Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Delito de Opinião

DELITO há dez anos

Pedro Correia, 23.01.22

21523202_SMAuI.jpeg

 

Ana Vidal: «Tinha dentro de si um coro de vozes dissonantes, sem pauta nem maestro que pudesse harmonizá-las, e todas com a secreta ambição de uma carreira a solo. Até que, um dia, só o silêncio subiu ao palco.»

 

Fernando Sousa: «1974. Está um calor de derreter as solas. Estou numa fila de magalas ansiosos. Dizem o nome e recebem o que chegou – ou não recebem nada e voltam a sair. Uns sorriem, outros encolhem os ombros.»

 

Helena Sacadura Cabral: «Agora a cores. Mas não posso confinar-me ao casal porque tenho uma natural propensão para proteger os chefes de família. É que já há tão poucos...»

 

Luís M. Jorge: «Alzheimer? Há muito disso no PSD.»

 

Luís Menezes Leitão: «De facto, o que a União Europeia neste momento realmente precisava era de um embargo petrolífero ao Irão. No mesmo dia em que Christine Lagarde avisa a União Europeia para ter cuidado, pois a crise do euro pode significar uma nova Grande Depressão, nada melhor para apimentar ainda mais a coisa que criar um novo choque petrolífero, fazendo o preço dos combustíveis disparar ainda mais.»

 

Teresa Ribeiro: «Foi a livraria da minha infância e adolescência. Depois comecei a traí-la. Parava sempre diante da montra quando passava pela Rua do Carmo, mas já não entrava, sei lá porquê. Agora foi-se e sinto-me culpada por me ter deixado manipular pelo marketing da concorrência, eu que até tenho a mania que sei resistir a essas coisas»