, como pouco óbvia (o que é um elogio).

Recordo um trabalho artístico em que se vê um monte de resíduos sólidos urbanos (latas, papel, cao maçã, etc) e apenas quando se olha a sombra se percebe a obra. Neste caso, a distância transforma um bloco que não percebo num rei poeta. Talvez uma alegoria à poesia de D. Dinis, na época uma indulgência real e hoje obra de estudo (ainda é, suponho...).
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 02.11.2018 às 12:29

não é fácil fazer pesquisa num smart, é tudo muito pequenino

Hoje em dia toda a gente tem smart, mas eu acho que deve ser muito incómodo. Porque o smart é grande de mais para se meter num bolso, mas pequeno de mais para que se possa ver nele seja o que fôr sem se pôr óculos.

Pretende-se agora que toda a gente tenha smart, sem ter em conta que a maior parte das pessoas a partir de certa idade tem problemas nos olhos e não consegue ver coisas muito pequenas ao perto.
Imagem de perfil

De Sarin a 02.11.2018 às 18:05

Deixe lá, Luís Lavoura, há novos sem problemas nos olhos que tudo fazem pequenino.
Já o smart no bolso não me chateia, o que me chateia são os não smart por aí.
Imagem de perfil

De Sarin a 01.11.2018 às 17:08

Não aprecio o estilo, visto de perto - acho mesmo desarmonioso.

Mas funciona muito bem à distância! Um caso em que a perspectiva altera radicalmente a mensagem :)
Não conhecendo a rotunda em causa, desejo que seja ampla - para dificultar a vida aos peões e destacar este D. Dinis. Se em pedra ou bronze, não percebo.

Terá o modelo para a cabeça sido a rainha do xadrez?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.11.2018 às 20:01

O leitor Lavoura encontra aqui motivo para resmungar de novo.
Imagem de perfil

De Sarin a 01.11.2018 às 22:16

Então, Pedro, entre tantos reis excomungados e comentadores em processos de excomunhão vários, de alguém terá que ser o Reino dos Céus - e qual é a riqueza em debates? :)


Seriamente, Luis Lavoura é como um jogo de batalha naval - tiros na água e de quando em vez afunda porta-aviões. Deixe-me lá ir espreitar se este barquito de um cano foi atingido ;)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.11.2018 às 18:20

Pedro, todos os motivos são bons para o Lavoura remungar, desde a altura da Rainha Santa Isabel até ao smart da Maria...
Fazer o quê?
Talvez rir 😄
Maria
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.11.2018 às 21:36

O Lavoura acredita que o tamanho conta, Maria. E que as estátuas se medem aos palmos.
Sem imagem de perfil

De Bea a 01.11.2018 às 23:38

Não me apraz este senhor rei. Mesmo sendo leitor. Mas há-de haver quem goste.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.11.2018 às 21:38

Um estilo peculiar, sem dúvida.
Sem imagem de perfil

De sampy a 02.11.2018 às 11:10

Só para lembrar que a grande homenagem de Odivelas ao Rei lavrador, tratou ele mesmo de a fazer, ao fundar aí o mosteiro onde quis ser sepultado.
E que é tutelado do exterior pela bela obra de Álvaro de Brée.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.11.2018 às 17:09

Álvaro de Brée que de certeza estará aqui quando chegarmos ao D. Duarte.
Maria
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.11.2018 às 21:37

É sim, senhor. Cumpre sublinhar isso.

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D