Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




DELITO há dez anos

por Pedro Correia, em 21.05.19

39b608e95118d5d9c8efc36c2a387b46--hourglass-top.jp

 

Adolfo Mesquita Nunes: «E lá se arranjou forma de afastar Lopes da Mota sem afastar, o que dá bem conta de como as coisas se passam no caso Freeport, em que se investiga sem investigar e suspeita sem suspeita. É como o Sol de Inverno: brilha mas não tem calor.»

 

Ana Vidal: «Em tempos de crise generalizada - inclusivamente de valores - e de um desalento que vai avançando, imparável, minando todas as vontades e iniciativas, é bom saber que a consciência social ainda existe nos espíritos de quem pode, realmente, ser parte da solução dos problemas.»

 

Cristina Ferreira de Almeida: «O Montepio quer comprar o BPN, mas sem o passivo: acho lindamente. Não calha nada nos objectivos comprar um banco com 1,8 mil milhões de euros de passivo. Depois avisem-me quando a compra estiver concluída para eu dar um saltinho ao balcão do BPN. Queria comprar o duplex do meu prédio, mas não me convinha aumentar a dívida do crédito à habitação e preciso de um banco que me compreenda.»

 

João Carvalho: «Lembrei-me do antigo presidente do banco [BPP]: João Rendeiro garantiu que ia fazer pagar caro aos que se atreveram a apontar o dedo à sua gestão. Entretanto, passou-se a falar claramente das fortes suspeitas de grandes irregularidades em operações da sua lavra. E o que é que tem acontecido? Rendeiro rendeu-se ao silêncio. Acho que faz bem.»

 

Jorge Assunção: «Sou absolutamente contra qualquer tipo de quota.»

 

Eu: «Vital Moreira é um entusiasta declarado do Tratado de Lisboa, Paulo Rangel também. Vital Moreira acha normalíssimo que o PS tenha violado a promessa eleitoral de referendar o Tratado Constitucional (de que o de Lisboa é um óbvio sucedâneo), Paulo Rangel faz como ele. O PS aplaude a entrada da Turquia na União Europeia, embora sem explicar aos portugueses quanto nos custaria essa adesão, e o PSD também aplaude.»

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De jpt a 21.05.2019 às 07:11

Esta rubrica é fantástica. A perenidade das problemáticas - dos assuntos gerais e das aleivosias na "coisa pública" - é incrível. O teu postal, lembrando a placidez de então face à Turquia, é precioso. E o postal de Mesquita Nunes sobre o Freeport parece feito hoje.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.05.2019 às 13:51

Esta rubrica, de facto, permite-nos verificar semelhanças surpreendentes e diferenças igualmente dignas de surpresa decorridas nestes dez anos.
Uma das maiores diferenças decorre da baixa de Lisboa, descrita num texto meu de Maio de 2009 como um deserto de incúria e ruína: de então para cá, registou-se uma diferença abissal.
Há que fazer a história desta década em que a capital passou desse deserto (evidente a partir das 18 horas, em que o eixo Baixa-Chiado se cobria de escuridão) para a efervescência actual, com Lisboa como cidade da moda há vários anos ininterruptos.
Nisto há que reconhecer o papel desempenhado pelo nosso colega e amigo Adolfo enquanto desempenhou as funções de secretário de Estado do Turismo, num período muito difícil da vida nacional.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D