Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Então e o PAN?

por jpt, em 08.10.19

Na azáfama dos resultados eleitorais o PAN, apesar de crescer bastante, perdeu alguma visibilidade. As pessoas discutem o comentador Ventura do CHEGA (João Pedro George mostrou impressivos trechos do seu romance), a não-única nem primeira deputada negra do LIVRE (Alexandre Pomar é proto-lapidado por se incomodar com a sua gaguez, Paulo Pedroso saúda a sua proposta de uma nova lei de nacionalidade - o desvelo do PS com o PEV, perdão, com o LIVRE é notório) e há vários encomiásticos perfis biográficos do deputado Cotrim de Figueiredo, do IL, para além de inúmeras notas sobre as minudências dos partidos maiores.

Nisso esquece-se o PAN. E só agora percebo que em Setúbal os eleitores elegeram esta Cristina Figueiredo. No passado 30.9 partilhei no meu mural de Facebook este trecho de entrevista, espantado com a impreparação, o vácuo e a arrogância desta candidata, denotativos do pobre partido em que havia surgido. Mas nunca me passou pela cabeça que viesse a ser eleita. E foi! Os eleitores de Setúbal puseram esta mulher no parlamento. E ela não vem das "juventudes" nem é familiar de algum poderoso dos aparelhos dos grandes partidos que a houvesse colocado num qualquer lugar laboral, como tão costume vem sendo. É um rosto de um novo partido.

Que catastróficos plantéis, pessoais e intelectuais, dos partidos tradicionais para que a "novidade" atractiva seja esta. Patética.

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.10.2019 às 23:23

A culpa é de quem votou no PAN.
Imagem de perfil

De jpt a 08.10.2019 às 23:40

Claro que sim
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.10.2019 às 09:45

Não se trata de culpa! Esta mulher, isto, a coisa, é a ilustração mais expressiva do votante PAN. É o retrato cultural e intelectual da decadência de um povo, o que os antigos designavam por ignorância atrevida!!
Esta gente não sabe nada de nada sobre nada o que os não impede de dissertarem sobre tudo!! É gente com défice de espelhos, alcandorados em esclarecidos, arejados e mui modernos que vêm dar luz aos mais sombreados! Não têm sentido nem limite para o ridículo!
É gente que compra electricidade em pó e subscreve as senhas de apoio à associação de protecção do gambosino!!

Sem imagem de perfil

De Trigueiros a 09.10.2019 às 10:50

Desculpe, mas quanto a mim a culpa não é de quem votou no PAN. Quem votou no PAN fez a sua escolha democrática e temos que respeitar, mesmo que não concordemos.

Estes partidos emergem porque as pessoas estão descontentes com os "partidos do sistema" e querem novas caras. Infelizmente esta senhora não é de todo interessante para estar no parlamento, mas quantos dos outros partidos o são?

Nestes 4 anos vamos ver do que o PAN é feito. Já vimos durante estas eleições a estirpe do André Silva e pelos vistos os que se irão juntar a eles no parlamento são iguais…. Eu não espero muito dele…
Sem imagem de perfil

De JPT a 09.10.2019 às 09:35

Um maluquinho das conspirações diria que a omnipresença mediática da candidata Katar teve o dedo do PS (e foi bem útil para meter o BE em sentido).
Imagem de perfil

De jpt a 09.10.2019 às 14:36

eu sou desses maluquinhos das conspirações, caro homónimo
Sem imagem de perfil

De JPT a 09.10.2019 às 14:39

Outro aqui, claro.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 09.10.2019 às 09:47

Muito mau.....
Sem imagem de perfil

De Justiniano a 09.10.2019 às 11:15

Não me surpreende que o tal Livre, assim como o BE, queira proceder à dissolução de todos os elementos que remetam para, ou traduzam, a nação histórica!!
Pretender estabelecer o mero nascimento no território, sem mais, como suficientemente pertinente para a atribuição da Nacionalidade Portuguesa é pretender a máxima fungibilidade da concepção de povo, afastando-se cada vez mais da concepção das nações históricas consolidadas que sempre partiram da razão do nascer de entre nós sobre o nascer entre nós (ius sanguini como princípio). A actual Lei da Nacionalidade já concede ao ius solium para os que nascem de entre estrangeiros legalmente residentes há mais de um certo período. Isto, o pretendido pelo Livre e BE, traduz-se, fundamentalmente, no abdicar da República de aferir sobre os laços exclusivos existentes entre os portugueses que possam sustentar a coesão necessária para a manutenção substancial das relações de cooperação e solidariedade entre si!
O excesso de virtude é um vício, já ensinava Aristoteles.
As nações são exclusivas por natureza, tentar subverter esta natureza destrói a nação por diferentes agregados que darão lugar a diferentes nações! A história universal não ensina outra coisa!
A prudência exigia a rejeição liminar deste disparate!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 09.10.2019 às 12:14

a impreparação, o vácuo e a arrogância desta candidata

Concordo totalmente, mas pergunto, esta candidata diferencia-se muito, na sua impreparação, na sua vacuidade, e na sua arrogância, dos outros candidatos dos outros partidos? A minha opinião é que, salvo raras e honrosas exceções, a maioria dos deputados eleitos, pela generalidade dos partidos - mas com amplo destaque para o PS e para o PSD - é tão impreparada, tão vácua, e tão arrogante como esta Cristina Figueiredo.
Sem imagem de perfil

De Zé a 09.10.2019 às 14:28

" a maioria dos deputados eleitos, pela generalidade dos partidos - mas com amplo destaque para o PS e para o PSD - é tão impreparada, tão vácua,...," Penso que está a exagerar bastante.
Imagem de perfil

De jpt a 09.10.2019 às 14:43

Eu estou com o comentador Zé. Poder-se-ão criticar os deputados mas raros serão os que nem sequer sabem as medidas dos próprios partidos ...
Sem imagem de perfil

De Zé a 09.10.2019 às 16:34

Pois, mas isto do PAN começa a chatear-me. Há muita gente que ama (digo ama, não só gosta) os gatinhos e os cãezinhos a ponto de os equiparar a pessoas. Eu não sou capaz de maltratar animais mas detesto bicharada em casa ou por perto. Mas começam a ser admitidos nas lojas e estabelecimentos sem que ninguém proteste. Pior, gostam. Por exemplo, hoje não entrei num estabelecimento porque estava um grande cãozarrão à porta (e uma senhora com a respectiva trela) mas já dentro da loja. Ninguém protestou, pelo contrário, todos os que saíam acariciavam o bicho faziam-lhe festas. Eu era o único descontente. Meti o rabo entre as pernas e afastei-me, convencido de que se refilasse e exigisse o cumprimento da lei ainda era maltratado. Há muita gente que vota nas Cristinas Figueiredos. Porquê??
Quando teremos um Bicho em Primeiro Ministro?
Sem imagem de perfil

De Rui Henrique Levira a 13.10.2019 às 00:28

Caríssimo, há uma regra de dois simples que nunca devemos esquecer:
A) Quem começa a tratar animais como pessoas invariavelmente acaba a tratar pessoas como animais (confirme-se com o PAN e quejandos além-fronteiras);
B) Quem trata crianças como se adultos fossem inevitavelmente acaba a tratar adultos como crianças (veja-se a magnífica prestação da vetusta e mui eloquente Greta na ONU, faena com direito a saída em ombros e aplauso geral e com uma braçada de orelhas de tenrinhos líderes internacionais metida no regaço).
E, já agora, para Primeiro-Ministro eu proponho o lince da Malcata: dada a inexistência do bicho, os nossos ouvidos agradecerão o serem poupados ao paleio da treta.
Perfil Facebook

De Ricardo Abreu a 09.10.2019 às 17:16

O video foi publicado a 28/09, a já prevista ascensão do PAN poderia ter sofrido um forte revês com a divulgação do video, no entanto nada aconteceu... Só posso entender que lograda a maioria absoluta os xuxas evitaram fazer sangue nos seus parceiros.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 09.10.2019 às 17:54

A minha opinião é que a maior parte dos deputados só lá estão para fazer número, para preencher a quota do Parlamento a que o seu partido tem direito.
Não faz mal que metade dos deputados de cada partido sejam impreparados, vácuos e arrogantes, porque de qualquer forma esses deputados não estão lá para tomar decisões, mas somente para votar de acordo com as diretivas do seu partido.
Para mim, este sistema está correto, porque o que a mim me interessa é somente a ideologia de cada partido, e não as brilhantes ou estúpidas ideias que cada deputado tem na sua particular cabeça. Eu confio no partido em que voto, não na cabeça do(s) deputado(s) que o representa(m).
Sem imagem de perfil

De Zé a 09.10.2019 às 23:37

"...não estão lá para tomar decisões, mas somente para votar de acordo com as diretivas do seu partido."
Que exagero. Quantos estarão nessas condições?

"...a mim me interessa é somente a ideologia de cada partido, e não as brilhantes ou estúpidas ideias que cada deputado tem na sua particular cabeça. Eu confio no partido em que voto, não na cabeça do(s) deputado(s) que o representa(m)."
Com esta parte concordo e também é assim que eu procedo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.10.2019 às 17:54

As Cristinas do páis "moreno"
Sem imagem de perfil

De Vento a 09.10.2019 às 18:59

Permita, jpt, oferecer dois momentos que ajudarão a desanuviar a atmosfera eleitoral nacional.

O primeiro momento é-nos oferecido por uma adolescente absolutamente fantástica e com um enorme poder em controlar a voz e sintonizá-la com suas emoções. Repare nas expressões faciais absolutamente naturais:

https://www.youtube.com/watch?v=avmBxRQhYF8

O segundo momento é-nos oferecido por uma mocinha de 10 anos com uma enorme capacidade de superar o embaraço e corresponder ao pedido de cantar a capela:
https://www.youtube.com/watch?v=kvzStHWKKM8

Espero que aprecie.
Sem imagem de perfil

De V. a 10.10.2019 às 08:07

A postura corporal diz tudo — inclinada para trás, desconfortável, numa posição oblíqua à do interlocutor.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D