Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É obra

por Pedro Correia, em 11.05.19

800.jpg

 

Em apenas uma semana, António Costa afastou as atenções de uma campanha eleitoral que lhe estava a correr mal, meteu os dois partidos da oposição na algibeira, pôs a esquerda "radical" em sentido, perturbou o inamovível Mário Nogueira e até silenciou o Presidente da República.

Sai da pseudo-crise com imagem reforçada: moderado, "centrista", zelador das contas públicas e do equilíbrio orçamental, sem ceder à demagogia nem atirar dinheiro para cima dos problemas. Deixando Rui Rio ainda mais atarantado e até a sagaz Assunção Cristas a tropeçar no próprio pé. Com os deputados do PSD e do CDS, desautorizados pelas próprias direcções partidárias, aturdidos com tanta cambalhota.

É obra.

Autoria e outros dados (tags, etc)


28 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.05.2019 às 11:50

Bom dia Pedro Correia
Concordo plenamente consigo, é obra.
Mas, para mim, naturalmente, a sociedade portuguesa vê passar os dias as semanas os meses e, que real progresso, que real resolução dos problemas concretos, enquanto uns quantos se gabam, por exemplo, de achincalhar titulares de orgãos de soberania?
Valha a verdade, opinião minha, alguns desses titulares mostram permanentemente uma descarada e completa irresponsabilidade e ausência de sentido de Estado.
Bom fds.
António Cabral
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:32

Caro António. Desta mini-crise ressaltou uma evidência: há governo, mas não há oposição.
É o que pode concluir-se do que aconteceu: o chefe do governo falou grosso e foi quanto bastou para deixar apavorada a pseudo-oposição.
Toda a democracia exige um governo forte e uma oposição também forte. A democracia portuguesa, neste momento, enfrenta uma evidente debilidade.
Sem imagem de perfil

De PSC a 11.05.2019 às 12:45

Nem o Mário Soares!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:33

Soares estava num plano à parte. Era de outro(s) filme(s).
Sem imagem de perfil

De isabel a 11.05.2019 às 12:47

Eu diria antes que costa meteu na algibeira praticamente todos os jornalistas e políticos/comentadores que, nos media, manipulam as opiniões. Ou, se preferem, fabricam o consentimento. Falavam todos pela mesma cartilha.
A maioria acha que costa foi brilhante? Pois se até o Mendes acha, qual é a admiração?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:34

A culpa é dos jornalistas? Já cá faltava essa.
Sem imagem de perfil

De António a 11.05.2019 às 12:59

É um artista a obrar.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:34

Todos os Antónios serão assim?
Sem imagem de perfil

De António a 13.05.2019 às 10:18

Não sei. Eu sei qual é o meu trabalho, porque o faço, e para quem trabalho. Acha que ele sabe?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 13.05.2019 às 11:30

Fica como pergunta da semana.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 11.05.2019 às 13:28

É a ilusão bem conseguida do verdadeiro artista. Temos que convir que é de se lhe tirar o chapéu.
Como já referi, fez bluff com uma mão cheia de nada, todos passaram ele ganhou a partida. Bem jogado.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:35

Rio, em compensação, sai arrasado deste triste episódio. Tanta cambalhota do PSD em tão poucos dias.
Sem imagem de perfil

De Bea a 11.05.2019 às 15:34

E nem precisou grande esforço. Diga-se de passagem, os partidos ajudaram qb.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.05.2019 às 15:45

Mas se recuar no tempo,não é só ele,ainda ontem no "Governo Sombra", o Pedro Mexia disse que Sá Carneiro era exímio nisso,e não via mal nisso. Ridículo é o Rui R.,não assumir o erro,e dizer que a culpa é dos jornalistas. Ele não ouviu as declarações da deputada do PSD? Devia era ter ficado calado. Que decepção... Já perdeu o meu voto.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:39

Rui Rio foi de uma deselegância inacreditável com todo o grupo parlamentar, dizendo em entrevista à TVI que ele nem sequer é deputado (atirando as culpas para cima deles) e sobretudo para Margarida Mano, que foi ministra da Educação, é vice-presidente do grupo parlamentar do PSD e sempre colaborou lealmente com o actual líder do partido.
Rio tirou-lhe o tapete: mal ouviu Costa fazer voz grossa, ficou apavorado.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 11.05.2019 às 17:05

os deputados do PSD e do CDS, desautorizados pelas próprias direcções partidárias

Isto não é verdade. Os deputados votaram de acordo com as instruções que receberam das suas direções partidárias. No caso do CDS isso foi desde o princípio evidente (a própria líder do CDS é deputada), e no caso do PSD isso também se veio a tornar claro.

Não houver desautorização nenhuma. Houve é direções partidárias (não deputados) que meteram os pés pelas mãos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:40

Não se esforce mais. A "lavourada da semana" já está escolhida.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 11.05.2019 às 17:52

Costa é um esperto.
Quiseram tramá-lo com uma chico-espertice... lixaram-se.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.05.2019 às 18:01

Não era esta a ideia que tinha dos políticos. Sonhava que eles caminhavam na política para se dedicarem à causa pública fomentando o bem - estar social e a tranquilidade dos seus concidadãos e se possível evitar o o sobressalto, a gritaria e uma certa desordem emocional.
Já agora que não pensassem demasiado em si próprios.
Uma miragem.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 12.05.2019 às 22:41

Neste processo, há que dizer, PCP e BE foram coerentes.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D