Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




DELITO há dez anos

por Pedro Correia, em 08.07.20

21523202_SMAuI.jpeg

 

Adolfo Mesquita Nunes: «Se em Portugal já todos conhecem as trocas e baldrocas do discurso e das políticas de José Sócrates, a questão da golden share trará como novidade a exibição internacional de tais piruetas discursivas, mostrando um primeiro-ministro subitamente pouco interessado nos sucessos da integração e pouco preocupado com (aliás, declaradamente indiferente ao) o cumprimento do enquadramento fundador da União. Pode parecer coisa insignificante, mas não é.»

 

Ana Cláudia Vicente: «Jornalista: Correu-lhe bem, o Exame de Português?

Aluno: Sim, tive 15.

Jornalista: Subiu ou desceu, em relação à nota do ano?

Aluno: Manti

 

Ana Margarida Craveiro: «Lauri Karvonen afirma que, ao contrário do que se pensa, os líderes não são mais importantes hoje do que no passado. Os líderes são sempre associados ao partido (Sócrates não é independente do PS, nem Passos Coelho do PSD). No entanto, para os eleitores desse partido, sim, são importantes, para o bem e para o mal. Eu só amo ou odeio o líder do meu partido.»

 

João Carvalho: «Seria muito conveniente que Passos Coelho levasse para a mesa das negociações entre os dois principais partidos — as quais terão de prosseguir enquanto o PS estiver no poder — a necessidade imperiosa e urgente de encerrar institutos, fundações, empresas municipais e tantos outros organismos que só abrigam da chuva e arredondam a reforma de quem está dentro deles. Se é para isto, é preferível pagar-lhes para ficarem em casa e dispensar as entidades, que sempre se poupam despesas de funcionamento e encargos assim.»

 

José Gomes André: «A Europa está repleta de federalismo institucional, mas tem um longo caminho a percorrer no que respeita à dimensão cooperativa do federalismo. "Mais federalismo" não tem de significar "mais tratados" ou "mais instituições", mas sim "mais colaboração" ou "mais inter-dependência" – exactamente o contrário do que temem os "soberanistas".»

 

Eu: «Em cem dias como líder social-democrata, Pedro Passos Coelhou alcançou o que antes dele não conseguiram Pedro Santana Lopes, Marques Mendes, Luís Filipe Menezes e Manuela Ferreira Leite: pôr o PSD à frente do PS em todas as sondagens. Mas conseguiu mais que isso. Desde logo, deu passos concretos para a unidade do partido ao convidar Paulo Rangel, seu ex-rival, para liderar uma lista conjunta ao Conselho Nacional e Aguiar-Branco, outro ex-rival, para liderar a comissão que irá rever o programa do PSD. Há muito que o partido não parecia tão pacificado.»



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D