Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




DELITO há dez anos

por Pedro Correia, em 07.10.19

39b608e95118d5d9c8efc36c2a387b46--hourglass-top.jp

 

Adolfo Mesquita Nunes: «É verdadeiramente extraordinário que os que ponderam ponderar candidatar-se a presidente do PSD continuem sem explicar ao certo ao que é que vêm e o que é que correu mal nestes últimos anos no partido e prefiram análises estratégicas e não programáticas.»

 

Ana Vidal: «Fico, uma vez mais, "agarrada" ao filme A Raiz do Medo, que já vi e revi mais do que uma vez. Há filmes que nos marcam indelevelmente, este é um dos meus: fez-me descobrir uma paixão irredutível por Edward Norton, um dos mais geniais actores de sempre, na minha modesta opinião. E até me fez reconciliar, de certa forma, com Richard Gere, actor com quem sempre embirrei e que nunca tinha respeitado como tal. Dizer que o argumento é excelente e que nos traz ensinamentos preciosos, ou que o momento em que o Barco Negro (na voz da Dulce Pontes) nos afaga os tímpanos portugueses, é apenas acrescentar cerejas ao topo de um bolo já de si irresistível.»

 

João Carvalho: «Digam-me lá se isto não é uma parvoíce. Eleger o coitado do Smart original como o pior carro da década, só mesmo do outro lado do Atlântico. Afinal, para os europeus, o único defeito dele é ser caro para carro de bolso.»

 

Paulo Gorjão: «As opiniões mudaram muito entre 2005 e 2009. Trata-se apenas de uma pequena amostra. Aposto que se fosse consultar os jornais da altura de forma mais atenta e sistematizada encontrava muito mais. Todos somos reféns das nossas circunstâncias. É a vida.»

 

Sérgio de Almeida Correia: «O inesperado apoio (e daí talvez não) de Carvalho da Silva a António Costa na corrida à Câmara de Lisboa, para além do próprio apoio em si, pode significar algo mais. Militante comunista, líder de uma importante força sindical, inteligente, simpático e capaz de congregar apoios fora das baias do PCP, Carvalho da Silva veio dizer que o voto útil em Lisboa não é em Ruben de Carvalho e na CDU.»

 

Teresa Ribeiro: «Limpam pelas frentes como mulheres a dias incompetentes que querem mostrar serviço com um mínimo de esforço: arruamentos, canteiros de jardins, tudo o que salta à vista na via pública e é de rápida solução  anda num virote. Até domingo. Nesse dia hão-de vir, de mão estendida, para receber.»



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D