Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"É tão giro ter um mini!"

por João Sousa, em 26.08.19

Morris_Mini-Minor_1959_(621_AOK).jpg

Fez hoje 60 anos que o Mini foi apresentado oficialmente ao público.

(E nem sequer uma notazinha de rodapé nos jornais?)


14 comentários

Sem imagem de perfil

De jj.amarante a 27.08.2019 às 01:33

A maioria de quem teve um mini já deve estar reformado...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.08.2019 às 19:07

Eu tenho um mini de 1971 e estou ainda longe de estar reformado :-)
Sem imagem de perfil

De jj.amarante a 28.08.2019 às 02:05

Eu comprei o meu Mini, o meu primeiro carro em Outubro/1971, e gostei muito de o guiar mas vendi-o em 1981 pois era difícil acomodar a família e mais as bagagens para férias num carro tão pequeno se bem que com o espaço tão bem aproveitado. O motor também ficara um bocado barulhento.
Imagem de perfil

De João Sousa a 30.08.2019 às 07:02

:) Espero que não seja então o seu Mini a ter uma vida de reformado. Eu vejo-os tão raramente na estrada que imagino-os fechados nas garagens, passando os dias a ver programas da Cristina Ferreira e do Fernando Mendes e a só saírem nos sábados com sol para irem ao bingo...
Imagem de perfil

De João Sousa a 27.08.2019 às 22:50

Estatisticamente, e considerando que eles começaram a ser vendidos há sessenta anos, até podemos especular que muitos dos que o compraram no início estão já para lá da reforma. Mas o Mini continuou a ser fabricado até ao ano 2000: tenho a certeza de que muitos dos que os compraram nessa altura ainda estão para se reformar.
Sem imagem de perfil

De jj.amarante a 28.08.2019 às 02:11

Comprar um mini no ano 2000 foi mais por paixão. Durante muito tempo o mini foi um carro extraordinário mas lembro-me dos concorrentes posteriores, que o Fiat 127 tinha melhor performance, que o Renault 5 era mais cómodo e espaçoso e que o Peugeot 205 além de maior performance, comodidade e espaço era mais bonito.
Sem imagem de perfil

De Costa a 27.08.2019 às 07:54

Não é assunto futeboleiro, nem consta que haja Minis na colecção do Ronaldo (cá está, não é assunto de futebol).

Costa
Imagem de perfil

De João Sousa a 31.08.2019 às 18:42

Nem é assunto de "socialite".
Imagem de perfil

De João Campos a 27.08.2019 às 09:48

Os Mini actuais deviam chamar-se Maxi...
Imagem de perfil

De João Sousa a 31.08.2019 às 19:42

Teria piada chamar "Maxi" ao carro em vez de Mini. É que houve, de facto, um Austin Maxi, lançado em 1969 e igualmente desenhado por Alec Issigonis (acho que foi, até, o último carro que desenhou antes de se retirar). E com a particularidade de ter sido lançado no Porto. Mas não é carro que tenha deixado muitas saudades...

Eu tenho algum respeito pelo novo Mini. Eu sei, porque eu próprio me entrego a esse exercício, que é fácil fazer piadas com um carro chamado "Mini" que é apenas um palmo mais curto do que o Golf. Mas também me parece verdade que nos tempos modernos, com a necessidade de cumprir critérios de segurança, teria sido complicado criar um carro de quatro lugares muito menor do que a primeira geração do Mini actual. [Já me parece, sim, esticar a corda chamar "Mini" a um carro com os quase quatro metros da geração actual]. O Mini clássico tinha três metros e cinco centímetros. Três metros! O Smart actual tem menos trinta centímetros e pesa mais 300 quilos - e só transporta duas pessoas! É fácil perder a noção do quão pequeno o Mini clássico é.
Sem imagem de perfil

De D. a 27.08.2019 às 10:41

Fui muito feliz ao volante de um mini
Imagem de perfil

De João Sousa a 28.08.2019 às 22:44

Acredito. Sempre que vejo um Mini à solta, não consigo impedir um sorriso. É pena encontrá-los tão raramente.
Imagem de perfil

De José da Xã a 28.08.2019 às 00:37

Caríssimo João,

sou frequentador assíduo deste blogue e de repente... voilá!
Pronto já percebi tudo...
Temos ambos bom gosto (tenho um tio que tem um carro destes dos anos 70).
Parece que está bem estimado não obstante já lhe terem mudado a cor...
Forte abraço.
Imagem de perfil

De João Sousa a 28.08.2019 às 11:18

:) Les grands esprits se rencontrent.

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D