Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É fazer as contas, como dizia outro

por Rui Rocha, em 06.06.16

Fazendo umas contas por alto, um ano tem cerca de 250 dias úteis. Se tivermos em conta que o direito a férias remuneradas corresponde a 22 dias por ano, sobram coisa de 228 dias úteis para trabalhar. A redução do horário de trabalho na função pública para 35 horas semanais corresponde a menos 1 hora de trabalho por dia. Isto é, o empregador Estado acaba de somar aos 22 dias úteis de férias normais mais uma "dispensa" equivalente a cerca de 28 dias por ano (1 hora x 228 dias de trabalho / 8 horas diárias de trabalho = 28,5). Exacto. É o que acabaram de ler e que repito para o caso de não ter ficado claro: é de uma medida equivalente a um acréscimo de 28 (vinte e oito) dias de férias anuais para cada funcionário público que estamos a falar.


50 comentários

Sem imagem de perfil

De ariam a 06.06.2016 às 16:18

Até aqui, o único comentário que acerta a 100%. Se reparar, quanto mais à esquerda, maior a desigualdade entre "filhos e enteados", curiosamente o Estado vai ficando sempre mais "gordo e pesado" para os "enteados" pagarem. O que custa mais é ver a lavagem cerebral em que até se aceita a teoria de que, a redução de horário, não pesa na Despesa, ora se há um trabalho para fazer e se não se fizer por reduzir o tempo de trabalho, no final, lá terão de meter mais funcionários (aumentando a despesa) ou será que, afinal, há pouco trabalho para tantos funcionários públicos?
Quando o Estado, só para funcionar, gasta cada vez mais, terá de aumentar impostos sobre aqueles que realmente produzem a riqueza de um País. O que não entendo é a esquerda acabar por ajudar a elite do 1% que quer os países endividados até "ao tutano" para, através da Dívida, poder controlar a política desses países. No fundo, tem sido a meta da U.E., primeiro era só um espaço para fazer trocas comerciais mas, curiosamente, acabaram, quase todos, por ficar mais endividados do que antes, porquê? Para os poder controlar e, não satisfeitos, ainda querem criar o caos com um êxodo de migrantes para acabar com patriotismos e, de vez, com a Segurança Social que tem de suportar as despesas desses migrantes (onde a maioria nem sequer é refugiada de guerra).

Este debate da Inglaterra poder sair, francamente, só se eles forem parvos ou masoquistas, para quererem ficar na UE (a nós nem nos perguntaram se queríamos entrar) e há um filme que os Portugueses deviam ver porque, muitos deles, ainda devem pensar que o Parlamento Europeu serve para alguma coisa "democrática", nem imaginam que escolhem políticos, só para "encher espaço".
YouTube:
https://www.youtube.com/watch?v=UTMxfAkxfQ0
BREXIT THE MOVIE FULL FILM

Suponho que este meu comentário tenha a ver com o nome do Blogue: "Delito" porque, ultimamente, outros postes que, por aqui, tenho lido mais parecem de um blogue chamado "Nostalgia de Opinião" ou "Museu de Tempos Passados" ao contrário do que se passa no Mundo, mais à beira do colapso, Financeiro e de Valores. Curiosamente, do outro lado do Atlântico, há quem não esteja distraído sobre eventos que, por cá, ninguém parece saber ou fingir que não sabe.
YouTube:
https://www.youtube.com/watch?v=qP_5NLiAn4M
World Leaders Attend Demonic Ritual At A Tunnel Ceremony? WTF!!
Sem imagem de perfil

De ariam a 06.06.2016 às 17:25

E, já agora, aproveito para mais um pequenino Delito ;)
deixar algo que nunca passará nas nossas notícias, talvez uma das verdadeiras razões para a Câmara Municipal de Lisboa ir gastar 3 Milhões de euros numa Mesquita talvez, "alguém" que frequenta as reuniões do grupo bilderberg, já saiba mais do que nós, sobre o nosso futuro:
YouTube:
https://www.youtube.com/watch?v=Tv05D3Yeg_k
ISLAM IN EUROPE AND USA SHOCKING MUST WATCH اسلام امریکا و اروپا

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D