Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Dez meses é muito tempo

por Pedro Correia, em 28.11.17

3Ii0Cu0[1].png

 

«O PS nunca mais vai precisar da direita para governar.»

Pedro Nuno Santos, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, em entrevista ao Jornal Económico

20 de Janeiro

 

«Em matérias estruturantes vamos procurar o PSD e o CDS.»

Pedro Nuno Santos, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, em entrevista ao Público

26 de Novembro


12 comentários

Perfil Facebook

De Rão Arques a 28.11.2017 às 11:57

"Quem conhece um sorriso de verdade sabe que nem todo o palhaço é feliz"
Thiago Lobo
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2017 às 12:06

Dúvida hamletiana: dar crédito a Santos de Janeiro ou a Santos de Novembro?
O melhor é fazer a média: ficar por Junho. Que até é mês de santos. Populares.
Sem imagem de perfil

De JS a 28.11.2017 às 12:16

Ambas as frases demonstram o atabalhoado mas permanente conluio de poder político, entre PS e PSD. Ambas as frases demonstram que nas eleições em que aparecem diferenciados PS e PSD, todos os votos nestes 2 partidos irão na verdade eleger o mesmo grupo, o mesmo poder político.
.
A fúria incontida, demonstrada no discuros de M. Mortágua, é a auto-constatação da ingenuidade e impotência política do seu BE -a somar à impotência do PS, do PSD e do sistema político português em geral- perante a realidade do poder de credores perante devedores. O poder real, supra-político.
Sem imagem de perfil

De am a 28.11.2017 às 15:08

Não será "impotência" a mais.... Sr Ministro da Saúde...!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2017 às 17:55

Impotência é aquilo que ninguém quer ter "a mais". Isso e dívidas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2017 às 17:54

"Fúria incontida" de Mortágua? Olhe que não, amigo, olhe que não.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 29.11.2017 às 02:39

"Furia" mas vota a favor. Já os "conluiados" votam diferente
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 28.11.2017 às 12:18

José Sócrates também jurou meses que não precisávamos de ser resgatados e finalmente justificou a pedido de assistência financeira com o facto de o mundo ter mudado em 15 dias.
No fundo hoje entendemo-lo bem melhor. O seu conceito de mundo resume-se ao que deseja e a realidade nunca tem sentido de oportunidade.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2017 às 17:54

Eu gostava era de ter um amigo como o dele, a pagar 112 mil euros por cada livro meu.
Imagem de perfil

De João Sousa a 28.11.2017 às 14:10

Para matérias estruturantes, o PS vai procurar o PSD. Para matérias fracturantes, o PS vai procurar o BE. E para matérias sindicalizantes, o PS vai procurar o PCP.

Este PS parece um mariola num bar de strip...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2017 às 17:53

Criatura leviana. Vai com todas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.11.2017 às 07:55

O primeiro comentário obviamente que não faz qualquer sentido (para não dizer que é parvo). Pode não ter precisado na altura ou precisar agora, mas poderá precisar no futuro.

O segundo comentário, por si só, não invalida o primeiro. Governar implica múltiplas tarefas e ser sustentado no parlamento. "Matérias" (estruturantes ou não) são temas específicos a discutir no parlamento e que podem implicar mais negociações. Por exemplo, se quisessem mudar a consituição, teriam de ter (se não me engano) pelo menos 2/3 do parlamento. Isso só seria possível com a direita, mas não implicaria que não pudessem governar.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D