Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Delito de Opinião

DELITO há dez anos

Pedro Correia, 14.04.21

21523202_SMAuI.jpeg

 

João Carvalho: «Passos Coelho quer as contas do Estado bem feitas e às claras. Silva Pereira põe-se a perorar: as contas estão bem feitas e esta não é a altura certa para fazer fitas. Não se entende Silva Pereira, que vai acabar por ir embora com uma imagem fracota. Alguma vez as contas do Estado foram bem feitas?»

 

Ricardo Gross: «Cabe aos melhores filmes iludirem-nos com a possibilidade da libertação. Substituição ilusória e efémera. As mulheres e o cinema; o cinema e as mulheres. Mero fogacho da plenitude que não se recupera nunca mais. Duas irrealidades que o obsessivo está condenado a conjugar até ao fim. Que não termina quando os filmes acabam ou os pequenos romances recomeçam. “Vertigo”. Termino o texto e vou para o cinema arder.»

 

Sérgio de Almeida Correia: «Gente como a Estela [Barbot], discreta, competente e séria, anda escondida, foge dos partidos e não precisa dos holofotes do poder para seguir o seu caminho. Não tenho dúvida de que nesta hora de crise que todos atravessamos, crise que radica antes de tudo o mais na falta de estatura dos nossos dirigentes, pessoas como ela fazem muita falta a este país.»