Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estátuas dos nossos reis (104)

por Pedro Correia, em 08.12.18

Homenagem%20a%20D.%20João%20II%204[1].jpg

_aaz5874_1_1024_2500[1].png

 

 

D. João II (1481-1495)

 

Autor: Manuel Rosa

Ano da inauguração: 1998

Localização: Lisboa, Praça do Príncipe Perfeito, no Parque das Nações


16 comentários

Imagem de perfil

De Sarin a 08.12.2018 às 14:53

E eu que o supunha um monumento em memória do Lince da Malcata... e bonito como tal.

Para homenagem a D. João II terei que... ah, terei que nada, não apanho o conceito e peço ajuda para perceber porquê o II e não o I ou até o VI. Porque gosto da obra, é elegante na simplicidade, e com boa vontade consigo extrair-lhe a coroa - mas tanto de cabeça coroada como de maxilar nu. Falha minha, mas não percebo a obra como o autor pretendia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.12.2018 às 18:04

Lince da Malcata, Sarin?
O lince é um animal lindo (veja os Diários da Natureza da Luísa Ferreira Nunes) e eu não consigo vislumbrar nesta "obra de arte" qualquer semelhança com um homem ou um animal.
Não sei como será in loco; pelas fotos acho um pavor.
Maria
Imagem de perfil

De Sarin a 08.12.2018 às 20:00

Acho a peça elegante, Maria, e sinuosa como um gato. Daí ao ameaçado felino foi apenas o pulo de um desejo antigo pela conservação de tal espécie de novo ameaçada.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.12.2018 às 20:53

Então, Sarin, talvez seja uma pantera negra... isto da criatividade tem muito que se lhe diga...

Maria


Imagem de perfil

De Sarin a 08.12.2018 às 20:58

Também. Embora não O Pantera Negra! Era gracioso, mas muito mais que este lince, da Malcata ou de outra serrania qualquer. Nem Cor-de-Rosa... tem muito que se lhe diga, a criatividade, mas há limites, Maria, há limites!

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.12.2018 às 06:24

Sarin & Pedro:

Juro que não me estava a referir ao futebolista (cada vez ligo menos ao futebol), mas sim à pantera negra que vive ali para as bandas da América do Sul, juntamente com o "primo" Jaguar (não confundir com o bólide, please!).
Agora o que eu sei é que este mamarracho está a bater o record dos comentários
Maria
Imagem de perfil

De Sarin a 09.12.2018 às 09:58

Ah, Maria, não duvido da sua isenção; mas eu tenho o sangue vermelho-papoila, sabe - e adoro ouvir o Pedro rugir entredentes (que eu no Fé respeito a cor das bandeiras, adejando a minha apenas em defesa, e o Pedro respeita o DO não confundindo os blogues, honra e dignidade lhe sejam atribuídas)

Mas é facto, o mamarracho - que, insisto, aprecio mas sem realeza - está a bater as outras estátuas aos pontos! Penso que o artista ficará satisfeito: arte é provocação dos sentidos, e repare no "non sense"... (oh, Pedro, italicava agora tão bem )
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.12.2018 às 13:57

Se querem estátuas de bola, também se arranja. Começando pela do Rui Patrício em Marrazes e terminando pela do Cristiano Ronaldo no Funchal. Que é mega, ao que me dizem.
Imagem de perfil

De Sarin a 09.12.2018 às 14:09

Da do meu patrício seu Patrício arranjo-lha eu, que a tenho a 200m - isto se me perdiar o mau jeito para fotógrafa, que ao Rui tenho apreço.

Marrazes é freguesia, a estátua está já em Leiria 100m para lá do Lis (não Sado), ali à entrada do elefante branco que, mesmo inacabado, sempre é mais bonito que o outro estádio do T.Taveira. Marrazes é deste lado, lá em cima, deixando-me a mim em Leiria mas, veja bem, à direita do rio!!!!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.12.2018 às 18:25

Estátua, gastronómica, ergueria eu à Casa da Nora, em Cortes. E ao Casarão, na Azóia. Onde já comi magníficas refeições.
Em Marrazes ainda nem sequer merendei. Mas hei-de passar por lá, em veneração ao Rei Rui, a pretexto da estátua - esteja ela exactamente onde estiver.
Imagem de perfil

De Sarin a 09.12.2018 às 19:15

Nunca se refastelou na abundância regional amorosamente cozinhada do Tromba Rija? Nos pitéus da Casinha Velha? Ícones da terra, pergunte ao Rui. Ambos com decoração à medida, daquela nova mas genuína porque continuidade da antiga também presente.
Venha tirar a foto e avise se precisar de cicerone. Ou faça melhor e convoque os comentadores do DO para o tal jantar que alguns vlads pediram; afinal, Leiria fica no centro e o Pedro prometeu homenagear a ACADO...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 09.12.2018 às 23:01

Pois claro, o Tromba Rija. Conheço, sim. Aliás a primeira vez que fui a Marrazes - ainda o Rui Patrício gatinhava nas escolinhas do Sporting - foi precisamente com uma extraordinária experiência gastronómica no Tromba Rija. Fantástico restaurante onde já nos satisfazemos plenamente ainda só na fase dos petiscos iniciais.
Imagem de perfil

De Sarin a 09.12.2018 às 23:11

Durante uns anitos tiveram a infeliz ideia de lhe chamar "O Repolho", ainda o Sporting não teria escolinhas, talvez.

Mas foi sempre lugar de peregrinação...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 10.12.2018 às 18:14

Tromba Rija é um nome mais - digamos - consentâneo.
Imagem de perfil

De Sarin a 10.12.2018 às 19:04

É o nome inicial e com o qual ganhou fama, por aqui. Não percebi que politicamente correcto lhes deu na altura... até tinham cinzeiros para os passantes "roubarem" (fui roubado n'O Repolho).
Deixou por lá escritos, Pedro? Os mais antigos mal se lêem, mas todos por lá pendurados do tecto, ainda...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 10.12.2018 às 23:51

Le nom des fous est partout...

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D