Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contra o código genético do PSD

por Pedro Correia, em 01.08.19

img_797x448$2014_11_26_17_42_54_96096[1].jpg

Outros tempos: Santana, Ferreira Leite, Durão e Rio (Dezembro de 2001)

 

Durão Barroso venceu o congresso de Viseu em 2000, contra Pedro Santana Lopes e Luís Marques Mendes - um congresso muito dividido e disputado. O passo seguinte era unir o PSD, estendendo pontes para os dois derrotados. Foi o que Durão fez, com um balanço largamente positivo: Santana avançou como candidato do partido à Câmara de Lisboa, que venceu em Dezembro de 2001, e Mendes encabeçou a lista eleitoral laranja pelo distrito de Aveiro às legislativas de Março de 2002, ganhas pelos sociais-democratas. A mensagem de unidade interna dada por Durão Barroso favoreceu assim o PSD em dois combates eleitorais.

 

Pedro Passos Coelho venceu a eleição interna no partido em Março de 2010, derrotando por larga margem as candidaturas adversárias protagonizadas por Paulo Rangel e José Pedro Aguiar-Branco. O seu primeiro gesto, mal ascendeu à presidência dos sociais-democratas, foi apaziguar as hostes adversárias, convidando os antagonistas da véspera para os órgãos nacionais. Assim, a convite dele, Rangel encabeçou a lista ao Conselho Nacional do PSD e Aguiar-Branco presidiu à comissão formada para rever o programa do partido. No ano seguinte, com Passos na liderança não só do partido mas já também do Governo, o segundo assumiu o cargo de ministro da Defesa enquanto o primeiro se manteve como deputado europeu, recandidatando-se em 2014 com o apoio expresso de quem o derrotara quatro anos antes.

 

Nesses tempos de progressão eleitoral e política do partido laranja tudo decorreu desta forma. Agora, com outra liderança e outras cabeças a definir a estratégia para as legislativas de 6 de Outubro, todos os sinais vão no sentido oposto: fragmentar em vez de unir, congregar fiéis em vez de estimular o pluralismo interno que faz parte do código genético do partido fundado por Francisco Sá Carneiro. Como se este PSD de Rui Rio mimetizasse os velhos movimentos da extrema-esquerda, que iam purgando dirigentes e militantes em nome da pureza ideológica e da estrita obediência à voz de comando.

Estamos em plena contagem decrescente: faltam 66 dias para conhecermos o resultado de tão brilhante estratégia.


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Anonimus a 01.08.2019 às 11:41

Isso de unir o PSD lembra unir um certo clube... que tem adeptos de um certo presidente... será que os próprios querem fazer parte da "união"??
Andaram anos a fazer a vida negra ao homem e agora querem cadeirinha?
Nesse aspecto concedo que o PS é mais avançado na escala evolutiva, podem nem dar-se bem, mas pelo tacho remam todos em sintonia.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2019 às 15:06

Valeu a pena Rio andar anos a tomar balanço para "assaltar" a presidência do PSD.
«Qualquer dia também tenho de ir apagar um fogo ao PSD», dizia já ele em Maio de 2008. Minando a liderança de alguém que agora é um dos seus mais histriónicos apoiantes, Luís Filipe Menezes.
https://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/palavras-para-recordar-46-10937567

No dia 6 de Outubro terá um resultado histórico.
Costa vai agradecer-lhe, estou certo disso.

Você e alguns outros ficam na plateia a bater palminhas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.08.2019 às 16:18

O que se vê todos os dias é a genética do PSD , inclusive aqui no DdO, mesmo contra a expressiva vontade dos militantes de base do PSD.

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2019 às 22:06

O que você vê aqui, todos os dias, é gente sem palas nos olhos.
Aconselho-o a fazer o mesmo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.08.2019 às 15:12

A maioria esmagadora dos militantes de base do PSD também usar palas ...

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.08.2019 às 21:22

Dia 7 de Outubro saberemos se você tem razão.
Julgo que está muito enganado.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 01.08.2019 às 15:21

Este post parece-me andar a mexer em assuntos já mortos. Pelo que ouvi ontem nas notícias, as listas para deputados do PSD foram aprovadas com uma votação de 70%, sem que ninguém delas tivesse sido excluído (apenas Hugo Soares se pôs desde o princípio de fora), e não tiveram mais contestação do que listas similares em tempos passados em que o PSD não estava no governo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2019 às 22:10

Caramba, isto parece o tempo de antena do secretário-geral do PSD. Você papagueou exactamente o que ele disse ontem, tomando tal perlenga como verdade absoluta.
Se nos lembrarmos que é o mesmo deputado que "assinou" folhas de presença na Assembleia da República quando estava ausente de São Bento, ficamos esclarecidos quanto ao rigor das declarações de tal personagem.
https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/seis-dias-de-polemica-sobre-presencas-e-ausencias-de-jose-silvano-no-parlamento

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 02.08.2019 às 10:01

isto parece o tempo de antena do secretário-geral do PSD. Você papagueou exactamente o que ele disse ontem, tomando tal perlenga como verdade absoluta

É verdade que papagueei. Acontece que até agora não vi ninguém a negar aquilo que ele disse. E acontece que, em particular, neste post só vi um linque para uma notícia já com uma semana de idade.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.08.2019 às 11:28

Quando o vir, pergunte-lhe se continua a assinar as folhas de presença na Assembleia da República mesmo quando está a mais de 300 km de distância de São Bento.
E aproveite para perguntar-lhe também por que motivo não se demitiu quando estas notícias se tornaram públicas.
Sem imagem de perfil

De Carlos Ernesto Faria a 01.08.2019 às 15:38

Ainda se lembra de quem Rio convidou para encabeçar a lista ao Conselho Nacional do PSD?
Ainda se lembra do comportamento da bancada laranja desde a primeira hora do congresso?
Nesta luta fraticida o que não falta são culpados em todas as facções do partido.
Carlos Faria
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.08.2019 às 19:43

Olhe que isso não interessa nada ao Pedro Correia...
Rui Rio ainda não tinha assentado praça e já lhe estavam a fazer a folha!
O que interessa é que a Maçonaria e os oligarcas do costume continuem a manter o poder.

WW
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2019 às 22:19

É a grande cabala, a conspiração universal, as forças ocultas conjugadas para o tramar.

Rio imaginou-se um Amazonas e afinal é só um Ipiranga.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2019 às 22:14

Nunca me lembro de ver o PSD tão dividido, tão desmobilizado, tão fracturado.
De tal maneira que um vice-presidente de Rio bateu com a porta e outros dois recusaram integrar as listas de deputados.

Em apenas ano e meio, esta é a grande "conquista" de Rui Rio, reflectida em todas as sondagens.
Ao contrário de outros, que dividiam para reinar, o actual presidente do PSD limita-se a dividir porque sim. Confundindo o partido com uma putativa coutada pessoal.
Costa agradece-lhe, estou certo disso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.08.2019 às 19:27

Calma Pedro Correia. Sabe muito bem que de aqui a um anito ou dois -tal como nos exemplos que bem apresentou- os Hugos e os Luises estarão de regresso ao rebanho.
A selecção dos listáveis, para já, tinha que ser assim. Manda quem pode. Os outros têm que ser re-lembrados de quem manda.
Afinal Rio, rapoza velha, bem avisou: "Deixa-os pousar...".
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.08.2019 às 22:15

Rio conduzirá o PSD a um resultado histórico no dia 6 de Outubro.
Estou certo disso.

Comentar post



O nosso livro






Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D