Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Espanha a vinte dias de eleições

por Pedro Correia, em 30.11.15

Empate absoluto a três: Partido Popular (22,7%), Cidadãos (22,6%) e Partido Socialista Operário Espanhol (22,5%). Tudo em aberto.


12 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 30.11.2015 às 10:36

Vamos a ver qual o partido que, de acordo com a "tradição" de que a direita portuguesa tanto gosta, terá o "direito" de governar Espanha. Com três partidos empatados, um deles terá o "direito" de governar e os outros dois ficarão condenados a consentir a governação do "vencedor". Haverá dois "derrotados" e um "vencedor", todos eles mais ou menos com o mesmo número de votos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2015 às 12:10

Em Espanha, tal como em Portugal, as responsabilidades governativas foram sempre assumidas pelo partido mais votado. Com maioria absoluta ou maioria simples.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2015 às 15:10

Em Espanha não sei bem como é. Mas em Portugal o governo é o que o Parlamento determinar, salvo alguma pequena influência do Presidente da República.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2015 às 15:43

Em Espanha teria forçosamente de ser diferente. Desde logo porque não existe Presidente da República. Existe um Rei. E o sistema político define-se como monarquia parlamentar.
Sem imagem de perfil

De Jorg a 30.11.2015 às 13:20

Esta "Metroscopia" não será uma especie de Eurosondagem de Castela?
É que as outras sondagens, e em Espanha até são bastantes, e.g. ver aqui
https://en.wikipedia.org/wiki/Opinion_polling_for_the_Spanish_general_election,_2015
mostram resultados um pouco mais diferenciados - destaques do PP em relação ao PSOE de 5% ou superior , e os Ciudadanos em "tête-à-tête" com o PSOE [eventualmente superando-o]...

Supreeende um pouco que, de tantas sondagens (c/margens de erro comparáveis) na prensa lusa se destaque apenas esta........
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2015 às 14:55

A sondagem que menciono foi manchete ontem no jornal de maior tiragem, circulação e influência em Espanha.
Certamente não dará aval a sondagens de vão de escada.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 30.11.2015 às 15:29

O facto de um jornal ter tiragem, circulação e influência não significa que seja um bom jornal. Muito menos significa que as sondagens por ele contratadas sejam mais bem feitas do que as contratadas por outrém.
(Aliás, parece que hoje em dia nem sequer se sabe bem o que seja uma sondagem bem feita. Muitos métodos clássicos de efetuar sondagens são hoje questionados.)
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 30.11.2015 às 15:38

Dei-me ao trabalho de ir ver a interessante página que Jorg referiu, e constatei duas coisas suspreendentes:
(1) Que a sondagem a que o Pedro se refere neste post saiu no dia 25 de novembro, mas desde então já surgiram mais cinco sondagens, nenhuma das quais é referida neste post. Praticamente todos os dias aparecem novas sondagens, mas pelos vistos só esta merece relevo em Portugal.
(2) Que esta sondagem se distingue de todas as outras por atribuir ao PP uma votação bastante inferior. De tal forma que em todas as outras sondagens o PP aparece com uma liderança razoável, apenas nesta ele aparece basicamente empatado com os outros.
Aconselho, de facto, tanto o Pedro como os leitores a irem ver esse sítio, se querem saber mesmo o que as sondagens dão...
Sem imagem de perfil

De amendes a 30.11.2015 às 14:22

Nada que Costa e Jerónimo Martins, não ajudem a resolver!

Para Bem da Península.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.12.2015 às 09:38

Jerónimo Martins e Catarina de Sousa estão a lutar cada vez com mais sucesso pela união das esquerdas.
Sem imagem de perfil

De William Wallace a 01.12.2015 às 07:05

De Espanha nem bom vento nem bom casamento !
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.12.2015 às 09:46

Vá dizer isso ao Cristiano Ronaldo...

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D