Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Os contribuintes ganham muito dinheiro com a energia, se alguém tem de pagar custos são os consumidores de energia."

 

João Galamba ontem na TVI a debater o projecto nacional de hidrogénio com Salvador Malheiro

 

 


20 comentários

Perfil Facebook

De Marques Aarão a 09.10.2020 às 23:44

Só à ga.lambada.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 00:32

Nada disso. Bastava ser demitido.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 10.10.2020 às 00:35

Costuma despedir quem cumpre a sua função com eficácia?
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 08:38

Eficaz? No ponto de vista do contribuinte, no ponto de vista do consumidor ou ... no ponto de vista de quem atribui licenças e dá acesso a um negócio inventado por lei, sabe-se lá a troca de quê?
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 10.10.2020 às 00:21

Entre o dinheiro que ganho com a energia e o que vou facturar com a tap, posso reformar-me nas Caraíbas daqui a meia dúzia de anos.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 00:33

Mesmo que fosse verdade, que não é, desaparecia tudo no IRS...
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 10.10.2020 às 00:46

«Pintaram os bairros sociais mas esqueceram-se de dizer que o dinheiro é do Estado, é do PS.»
Sem imagem de perfil

De fatimap a 10.10.2020 às 02:24

Galamba a ser Galamba,
ou,
o jeito socialista de ser?
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 14:17

Que deixa os consumidores sem jeito...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.10.2020 às 10:20

Que mais será preciso para que o pessoal peceba em quem anda a eleger para administrar o país?.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 14:11

Quem assistir ao debate vai ver a ligeireza com que lidam estes temas. O conselho de ministros aprovou um documento com um erro que, quando confrontado, o Sr Galamba se desculpou por se tratar de um rascunho.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.10.2020 às 12:20

Uma forma inferior de vida .

JSP
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 14:15

Forma inferior de vida... é a dos consumidores. A dos contribuintes é maravilhosa!!
Perfil Facebook

De Manuel Sousa a 10.10.2020 às 12:45

O cidadão galamba, não "consome". O governante galamba, também não. Refiro-me à energia. Não à "energia" que gera o sonho, que o intoxica. E inebria.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 14:16

O que os inebria é o poder de distribuir a quem lhes aprouver... ou lhes envie envelopes.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.10.2020 às 17:03

Eu acho que ele tem toda a razão.
É aliás a mesma lógica pela qual Guterres, em 2000, deixou o preço da gasolina e do gasóleo flutuar livremente. Guterres considerou, e muitíssimo bem, que quem deveria pagar o preço acrescido desse produtos deveria ser quem os comsumia, e não os contribuintes.
Eu conheço pessoas muito pobres que praticamente não consomem eletricidade, porque para elas ela é muito cara.
Imagem de perfil

De Paulo Sousa a 10.10.2020 às 18:14

A electricidade em Portugal é das mais caras da Europa e isso deve-se aos discípulos do Sr Guterres. Apesar disso os contribuintes, e ao contrário das tretas do Sr Galamba, tem a carga fiscal mais elevada de sempre. Perdemos nas duas frentes.
Sem imagem de perfil

De fatimap a 10.10.2020 às 18:40

"Eu conheço pessoas muito pobres que praticamente não consomem eletricidade, porque para elas ela é muito cara"

Cá está, podemos carregar nos "ricos" àvontade, porque os pobres não consomem electricidade, é muito cara. Preferem morrer de frio, é mais barato ...

Comentar post



O nosso livro



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D