Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É um mistério!

por Teresa Ribeiro, em 19.09.17

miss.jpg

 

Não é de agora, nos últimos anos observo o mesmo, nos mais variados sectores de actividade. As pessoas com mais de 50 anos parecem ter desaparecido do mapa. Muitas estarão desempregadas, ou com pré-reformas, mas por mais elevada que seja a percentagem dos que se encontram fora do mercado de trabalho, não explica esta ausência de cabelos brancos nas empresas. Aos 50 anos está-se ainda longe da idade da reforma, além de que o país está a envelhecer, portanto a percentagem de população activa dentro desta faixa etária só pode ser elevada.

Quando não havia tanto desequilíbrio populacional entre velhos e novos não se observava isto. É estranho. Onde estão eles? No front office é que não, claro está, mas mesmo nas fileiras mais discretas onde pára esta geração, porventura a mais invisível de sempre?!

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 19.09.2017 às 13:24

Reestruturação. Despedem os velhos e contratam novos que segundo dizem estão mais bem apetrechados (ganham metade, vivendo em casa dos pais). Segundo a minha experiência é a experiência que filtra o conhecimento acessório, de vanguarda, do basilar, o antiguinho, fundamental para um bom desempenho laboral
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 19.09.2017 às 15:49

Sim, a lógica é essa. Mas a questão é: onde é que eles estão? Não podem estar todos no desemprego ou na pré-reforma. Escondem-nos numa cave escura?
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 19.09.2017 às 16:30

Teresa, não me assuste!
Será que fazem como os chineses? Aquela história, decerto mito urbano, de nunca, por terras de Camões, se ter visto, com tantos descendentes de Han, nenhuma marcha fúnebre Confuciana... afianço-lhe recusar-me a acreditar....
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 19.09.2017 às 15:01

Uma pessoa que conheço foi há uns anos, aina com menos de 45 anos de idade, colocada na reforma pela PT. Comprometeram-se a pagar-lhe (e têm pagado) o ordenado até à idade da reforma, sem que ela já seja funcionária.
Sem imagem de perfil

De Javardoura a 19.09.2017 às 16:36

O Sr. Lavoura deve conhecer os de la créme de la créme...ser reformado antes dos 45 com a reforma por inteiro, numa empresa falida .....ah, patrão!!!!
Sem imagem de perfil

De ai, ai, ai a 20.09.2017 às 02:21

caramba !
numa proxima encarnação ...
uma qualquer PT não me escapa !!!
palavra de cinquentão.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 19.09.2017 às 15:02

Na livraria Bertrand da Picoas Plaza trabalham duas senhoras que parecem ter mais de 50 anos de idade, à vontade. E estão a atender o público, não estão escondidas no back office.
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 19.09.2017 às 15:51

É a excepção. Até o Lavoura, com o seu reconhecidíssimo espírito de contradição não o pode negar.
Sem imagem de perfil

De alexandra g. a 20.09.2017 às 23:43

Olha!, Sinto-me mais acompanhada, agora que o L. Lavoura fez tamanha revelação/excepção/etc.
Sem imagem de perfil

De V. a 19.09.2017 às 19:09

Já deu uma olhadela pelas lombadas? O Back Office é a livraria.
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 19.09.2017 às 18:36

é entrar numa escola... felizmente.
Sem imagem de perfil

De alexandra g a 19.09.2017 às 22:45

Também estão atrás de balcões, como é o meu caso - e de muita gente que conheço que, na área da "Cultura", desde o Socas, perdeu o trabalho para o qual queimou (com imenso prazer) durante anos, todas as pestanas. Nem por isso lacrimejamos, antes lutamos...
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 20.09.2017 às 10:45

Na minha área - Comunicação Social - são espécimes raros. Entra-se em qualquer redacção e é só miúdos. Os "seniores" estão na casa dos 40. Enfim, mas na minha área há muito desemprego e também muitos desistentes que tiveram de se "requalificar" e enveredar por outros caminhos.
Sem imagem de perfil

De WW a 20.09.2017 às 07:03

Felizmente não é bem assim pelo menos no Continente de Viseu. ...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.09.2017 às 07:19

Não creio que isso se verifique na minha terra. A percentagem de gente a partir dos 45 existe na mesma. E tenho certeza que noutros lugares se mantém; suponho que pintem o cabelo e pareçam mais jovens já que ser velho neste momento tem pouco charme - apesar de ter chegado às mulheres a moda de exibir o cabelo branco que será sol de pouca dura - e afasta qualquer hipótese de emprego. Mas, com a crise, a emigração massiva de jovens e o consequente afunilar de nascimentos, é possível que, um dia destes, de um lado e outro do balcão, só haja cabelos brancos, mesmo que pintados. E isso sim, é triste de verdade; os velhos têm experiência mas somos por natureza e contexto pouco dados a inovação criativa; sangue novo precisa-se. Se já é tão triste que os nossos olhos festejem, como rara preciosidade, uma grávida...

Comentar post



O nosso livro





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D