Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E se fosse consigo?

por Rui Rocha, em 28.04.17

almaraz.jpg


2 comentários

Sem imagem de perfil

De isa a 29.04.2017 às 22:18

Fez este poste, naturalmente, muita coisa me veio à cabeça e, senti a náusea do costume, no entanto, como escrevo comentários demasiado longos, vãs tentativas, para tentar explicar a podridão do sistema onde vivemos, onde já nada é o que parece ser mas, apenas, tudo fruto do mesmo mal. Limitei-me a esperar para ver... reacções de indignação mas, passadas 24h, nada de comentários... uma tristeza e, por todo o lado, vemos este constante aumentar de mortos-vivos, sempre convencidos de que ainda têm algum voto, em qualquer matéria, incluindo aquelas que lhes podem roubar a saúde ou a própria vida.
O tempo passa, continua tudo na mesma ou vamos de mal a pior?

Uma frase que resume este assunto:
"Quercus classifica consulta pública sobre Almaraz como um simulacro."
Apenas e só, mais um simulacro, no meio de Todos os outros simulacros.

"The poor have no votes; poverty can't vote __ for itself Wealth alone can vote. The workers vote wrong, because they are poor, and are poor because they are robbed. Robbed of their inheritance__ the land; robbed of their right to the free use of all the resources of life __ the means of existence.
The workers are deprived of all opportunity to acquire and apply knowledge.
They are deprived of all access to culture and refinement. For the Perpetuation of These Evils they have to thank Government, the State, and ballot box and the Politicians. Politicians and the State are the legitimate, inevitable outgrowth of the profit_mongering system of wage_slavery, based upon competition and wages. We cannot get rid of the former until we remove the latter."
John Swinton (1829–1901)

E aqui neste texto não há nada de marxismo, bem pelo contrário porque, para estes, desde que os políticos, com direito a controlar, oprimir e subjugar, fossem todos de esquerda, ficaria tudo resolvido e é, precisamente, por isso que, por muito que tudo pareça mudar fica sempre na mesma porque, se pensam que, assim, com as mesmas regras, conseguem vencer "os especialistas" do oprimir e subjugar, sempre com vitória garantida seja com esquerda ou direita porque têm dinheiro ilimitado para corromper.
Um jogo viciado há décadas, completamente controlado desde 1913 quando subverteram as regras da criação do dinheiro. Um jogo que só poderia ser ganho, com a recusa de o continuar a jogar.

"Sometimes you don't have to look far to find something to talk about. You don't have to wait for the voice in your head, it just shows up and throws it in your face.
...
... even members of the socio-political retard army can see the connection... but what's the fun or profit in that? Isn't it just better to let this shit go on and get all righteous and weepy about the backend, drowning in a rain of hypocritical tears, as you bemoan the loss of so many things, caused by global hand-warmers at fixed football games?"

Podem ouvir o resto aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=FEzC__vCEI8
The Roach Motel at the End of the Universe

ou para quem quiser, apenas ler:
http://www.lesvisible.com/blogs/smoking-mirrors/the-roach-motel-at-the-end-of-the-universe
The Roach Motel at the End of the Universe

"Dog Poet Transmitting.......
May your noses always be cold and wet."
Sem imagem de perfil

De isa a 01.05.2017 às 18:05

Aproveito para repetir um comentário que deixei noutro sítio.

Deixo um vídeo e até poderia deixar milhares do mesmo género mas, este, é recente e explica muitas das "tais coisas" que tenho falado nos meus comentários mas, muita gente ainda não consegue ver e de como, realmente, funciona o Mundo e, cada um, poderá avaliar a sua autenticidade e, na melhor das hipóteses, começar a investigar sobre o que, para muitos, pode parecer inacreditável.

https://www.youtube.com/watch?v=cRuKmxQSPSw&t=68s
Ex-Illuminati Banker Exposes The Elite - In English Audio - Ronald Bernard

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D