Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Da igualdade e da liberdade

por Pedro Correia, em 10.04.17

new-york-city-statue-of-liberty[1].jpg

 

Há quem enalteça a igualdade como o valor mais nobre da democracia. Mas um relance pela história dos últimos decénios demonstra que isso não corresponde à verdade.

Em nome da igualdade foram cometidos alguns dos maiores crimes do século XX. O extermínio de pequenos agricultores russos e ucranianos que não se submeteram à norma "igualitária" da Revolução de Outubro. O internamento em campos de "reeducação", a humilhação pública e as sevícias que desabaram sobre o embrião de classe média nos anos desvairados da pseudo-Revolução Cultural na China maoísta. A igualdade utópica erigida em dogma supremo que justificava os mais cruéis anátemas, como a liquidação de qualquer indivíduo que usasse óculos – esse absurdo símbolo de uma cultura "decadente" – no Camboja sujeito à mão de ferro de Pol Pot.

 

Depois das escabrosas experiências de engenharia social feitas pelos maiores tiranos apostados em garantir a "igualdade", o termo passou a ser um dos mais corrompidas da nossa época.
George Orwell tornou bem evidente esta irremediável corrupção lexical, em que a palavra serve apenas de camuflagem para ocultar o seu significado oposto, na mais corrosiva fábula política de todos os tempos – O Triunfo dos Porcos (Animal Farm, 1945), quando se torna inequívoco, aos olhos de todos os animais que habitam a quinta, que “uns são mais iguais do que os outros”. Precisamente os que integram a camarilha triunfante, formando uma nova classe – igualitária no verbo, despótica no mando.
s320x240[1].jpg

 

Ao contrário do que supõem algumas boas almas, o valor mais nobre da democracia não é a igualdade – é a liberdade. A "igualdade", como já se viu, pode coexistir com a mais aberrante ditadura (reina a "igualdade", por exemplo, entre todos os prisioneiros num campo de concentração).
Mas nunca haverá democracia sem liberdade. Não pode haver.
“A liberdade é preciosa – tão preciosa que deve ser racionada”, assegurou Lenine, numa das maiores proclamações de cinismo político de que há memória. Mas que é também uma notável - embora involuntária - homenagem do fundador do Estado soviético a essa aspiração suprema da condição humana que é a liberdade. Que só mantém o seu valor facial quando é aplicada sem racionamentos.
Até contra a igualdade, se for preciso.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De WW a 10.04.2017 às 19:55

"As liberdades ilimitadas destroem-se a si próprias"

Sem imagem de perfil

De isa a 10.04.2017 às 23:39

Mas quais Liberdades Ilimitadas?

Só há ou não há Liberdade porque só pensar que pode ser limitada ou ilimitada, está a pensar de acordo com o download do "programa" do status quo.
Porque pensa que querem proibir os americanos de terem armas quando este Direito está estabelecido na Constituição, especificamente, para no caso de terem de se defender do próprio Estado?

https://www.youtube.com/watch?v=xMoPBDz5ycA
What Anarchy Isn't
Sem imagem de perfil

De WW a 11.04.2017 às 20:04

ISA limitei-me a transcrever uma citação com a qual concordo a 100%.
No caso americano de porte de armas, eu até certa altura na minha vida também não entendia o porquê da proliferação de armas ( não sabia sequer que estava na Constituição Americana), hoje entendo e aceito (no caso americano)...
Tal como o exemplo acima também de outros casos tenho mudado a minha opinião (nos últimos anos) e posso dizer-lhe que leio sempre com atenção / interesse os seus comentários e vejo alguns dos vídeos de que deixa "links".
Decerto já se apercebeu que o fomento das guerras no IRAQUE, LÍBIA e SÍRIA aumentou o fluxo de "refugiados" (que insistem em vir sem papeis) para a Europa com as consequências que se conhecem, não só o terrorismo mas também a perda de Liberdades a que pensávamos ter direito.

A quem souber deixo a seguinte interrogação :

Como é possível dezenas de milhares de pessoas de países extremamente pobres ou em guerra juntarem em "pouco" tempo centenas ou milhares de euros para pagarem a "passadores" para os "trazerem" para a Europa ?
Sem imagem de perfil

De isa a 14.04.2017 às 21:53

Não sei se vai voltar aqui porque, só hoje, vi o seu comentário mas, essa pergunta que está a pôr, mostra que começou a questionar mas, é bom que esteja preparado porque, quando descobrir que Nada é o que parece ser e que a manipulação das nossas percepções já vem de longe e até a vinda de migrantes foi programada, continue a questionar porque, a seguir a cada pergunta virão muitas outras e, uma coisa é certa, nada acontece por acaso, especialmente, nas decisões políticas internacionais.

Se, no entretanto, nada acontecer (até Trump já diz e faz o contrário, de tudo o que disse na campanha eleitoral), vamos mesmo a caminho de um Governo Global Totalitário Policial, a tal New World Order que há anos repetem querer fazer, palavras em vários discursos de políticos incluindo Bush pai (Nicolas Sarkozy em 2007 na ONU chamou-lhe Novo Tratado para o Mundo, Gordon Brown em 2009 no G20, disse que se necessitava de um Novo Tratado à Escala Mundial. Sarkozy como Brown são protegidos dos Rotschild.) Até sabemos qual o discurso que matou JFK, ainda há pouco tempo confirmado por um senador americano referindo-se ao Shadow Government, contra o qual Trump não teria qualquer hipótese ou acabaria como JFK.
https://www.youtube.com/watch?v=y8HTr-F-FVM
JFK - The Speech That Killed Him

Com tanta informação disponível, sobre tantas mentiras, incluindo o aquecimento global (para mais uma taxa de carbono e terem controlo sobre como mover populações para onde eles quiserem) quando vamos a caminho de uma nova era glacial, da qual os humanos não têm culpa nenhuma (tem a ver, como sempre foi, com o Sol), até à intrusão na política dos países, espanta ver que ainda haja pessoas convencidas que é tudo feito para bem delas, como perder o rasto de centenas de migrantes que podem estar em qualquer parte da Europa e, pelo que vi na semana passada: "Immigrants Within Europe Burn Their Own Migrant Camps"... tudo "para nosso bem"?
Ninguém parece notar como a simples polícia, está a ser militarizada. Eu olho para o que se passa na Europa porque, por aqui, o pior chegará no fim, primeiro vêm só umas "coisitas", como a mesquita ;)

Podemos ir deixando um rasto de "migalhas" mas, cada um tem de ir investigar por conta própria e digerindo "sapo a sapo" porque o mais difícil de aceitar é ter sido metodicamente enganado e manipulado e, isto, é o mais difícil, muitos até preferirão viver sem querer saber a Verdade e continuar tipo zombies até não terem liberdade para nada, nem para falar daquilo que não for "conveniente".

Ainda há gente boa e, são tantos que já nem há dúvidas, o problema é, entre milhares, eu nem saber quais escolher porque há mais de cinco anos que até leio documentos (alguns até vão desaparecendo), horas e horas porque não é fácil ter de aceitar que Eu fui "enrolada" que a minha percepção foi manipulada mas, já estou naquela fase, mesmo que eu quisesse, já não há volta a dar, depois de "acordar" não se consegue voltar a "adormecer" e, já nem consigo ouvir notícias "tradicionais", passamos a detectar manipulação e mentiras, não há estômago que aguente.

Em 2009 alguém falava disso e ninguém ligava, hoje é mais fácil de confirmar:
"Os acontecimentos sucedem-se na mesma sequência da Grande Depressão de 1929-1933: uma crise financeira, uma recessão económica, conflitos sociais e a instituição de ditaduras totalitárias, o incitamento a uma guerra para concentrar o poder e o capital, nas mãos de um círculo limitado. Agora, no entanto, há este exemplo claro da etapa final na estratégia do «controlo global» em que se verificaria um golpe decisivo na soberania nacional dos Estados, seguido por uma transição para o Poder Privado das Elites Transnacionais.
No final dos anos noventa, David Rockefeller, autor da ideia que o poder privado deve substituir os governos, já disse que nós (o mundo) estávamos no limiar de mudanças globais. Tudo o que necessitamos, continuou, é uma crise em larga escala que leve as pessoas a aceitarem a Nova Ordem Mundial."

Quanto a vídeos deixo dois:
De 2016:
https://www.youtube.com/watch?v=NiPGeb_wDLU
MUST SEE: FORMER CIA AGENT BLOWS WHISTLE ON SECRET SHADOW GOVERNMENT

De 2013:
https://www.youtube.com/watch?v=BplUD6kQYuU&t=26s
Retired HEAD OF FBI Tells ALL "Illuminati, Satanism, Pedophile Rings"

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D