Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Democracia à espanhola.

por Luís Menezes Leitão, em 09.03.18

O que se passa presentemente em Espanha devia envergonhar qualquer cidadão europeu. Há largos meses que presos políticos se encontram detidos preventivamente sem culpa formada, sendo por esta via impedidos de exercer os cargos para que foram eleitos pelo povo. E assim se impede um parlamento eleito democraticamente de eleger quem entende para governar a sua região. Enquanto isto um partido que elegeu só quatro deputados vai continuar a governar a Catalunha. Muito democrático, sem sombra de dúvidas. E as instituições europeias queixam-se da Polónia e da Hungria, mas não abrem a boca sobre o que se passa em Espanha. Já há muito que sabe que na União Europeia há Estados mais iguais que outros.


25 comentários

Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 09.03.2018 às 19:16

"O juiz Pablo Llarena rejeitou o pedido do antigo líder da Assembleia Nacional Catalã (ANC, organização independentista) e que foi o número dois da lista da Juntos Pela Catalunha (partido mais votado nas eleições locais de Dezembro) argumentando, no acórdão de 26 páginas, que existe o risco de repetição do crime pelo qual está acusado"

Em Portugal é como numa Espanha?

Prisão preventiva

1- Perturbação da Ordem pública e Alarme Social

2- Continuidade de Actividade Criminosa

3- Perturbação na Investigação e Colheita de Prova.

4- Perigo de Fuga.

Sem imagem de perfil

De JS a 09.03.2018 às 19:18

Sim, a Catalunha é um problema interno Espanhol. Mas é também uma questão europeia desde a adesão da Espanha à dita.
Cumpre esclarecer o que realmente é, e quer ser, esta União Europeia.
Ou uma Federação ou um conjunto de Países e Estados semi-autónomos, tipo colónias, Alemãs.

Numa Federação há um Primeiro Ministro, um Ministro das Finanças e um Ministro dos Negócios Estrangeiros. E há um Banco Central.
Nesta dita União Europeia há (ainda) 29 PMs, 29 Min. Fin e 29 Ministro dos Negócios Estrangeiros(!). E há Bancos Centrais -que não emitem nem regulam moeda- para todos. Culmina esta estrutura um Parlamento que não legisla!.
Em que ficamos ?.

No meio de esta indefinição, ao mais alto nível, não admira que nos bairros de Barcelona os eleitores não saibam se são cidadãos da Catalunha, da Galícia ... ou súbditos de sua Majestade o Rei de Espanha.
Ou mesmo cidadãos de uma União Europeia que, jurídica e politicamente, os ignora, quando não vitupera.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.03.2018 às 19:36

Esbarram todos no cumprimento da nossa constituição e porque não tb na Espanha?
Sem imagem de perfil

De Vento a 09.03.2018 às 21:05

Rajoy é um títere de Bruxelas; e esta, por sua vez, é uma títere da Alemanha e França.
O problema catalão será resolvido nas instâncias de justiça da União e com o empurrão da nova ordem em Itália.

Bruxelas cavalgará de problema em problema até que acabará por ceder.
Sem imagem de perfil

De Vendo a 11.03.2018 às 21:15

Tem aqui umas notícias fresquinhas, Luís:

https://www.vilaweb.cat/noticies/la-defensa-de-sanchez-no-demanara-mesures-cautelars-al-tribunal-de-drets-humans-destrasburg/

https://www.vilaweb.cat/noticies/fotografies-ponsati-es-manifesta-a-londres-per-a-demanar-un-govern-republica/

https://www.vilaweb.cat/noticies/en-directe-el-passeig-de-colom-somple-per-a-demanar-un-acord-de-govern-republica/

O Luís também os podia ajudar, subscrevendo vilaweb.
Sem imagem de perfil

De JSP a 10.03.2018 às 00:08

O triunfo da mentira publicitária e propagandística, com a prestimosa ajuda de inocentes úteis, no exterior - já que , internamente, o 155 , se bem que temeroso e limitadíssimo na sua aplicação, lá vai fazendo efeito .
Mas o plano inclinado continua presente - uma "preocupação não descartável numa Espanha que se mantém "cainita"...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2018 às 03:09

O Estado Espanhol é um estado fascista.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2018 às 18:41

Como se atreve a clarificar o Estado Espanhol dessa maneira? O Sr. é inculto, tendencioso, ou ignorante?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.03.2018 às 01:06

Financiar a fundação Francisco Franco com dinheiros públicos: check.
Meter pessoas em tribunal por fazerem piadas sobre o ditador Carrero Blanco: check.
Prender pessoas por dizerem mal do rei: check.
Prender pessoas por dizerem mal da polícia: check.
Negar ao povo catalão o direito a escolher os seus representantes: check.
Se isto não é um estado fascista, eu não sei o que será.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.03.2018 às 01:08

Vc é ignorante!
E pior do que isso, é tendencioso.
Perfil Facebook

De Marina Molares a 10.03.2018 às 10:26

Sugiro que formem um exercito e vão dar uma ajuda aos oprimidos catalães da Tractoria ( os de Tabarnia querem continuar na Espanha) na expulsão da invasora Castela
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 10.03.2018 às 17:09

Sugiro que a señorita molares seja impedida de escrever mais opiniões porque existe o perigo real de continuar a dizer alarvidades.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2018 às 18:01

espanha e so uma estao presos la devem ficar por muitos anos independencia nunca num estado soberano
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 10.03.2018 às 22:22

Vejo que é a favor de presos por delito de opinião e que se prendam pessoas eleitas e que não cometeram crime nenhum.
Como diz o outro, velhos hábitos custam a passar.
Espanha são muitas nações, há as que querem ficar sob a batuta de castela e há uma que, através do voto, já disse que não quer. Acho que não é preciso fazer um desenho.
Perfil Facebook

De Marina Molares a 10.03.2018 às 23:34

ah , e como se responde a alarvidades ? terá de ser com alarvidades , não acha ?
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 11.03.2018 às 11:00

Confere!
Uma medida preventiva, no género da que o neo-franquismo da praça cibeles está a tomar em relação a políticos eleitos pelo povo catalão, aplicada à señorita Molares, evitava o chorrilho de alarvidades que daí saem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2018 às 12:17

..."para ser "Franco" dizia Rajoy, numa peça sobre a Catalunha, há uns meses atrás, não precisa de mais nada...digo eu...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2018 às 12:44

Não concordo. Ao contrário do que diz, eles não são presos políticos. Em Espanha tal como cá, só a justiça tem o poder de mandar prender alguém. Este é um caso de justiça pois está em causa a violação da lei. Segundo a sua opinião, quando um cidadão comum viola a lei é um preso da justiça, mas quando um político viola a lei, é um preso político! Depois aquilo que devia questionar, não questiona, que é a legitimidade democrática do poder judicial uma vez que não foram eleitos. Há outro problema que é a pouca transparência. De facto há coisas que deviam envergonhar qualquer cidadão europeu, mas não é o que disse! Por exemplo os sem abrigo, a qualidade da democracia e a falta de transparência em certos poderes. Nós também temos problemas cá, não seriam melhor também falar neles?
Sem imagem de perfil

De JSP a 10.03.2018 às 13:40

Duplo "strip - tease " de ignorância , quanto a "fascismo" e quanto ao Estado Espanhol pós 78 (sec.passado...).

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D