Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Do meu baú (1)

por Pedro Correia, em 28.06.20

20200628_104833-1.jpg

 

Se há manchetes que me fazem sorrir é esta. «Túnel debaxo do Tejo entre Beato e Montijo», titulava o Diário de Notícias a 2 de Agosto de 2007. Prevendo já a chamada "terceira travessia" em Lisboa do maior rio português, com base no estudo de avaliação do empreendimento encomendado pela Confederação da Indústria Portuguesa. Segundo esta notícia - publicada vai fazer 13 anos - a travessia, «através de túnel ou ponte», iria situar-se no eixo Beato/Montijo, «em alternativa à [suposta] travessia entre Chelas e Barreiro, permitindo oferecer melhores acessos, sobretudo ferroviários, a um futuro aeroporto naquele local». O estudo resultou da encomenda a um «consultor internacional» cuja entidade não era revelada. 

O primeiro-ministro, à época, era José Sócrates. Que também figurava nesta capa do jornal, em notícia com menor destaque, sob o título «Curso de Sócrates livre de ilegalidades»: a Procuradoria-Geral da República acabara de arquivar um inquérito à licenciatura do chefe do Governo, concluindo que «não houve tratamento de favor». 


22 comentários

Imagem de perfil

De jpt a 28.06.2020 às 11:46

que coisa! ...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.06.2020 às 23:17

Apetecia-me escrever que o túnel ficou a ver navios. Mas neste contexto a metáfora não funciona.
Imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 28.06.2020 às 12:17

Ainda fui ver a data, não fosse o jornal ser do primeiro de Abril ou de 24 de Dezembro.
O nosso Lincoln Tunnel e o curso de Sócrates! Duas fantasias de Natal bem à nossa moda.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.06.2020 às 23:18

Anos que começam a ficar distantes. Até por isso, convém avivar memórias.
Sem imagem de perfil

De PNFerreira a 28.06.2020 às 12:20

Britânicos e franceses têm a Mancha, para os bravos lusitanos estava reservada a Nódoa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.06.2020 às 23:19

Parece-me um nome apropriado a este mega-empreendimento fantasma.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 28.06.2020 às 13:51

João Cravinho, presidente da comissão parlamentar dos Assuntos Económicos e deputado socialista, foi hoje à Assembleia da República antecipar a divulgação das conclusões de um estudo sobre as SCUT (sem cobrança ao utente) que vem revolucionar todos os anteriores cenários, ao alegadamente demonstrar que as auto-estradas de portagens virtuais não só se pagam a si próprias, como geram excedente em termos de comparação entre as receitas e despesas geradas para o Orçamento do Estado.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.06.2020 às 23:19

Foi hoje, domingo?
Sem imagem de perfil

De António a 28.06.2020 às 14:18

Mas da Ordem dos Engenheiros não tinham dito que não tinham lá nenhum Pinto de Sousa?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.06.2020 às 23:20

Devem ter vários Pintos. E também não devem faltar Sousas por lá.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.06.2020 às 16:51

Consultores pagos em peso de ouro, para as coisas ficarem na gaveta das inutilidades.
E assim lá vai desaparecendo o dinheiro dos Portugueses e enchendo os bolsos de uns quantos crápulas.

Miguel Nunes
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.06.2020 às 18:21

Tem razão, afinal a CIP faz parte do para onde vai o nosso dinheirinho.
Sem imagem de perfil

De Luis Barreiro a 29.06.2020 às 02:09

PS-CIP-PS
Imagem de perfil

De João Sousa a 28.06.2020 às 17:14

Uma solução que descansava Almeida Santos: nunca ocorreria a um terrorista dinamitar um túnel.

Valor histórico tem igualmente o discreto quadradinho que, ao lado da manchete garrafal, reporta (celebra?) que a "licenciatura" de Sócrates nada tinha de ilegal - conclusão da Ocultadoria Ger... perdão, da Procuradoria Geral da República.

(Não era João Marcelino, naquela época director do DN, um dos poucos jornalistas elogiados por Sócrates?)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.06.2020 às 23:22

Nessa época o procurador-geral recebeu o justo cognome de arquivador-geral da república.
O inefável Pinto Monteiro.
Perfil Facebook

De Ricardo Abreu a 28.06.2020 às 23:47

Tenho saudades d'O Insólito
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.06.2020 às 05:02

Só um pequeno acerto, o Tejo não é o maior rio português, nem em área de bacia, nem em comprimento, nem em escoamento...o maior ainda é o Douro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.06.2020 às 06:44

O maior - no sentido de mais extenso - é o Tejo. Aliás, é o único rio da Península Ibérica com mais de mil quilómetros de extensão, estendendo-se de Aragão ao Atlântico, a oeste de Lisboa.
O Douro é apenas o terceiro, ficando também atrás do Ebro.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.06.2020 às 12:06

Tem razão quanto ao comprimento. Quanto ao resto ainda não.

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D