Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eleições em França

por Luís Naves, em 06.12.15

A Frente Nacional de Marine Le Pen deverá ter hoje um resultado histórico na primeira volta das eleições regionais francesas. O centro-direita liderado pelos republicanos é favorito em sete das 13 regiões, mas a extrema-direita pode conquistar pelo menos uma região, isto pela primeira vez (a segunda volta será dia 13). Ostracizada durante décadas, a FN é agora uma das três maiores forças partidárias, provavelmente a segunda. Usando feroz demagogia, este e outros grupos nacionalistas estão a transformar a paisagem política da própria Europa.

Em Portugal, é ainda mal compreendido o descontentamento dos eleitores europeus, a islamofobia e a sensação de crescente divórcio que tantos franceses sentem em relação às suas elites políticas e mediáticas. Os votantes da FN pensam que os líderes da França vivem numa realidade paralela. Muitos destes eleitores descontentes enfrentam diariamente choques culturais com vizinhos muçulmanos, consideram que o país tem um grave problema de identidade e que a linguagem política se transformou numa forma de negação. O avanço da extrema-direita é sintoma de mudanças mais profundas a decorrer em toda a Europa, em reacção ao fosso entre eleitores e eleitos criado pela União Europeia. Este distanciamento é reconhecido por todos, mas não parece ter soluções pragmáticas, o que acentua a ideia de cinismo dos dirigentes.

A recente crise das migrações dividiu ainda mais a UE e está a radicalizar o discurso dos populistas. Políticos e comentadores aderiram rapidamente à ideia de abertura de fronteiras, classificando as cautelas como xenofobia, mas os média não viram as próprias reportagens, onde se relatava que dois terços dos migrantes não eram refugiados, que a proporção de famílias era baixa, que as regras de segurança europeias não estavam a ser cumpridas nas fronteiras externas. A crise migratória acentuou a ansiedade dos descontentes, sobretudo nos países com maiores comunidades muçulmanas. Segundo indicam as sondagens, a FN pode igualmente ter subido mais de quatro pontos percentuais após os ataques terroristas de Paris.

Tags:


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D