Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estátuas dos nossos reis (165)

por Pedro Correia, em 07.02.19

DSC_0017_resize_107[1].jpg

capa_16393[1].jpg

 

D. José (1750-1777)

 

Autor: Joaquim Machado de Castro

Ano da inauguração: 1775

Localização: Lisboa, Praça do Comércio (Terreiro do Paço)


10 comentários

Sem imagem de perfil

De xico a 07.02.2019 às 19:34

Esta e a do marquês, as mais belas estátuas de Lisboa. Para os piores se ergueram as mais belas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.02.2019 às 20:34

Provavelmente a mais bela estátua de Rei existente em Portugal. Seguida da de D. João IV em Vila Viçosa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.02.2019 às 21:48

Curiosidade: os estudos para o cavalo foram feitos em Alter.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.02.2019 às 16:53

Não admira que seja uma das estátuas equestres mais admiradas do mundo.
Imagem de perfil

De Luís Menezes Leitão a 08.02.2019 às 08:53

A meu ver é uma estátua disfarçada ao Marquês de Pombal, que surge no dístico do frontíspicio. O cavalo do rei pisa cobras, que são os jesuítas que o Marquês mandou expulsar. O dístico do Marquês foi retirado aquando da Viradeira, só tendo sido recolocado cem anos depois. Décadas mais tarde, fez-se a verdadeira estátua ao Marquês, a maior de Portugal dedicada a um homem (o Cristo-Rei não conta). Nunca se sabe como a História julgará alguém.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.02.2019 às 16:54

Sim, Luís, essa tese faz sentido. Aliás o monarca recusou assistir à inauguração da estátua, o que não deixa de ser curioso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.02.2019 às 10:41

Belíssima a estátua, magnífico o enquadramento;
melhor seria impossível.
Quanto ao merecer ou não, certamente não foi o primeiro nem será o último a ter o que não merece.
Fica a obra de arte.

Maria
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.02.2019 às 16:56

Sim, Maria, houve outros reis bem piores que D.José, o "Reformador".
Todos eles estatuados.
Mas nenhuma se equivale a esta em pompa e circunstância.
Sem imagem de perfil

De sampy a 09.02.2019 às 22:15

" magnífico o enquadramento"

Por se tratar de caso, raríssimo, em que estátua e praça foram projectadas em simultâneo, uma para a outra.

Bendito terremoto (passe a blasfémia).
Sem imagem de perfil

De sampy a 09.02.2019 às 22:26

É justo que se mencione aqui também o nome do arquitecto e engenheiro Eugénio dos Santos, a quem esteve primeiramente confiada a obra, e a partir de cujos modelos Machado de Castro teve de trabalhar; e aos quais foi obrigado a conformar-se, bem mais do que desejaria.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D