Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Eleições à vista?

por Luís Menezes Leitão, em 30.09.18

Ontem foi Jerónimo de Sousa a dizer que era preciso um novo governo. Hoje é Catarina Martins a ameaçar votar contra o orçamento, a menos que Costa cumpra uma exigência impossível de cumprir. Parece manifesto que os queridos parceiros da geringonça já querem abandonar rapidamente este barco. Resta agora saber se Rui Rio vai querer assumir-se como muleta deste governo ou dá a Costa o destino que a sua votação eleitoral em 2015 lhe deveria ter traçado desde o início. Mas com as constantes demissões que a sua estratégia de ligação ao PS está a causar no PSD, não me parece que Rui Rio tenha grande alternativa. Está hoje na mesma posição de Passos Coelho, que também apostou inicialmente na colaboração com Sócrates, e a quem disseram que ou havia eleições no país ou havia eleições no partido. Claro que as eleições no país neste momento podem ser um maná para António Costa, que seguramente não deseja outra coisa, e uma tragédia para os restantes partidos. Só que é uma tragédia inevitável. Marcello Caetano, também ele uma personagem trágica, disse uma vez que é um erro pensar que se pode deixar de ir a Alcácer-Quibir. O destino está escrito nos astros.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De jo a 30.09.2018 às 16:12

"Eleições à vista?"
Desejos de alguns, mas vão-se entender todos no fim. Estão a marcar posição para a discussão, tal como o PS quando dizia que não negociava com quem não aceitasse a NATO e a UE. Conversa fiada somente.


Em 2015 Passos foi empossado primeiro ministro, não teve unhas para negociar uma saída, pensou que tinha o direito natural ao cargo e não precisava de negociar com ninguém, apesar de ser MINORITÁRIO.
Decerto que não compreendeu que Costa podendo ser primeiro-ministro não se ia por a fazer a figura triste que Paulo Portas fez, com demissões irrevogáveis e tudo pelo meio.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.09.2018 às 16:54

Certamente, em Setembro de 2019.
Teodora Cardoso também pensa como eu: «Vai haver imenso teatro na discussão» do Orçamento do Estado. Mas o documento vai passar.
Perfil Facebook

De Rão Arques a 30.09.2018 às 18:29

O drama é se vamos deixar que Costa continue a passear carimbando patadas que vão deixando o País ir afundando.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.09.2018 às 18:56

Acho estranho que as pessoa se esqueçam que Passos Coelho tentou entender-se com Costa, este não queria ser 2º.
Costa reverteu tudo, menos os 20% do jogo. Se saísse cá o euromilhões o estado arrecadava mais de 30 M€.
Sem imagem de perfil

De António a 30.09.2018 às 21:04

Quer o BE quer o PCP estão a pressionar para colocar ministros seus no “novo governo”.
Imagem de perfil

De João Sousa a 30.09.2018 às 23:18

A mim, há algum tempo que parece claro que Costa deseja a antecipação de eleições. O sinal mais evidente é o braço-de-ferro que tem sido travado com a FENPROF. Costa pode não saber nada de quase tudo, mas sabe muito de política e tem consciência de que, com o peso da FENPROF no PCP, este dificilmente se permitirá engolir o sapo de viabilizar o orçamento de um governo que "hostiliza os professores".

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D